domingo, novembro 13, 2005

O OLHO DEMOCRÁTICO - GOOGLE EARTH














Há poucos meses surgiu o Google Earth, para uns um perigo, para outros um meio de exigência e transparência.

Foi lançado recentemente pelo GOOGLE, uma nova ferramenta à qual todo o computador com acesso à internet tem capacidade de aceder gratuitamente. Falo do Earth que é aquilo a que podemos chamar um Globo Virtual, só que um globo virtual que mesmo na versão para o grande publico tem a capacidade de dar em pormenor a sua rua, o prédio onde mora, onde estaciona o carro!!!

É para a maioria um instrumento didático e até de divertimento, permite seguir um percurso quase como um simulador de voo, dar uma perspectiva até orográfica do espaço, para outros, um perigoso instrumento que o terrorismo internacional pode utilizar (um pouco à imagem do que era um mapa há séculos atrás) , mas para o comum dos municipes é finalmente a possibilidade livre e generalizada de acesso ao que é o espaço geográfico onde habita.

É pois um meio a partir do qual se têm acesso por meios isentos a fenómenos de organização do espaço, ordenamento do território, urbanização, vias de comunicação... permite também uma visão dos atentados ambientais que se têm cometido, os cortes indiscriminados de vegetação, os incêndios... e a partir daqui ser mais exigente , com dados e provas concretas que antes eram impossiveis de reunir , denunciá-las ou tomar posições de cidadania activa conducentes à reposição da lei.

Isto é um quebra-cabeças para muitos autarcas que jogam com a politica do facto consumado e da ignorância e afastamento provocado por um dia a dia de casa-trabalho/ trabalho-casa. Basta comparar o acesso ao Google-Earth com o acesso aos sistemas de info-cartografia da maioria das Câmaras Municipais por vezes muito mais redutores até que o próprio acesso aos Serviços Cartográficos Nacionais.

Para nós cidadãos é uma ferramenta de peso , altamente democrática que permite a verificação de estarem a ser ou não cumpridas promessas eleitorais, Planos Directores e outras leis do território, até porque nenhuma democracia é legitima sem sistemas de fiscalização e verificação e este vai ao extremo de ser o próprio eleitor a fazê-lo.

Um acto de terrorismo politico para muitos dos nossos autarcas!
Uma forma de fiscalização democrática para o cidadão.

20 comentários:

Anónimo disse...

e quem fiscaliza o ponto verde?

e quem guarda o policia .

e quem controla o juiz.


big brother .


vivemos na terra dos fiscais . há mesmo uns que pensam que nasceram só para isso .

sao as cruzadas contra os infiéis.

vivem no seu próprio mundo e auto convencem-se . uns robozinhos sem vida ou entao com vidas que quando se começa a fiscalizar .....

Ponto Verde disse...

Estão pois preocupados em fiscalizar o cidadão que trabalha por conta de outrem, respeita a lei, paga os impostos, exerce os seus deveres e direitos civicos?

É isso que vos preocupa. O inconformismo, a cidadania, o não enquadramento partidário!

Quem me fiscaliza? Ponto verde? quem fiscaliza todos os cidadãos à excepção dos que têm imunidade, como candidatos, como presidentes de câmara, como detentores de cargos publicos, como deputados, esses têm um estatuto diferente, ou porque simplesmente são IMUNES ou por que exercem magistratura de influência!

O Big brother que diariamente regista as minhas chamadas telefonicas, as minhas compras (o que compro, onde, a que horas e como pago),as minhas ligações à internet, o IP...as formas que têm usado para me calar e a este site onde só se exerce cidadania activa !!! Isso não vos preocupa! Só vos preocupa o facto de TODOS TERMOS um meio que também uso e permite exercer a minha cidadania e pedir responsabilidades é que vos incomoda...permitre ver o como os nossos concelhos se "desenvolvem" urbanizam e se deordenam, as excepções que se fazem, as decisões que incompreensivelmente se tomam!

Sinceramente! Tenham vergonha e decoro!

Anónimo disse...

sao todos assim . muita cidadania muita etica e muita transparencia. quando se fala deles próprios ficam assim enervados. e atacam logo os "poderosos". vivem com o preconceito de se acharem diferentes porque superiores mas la no fundo algo os impede de dar a cara . foi assim que nasceu a europa de leste comunista. nos os dirigentes somos os superiores mas isto é tudo um colectivo porque precisamos de participaçao do colectivo e cidadania . mas os intocaveis continuavam a ser intocáveis . nao se pode dizer nada desta gente eticamente superior que se vitimizam logo.

