quarta-feira, novembro 23, 2005

CENTRO DE ESTÁGIOS DO BENFICA DO SEIXAL, AS PONTAS SOLTAS














Afinal ainda há pontas soltas no processo que envolve Vale e Azevedo e a Euroàrea, pois segundo noticia do Publico de ontem, assinada por José Bento Amaro " O ex-presidente do SLB, João Vale e Azevedo pode voltar á cadeia para cumprir parte de uma pena de seis anos, decretada na sequência do caso Euroárea, o qual envolvia a cedência de terrenos para construção do centro de estágios do clube , no Seixal".

O acontecimento surge do facto de ter sido pelo Tribunal da Relação de Lisboa confirmada a decisão sobre o recurso de uma sentença, novo recurso poderá porém ser ainda apresentado ao Tribunal Constitucional. Se tal não for feito e segundo a noticia, Vale e Azevedo verá a sentença aplicada.

"A condenação aplicada a Vale e Azevedo assenta na convicção do tribunal de que este, depois de falsificar alguns documentos , acabou por depositar numa conta própria a quantia de um milhão de contos (cerca de cinco milhões de euros), verba essa que terá sido paga pela Euroàrea como parte do negócio que envolvia a cedência dos terrenos do Benfica, em Lisboa, e os do Seixal, onde o antigo presidente ainda procedeu ao lançamento da primeira pedra de um complexo desportivo que só agora, com Luis Filipe Vieira na presidência, se encontra em fase de conclusão..."

A esta distância sabemos agora que afinal o tal "complexo desportivo" ( que se "vendeu" ao Povo) foi também uma forma ardilosa de se avançar para um mega projecto imobiliàrio o que só adensa a transparência de todo este negócio, demasiado volumoso em termos de capital para estarmos sómente no dominio das trocas e permutas ... pelos vistos pelo menos por parte de Vale e Azevedo há contas ainda não cabalmente clarificadas.

Um dia, espero, a justiça clarificará se Vale e Azevedo foi um "xico-esperto" ou um bode espiatório... é que continua a haver muitos boatos e pontas soltas... entretanto, a novela continua!

5 comentários:

Ambientalistas da Amadora disse...

Vale bem a pena reflectir sobre estes assuntos.

Ambientalistas da Amadora
http://ambientalistasdaamadora.blogspot.com/

Anónimo disse...

Ainda se lembram da fotografia do Vale e Azevedo e do Alfredo Monteiro juntos no lançamento da primeira pedra do negócio...tão amigos que eles eram, e agora?

Capuchinho Vermelho disse...

Então e aquele brinde do restaurante Paco, opacote prá avózinha da Atalaia estava roto e perderam-se das 180 maçãs umas trinta pelo caminho, terá sido o Lobo Mau ? Ou as maçãs são da Bela Adormecida? Pois , parece que sim!

Capuchinho Vermelho disse...

Ou terão sido 150 maçãs e só chegaram 130? Ai que a minha avó está tão velhota, será que já terá morrido entretanto?

Anónimo disse...

Boatos? só conheço o das "maçãs" , mas é mesmo verdade? Que as ultimas campanhas têm sido luxuosas lá isso é verdade, a ultima já vai n o segundo retrato sobre fundo encarnado.