sexta-feira, dezembro 23, 2005

MARGEM SUL, A RESERVA DE BETÃO DA CDU













Foto Feijó, Almada, mais uma antiga quinta betonada.

A CDU de Sintra mantém- se fiel à teoria geral CDU, quando não no poder, e em maioria, protecção do ambiente e contenção do Betão, segundo o PUBLICO em artigo de Luís Sebastião, "apresentou mesmo uma proposta de medidas preventivas e de alteração ao Plano de Urbanização de Sintra, com vista a preservar a paisagem na envolvente da àrea classificada pela UNESCO como património mundial".

Quando no poder e na Margem Sul , conter a continuidade do betão do Tejo até ao Oceano já é outra história , e as urbanizações em massa vêm até por bem... já não há património a proteger (Rede Natura...REN...RAN...zonas protegidas como verdes nos PDM...)... nem natureza a salvaguardar!

Esta ambiguidade leva a pôr em questão dois aspectos, ou a incoerência da politica urbana da Margem Norte para a Margem Sul (da CDU), é só para chatear o dr. Fernando Seara e outros autarcas não CDU, ou já ponho a hipótese dos entraves à construção e contenção na Margem Norte tenha como objectivo pôr os especuladores, promotores e construtoresa a deslocalizarem-se para a Margem Sul onde parece , são bem vindos ( e onde lucrariam com tal construção, até, quem sabe, o Partido...) ... é que a divergência de politicas é tal, enquanto oposição e no poder, por parte dos autarcas da CDU, que parece legitimo pôr esta questão do mais básico tráfico de influências a coberto da protecção ambiental, já que tão mal defendida a Sul.

2 comentários:

Luciana disse...

FELIZ NATAL!

Anónimo disse...

Na Margem Sul é um fartar Vilanagem, Boas Festas