ó ponto nao me digas que estas a ser vitima de uma conspiração e que ate4 a CIA te investiga ?

o big brother era bom na siberia .

aqui o regime imperfeito da democracia funciona . quem quizer a perfeiçao compra um robot.

por estas e outras é que hoje pessoas cuja culpa nao se confirmou e por isso inocentets estao a pagar socialmente a grande missao dos justiceiros intocaveis e eticamente superiores . vejam o caso da casa pia .

normalmente muita desta cidadania impoluta é uma cortina de fumo .

quem se sente na necessidade de afirmar sempre a sua superioridade e está sempre a apontar os pecados alheios não está preparado para viver socialmente e deve primeiro consultar um grupo para fazer terapia mas deve ter atenção porque em vez de um grupo pode encontrar uma seita e entrar num filme esquisito.

Anónimo disse...

o ponto verde é assalariado?

eu sempre tive a sensaçao que este blog é mais um instrumento ao serviço da luta de classes que outra coisa .

a historia diz - nos o que fizeram os assalariados "inocentes e puros" quando chegaram ao poder o mundo foi sempre muito melhor, nao foi? na uniao sovietica é que era bom . tudo muito certinho

ó ponto eu já vi que nunca cuspiste para o chão , é mais cuspir para o ar . gostava de te conhecer . ainda deves estar no estado puro e de virgindade , acho que na ultima procissao em fatima eras tu que carregavas o andor .

cidadania = a manuel alegre?

cidadania = a cidadãos livres e independentes ?

o Marx na verdade sempre foi um grande e diabolico estratega .

Ponto Verde disse...

Realmente não tenho pachorra para servir de terapeuta ou objecto de terapia a posturas e ideias perfeitamente esquizóides, poe exemplo de quem critica o anonimato, mas que "assina" como anónimo, de quem supostamente tem um discurso de direita, mas está impregnado de um inconsciente de cariz marcadamente totalitário.

O meu critico destacado par o dia de hoje é um verdadeiro poço de contradições que ao contrário do que nutre por mim, não me move o minimo interesse em conhecer.

Já que pergunta se cidadania é igual a Manuel Alegre pergunto porque incomoda o M.A. tanta gente, do Jeónimo ao Ruben de Carvalho (DN de hoje), ao aparelho do PS e por aí adiante... nesse aspecto e por quem o não apoia, sim , é mais cidadania!

Quanto ao resto das suas opiniões pessoais para comigo, elas são perfeitamente irrelevantes e escusa de me pôr agora um selo de proletário em plena luta pelo poder , pois há muito que a mesma turba de anónimos na qual o incluo me considera um perigoso anti-comunists-primário, vejam lá se se entendem!!!

E já agora a terapia (acompanhada de medicação) tem vantagens nestes vossos casos, mas não estou disponivel para tal. Lamento.

Anónimo disse...

isto do controlo operario esta a dar pica . ha muitos anos que nao ouvia esse conceito .

velhos tempos . os mais espertos á pala disso enriqueceram . compraram fabricas , ocuparam terras e por aí fora.eram os dirigentes operarios que levaram alguns otarios comunas para a desgraça á conta da verdade absoluta marxista.

ó ponto eu sei que tu nao estas para me conhecer porque a cobardia faz parte dos hipocritas.

quando a conversa é a doer abrigas -te na tua intelectualidade inconsequente . és bom a denunciar mas quando doi convences-te a ti próprio da tua superioridade para ficares satisfeito .

mas olha que nao podemos viver sozinhos, nem o fundamentalismo é sintoma de sanidade .

eu acho que és mesmo um grande comunista . para ti era tudo a marchar . tudo by the book . assim era mais facil viveres com as tuas fraquezas pois ocupavas o tempo a apontar as falhas dos outros enquanto as tuas ficavam ocultas e disfarçadas pela tua vaidade .

olha lembra-te do hitler . o gajo tambem era perfeito , la á maneira deles . ja agora gostava d esaber o que pensas sobre os judeus, mas nao vais responder porque te consideras superior a tudo inclusivamente a mim o que te interessa é a tua verdade . olha fica lá com a taça e um dia com a medalha do mehor cidadão . fogo isso será uma coisa do caraças.

Anónimo disse...

...olha ó ponto ja agora que falas do DN vê o editorial de hoje sobre o anti politico e o contra poder . ja te estou a ver a incendiar carros dos autarcas , mas com a cara tapada que isso de dar a cara é para os outros.

e ficas a saber que sou tao cidadao como tu , que por mero acaso tambem nao tem filiaçao partidaria nem algum cargo politico .

deixa de ler o mao tse , que tinha sempre um inimigo .

ja agora espero que isto de quando eu vou publicart os comentarios a sletras de controlo mudarem nao signifiquem um ataque á minha cidadania e direitos fundamentais senao estas mesmo feito ao bife.

Anónimo disse...

o ponto verde é um manhoso que se quer instalar na defesa dos seus interesses na margem sul do Tejo.

mete todos ao barulho e arranja a guerra . inclusivamente usa nos seus posts nomes e artigos da comunicaçao social fazendo-se passar por pessoa que influencia e que tem o poder da denuncia , envolvendo pessoas e nomes sem o seu consentimento mas que , sem querer entram no meio da guerra porque , propositadamente o ponto faz com que, quem vê o filme de fora fique com a ideia que essas pessoas estao ao serviço do ponto, o que nao me parece ser verdade . Depois quando a guerra estiver instalada com todos contra todos aparece a fazer a paz mas defendendo os interesses que representa , dos negocios e do dinheiro . o que o ponto quer é defender o capital . aqui fala contra os comunas em privado é amigo deles . aqui afirma-se pelo ambiente em privado defende os projectos que dao lucro sem qualquer condicionantes . aqui é um cidadão do mundo em privado é um cidadao do capital . mas a malta já o topou . a arte de fazer a guerra , tambem já li o livro .

stromp disse...

Ó pontoverde, hoje tiveste um rotweiller só para ti, parece que estás a incomodar alguns interesses, força continua.
Granda lição ao não apagares os comentários ranhosos que te fazem, eles que morram com o próprio veneno.

Anónimo disse...

Obrigado pela recomendação, não conhecia e fiquei fascinado. É mesmo uma excelente ferramenta, pude ver a minha rua , a escola do meu filho e imensas outras coisas, é fantástico.

Agradeço e não compreendo os comentários que lhe fizeram ao longo do dia, não dizendo nada sobre esse meio mas incomodados pela sua pessoa. Será algum, autarca incomodado?Ou algum construtor com alguma coisa a esconder? Simples cidadão não é de certeza, pois como eu só teria a agradecer. Continue.

João Alvarez

Anónimo disse...

o alvarez já agora faz um esforço e vê o ponto verde nas jantaradas com os pcs e nos acordos de silencio com os autarcas do pc.

o mundob edilico tambem era na uniao sovietica e o povo passava fome e tudo era do estado enquanto os outros tudo tinham .

este programa do post toda a gente conhece e os comentarios é só para ingles ver nao é preciso o ponto o educador do povo para nós o conhecermos .

o ponto nao denuncia nada que nao se saiba já . é só fumo para fazer pressao sobre o poder politico usando pessoas que nada têm a ver com esse lobby.

porque o ponto faz parte do aparelho politico !!!

esse jogo é conhecido e já muitos de nós o vimos .


vamos a ver no futuro as novidades que nós traremos sobre o ponto.

repito: sou um simples cidadão que não gosta de hipocrizias e jogos de manipulaçao que por vezes acabam mal.

Anónimo disse...

nao se pode dizer mal do chefe , vem logo o boby e o tareco. busca busca .


o chefe deve pagar bem.

Anónimo disse...

deve ter sido a conta deste blog que o pc no distrito de setubal teve uma vitoria ganhando camaras so perdendo alcacer do sal porque o anterior presidente da CDU ,nao se candidatou e agora é administrador do sporting

ó ponto tu bem denuncias so que quanto mais denuncias fazes mais os teus "adversarios" ganham . depois como é que queres que agente nao deixe de suspeitar das tuas reais intençoes.

na RDA tiravam -se curso de contra informaçao mesmo á maneira e em cuba tambem.

Anónimo disse...

ponto verde : é melhor voce abrir a pestana porque provavelmente tambem estará a ser manipulado .

Há com cada uma !!!

Anónimo disse...

nem de proposito: o Rui santos esta ali a dizer na SIC noticias que o rogério brito ex presidente da CM Alcacer do Sal , da CDU, nao vai ser um bom presidente da SAD do Sporting e ate disse que o Rui Oliveira e costa também reafirmou essa ideia.

com esta mania de ex presidentes de camara serem presideentes de SAD qualquer dia convidam o Alfredo Monteiro para o benfica. sempre se ganha mais do que na camara .

ó ponto diz la ao teu chefe quando é que ele vai também para presidente senao qualquer dia começam a dizer que o homem só serve para o folclore descentralizado do clube.

isto é só rir.

Anónimo disse...

ena ena , entao a SAD do Sporting agora é presidida por um comuna e vice presidida por um que fala muito bem com os comunas.

como é que querem ser campeoes?

este blog está a ficar interessante. o olho democrático está a revelar que no sporting a direcção está cada vez mais democrática .

o outro da fnac também era o presidente vermelho (PCP) no benfica . Grande experiencia aquela! foi a fnac á falencia e o glorioso foi o que se viu.

ps- para os mais novos fnac não é a loja dos cds e livros era uma empresa de ar condicionado e afins.

ps 1- vamos a ver se esta presidencia tem pelo menos algum sal.

nuno disse...

Bem, que resma de comentários....
O ponto verde deve estar todo babado....
Normalmente isto só acontece quando alguém incomoda muito.
Desde que descobri este site, tenho vindo pelo menos uma vez por dia para ver as trafulhices que aqui vão sendo denunciadas. E infelizmente pela atitude dos anónimos,(mais interessados em destruir a credibilidade do autor, do que a contraporem argumentos para os casos denuncidados), o que se relata aqui é verdade....

Nuno Ribeiro

LB disse...

O ponto sofreu um ataque hoje como já não se via desde antes das eleições :) ... e se nos lembrar-mos do que se dizia nessa altura, a esta hora já não existia este blog porque afinal ele só servia para "atacar a CDU" e "fazer com que o PS ganhasse" as ditas eleições autárquicas.

Os Velhos do Restelo, apressavam-se a dizer que logo que a CDU ganhasse (como aconteceu) o blog se extinguiria e mais não sei o quê... pois é! afinal parece que o ponto ainda anda por aqui e, tal como acontecia antes, continua a ser uma pedra no sapato... então mas se isto é um blog marginal, e que ninguém lê e que até nem reflecte a opinião da maioria dos cidadãos, porque é que V.Exas se incomodam em vir aqui desancar no homem?

Ao menos que tivessem uma participação construtiva- podem não estar de acordo com o aqui é escrito, mas combatam-no dizendo e escrevendo o porquê de não estarem de acordo... isso sim é democracia! - aliás trazerem para aqui o Marx e os antigos países do bloco de leste, apenas revela uma grande confusão de ideias!

Aliás deverá ser esta a mesma confusão que por estes dias anda na cabeça do nosso Presidente da CMS depois de mais uma notícia, agora no Expresso, em que se revelam as estranhas influências e compadrios entre a CMS e, imagine-se, o "grande capital"!
Quando for para a frente o projecto de urbanização da área norte da Siderurgia Nacional, e a Lusosider se for embora, quero ver-vos a todos junto aos portões da fábrica a reclamar contra a deslocalização, contra o grande capital, e contra o governo! Se se perderem estes empregos por causa deste incrivel projecto de 5.000 fogos junto ao rio, podem ter a certeza que isso se deve apenas e só, a miseráveis políticas autárquicas de ordenamento do território.

Casas e mais casas é o que todos precisamos, empregos e empresas não é preciso! Isso não! é construir mais 5.000 fogos naquela zona porque há falta de habitação no concelho!

necpri disse...

CONFERÊNCIA
«A Política e o Ambiente»
30 de Novembro de 2005
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas
Universidade Nova de Lisboa

Organização: NECPRI


Esta conferência irá reunir personalidades formadas em várias áreas académicas ligadas às questões ambientais, personalidades envolvidas em projectos ou programas com objectivos ambientais, assim como personalidades directamente ligadas à investigação no domínio ambiental.
Geógrafos, ambientalistas, engenheiros do ambiente, políticos ecologistas e investigadores que se empenham em áreas tais como a agricultura biológica, a conservação do solo, a protecção da biodiversidade, o desenvolvimento das energias renováveis, assim como o desenvolvimento sustentável, etc., poderão discutir com estudantes de várias universidades, as implicações políticas geradas pelas questões ambientais, assim como as questões ambientais que a esfera política deve contemplar.
O que importa é que os estudantes compreendam que o ambiente não se pode desligar da política (e actuação dos governantes), assim como a política não se pode desligar do ambiente, já que esta é uma questão que nos diz respeito a todos e tem vindo a ganhar mais força e importância nos fóruns de discussão política.
As questões ambientais preocupam cada vez mais os dirigentes políticos deste mundo: convém evidenciar as relações que existem entre estas duas esferas, apontar os problemas existentes para que se possa tomar consciência da necessidade de intervir e por fim, propor soluções, alternativas ou respostas.
Assim, todo um conjunto de temas serão abordados, desde a problemática do encarecimento do petróleo e o consequente aumento do investimento das empresas nas energias renováveis, passando pelo crescente desenvolvimento da agricultura biológica contraposto ao aumento das doenças tais como a BSE, a Gripe das Aves e outros problemas provocados pelas severas políticas económicas que tem sido levadas a cabo no sector agrário e pecuário, aos problemas ambientais maioritariamente provocados pela poluição industrial e pela crescente pressão demográfica global.

A conferência terá lugar no Auditório 2 (3º piso) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, na avenida de Berna, n.º 26 C, no dia 30 de Novembro de 2005 pelas 15h00. O convite fica em aberto para todos os interessados; a entrada é livre e gratuita.

angobo disse...

Bom blog. Forte qb e pertinente que chegue, para alguns se insurgirem contra ti. Como mais vale tarde do que nunca, vou colocar-te nos "favoritos" para ter este blog sempre à mão. Força.