sexta-feira, agosto 11, 2006

TEMPO DE PRAIA NO MAR DA PALHA - 4 BARREIRO


















Continuando o nosso périplo pelas praias do Mar da Palha deixamos o Seixal para chegar ao Barreiro,e á Zona do Moinhos. Finalmente um exemplo positivo, mesmo se muito poderia ser feito, o facto é que a praia em causa tem acessos com qualidade, estacionamento ordenado, um alerta para a má qualidade da água com uma dimensão razoável à entrada do estacionamento e um apoio de praia em madeira sóbrio e com bom aspecto.

O areal está limpo e tem até um parque com baloiços e escorregas para os mais pequenos, tem também, para compensar a impossibilidade de ir a banhos, um duche (visivel numa das imagens , solução que aqui já tinhamos sugerido para o Seixal) é simples, barato, agradável e eficaz , a iluminação da praia também é uma mais valia

Esta praia sofre, não só com os esgotos do Barreiro como também com os esgotos provenientes do Rio Coina uma vez que está no lado oposto à praia do Seixal aqui descrita ontem , no canal onde circulam os catamarãs que fazem a ligação Barreiro-Lisboa. Merece no entanto nota positiva o aviso sobre a qualidade de água, o apoio de praia e o já mencionado duche... pelos vistos é possivel fazer algo melhor que nas três praias anteriormente mencionadas do concelho do Seixal...o que não é difícil...

5 comentários:

nunocavaco disse...

Entrando no espirito, desafio o ponto verde a procurar e a divulgar quantas vezes as Câmaras da Península de Setúbal apresentaram projectos para ETAR´S que foram recusados ou não aprovados.

Desafio o ponto verde para divulgar as taxas de cobertura de saneamento dos concelhos da margem sul (todos na casa dos 90%) e outros por exemplo no norte do país, com taxas baixas mas com 3 ou 4 ETAR´S.

Na Margem sul fez-se o saneamento (ainda faltam algumas áreas, mas no global está feito) e agora parte-se para o seu tratamento. Noutras regiões, geridas pelo CDS, PSD e PP, não se fez saneamento mas já se construiu ETAR´S. Aqui a população conhece isto, por isso é que votam bem, votam CDU. Tudo o resto é conversa.

P.S.- ponto verde, acusar pessoas como você faz, usando esse nome é triste, revoltante, baixo, mesquinho e demonstra claramente a sua ideia e o seu modo de fazer política, aliás não muito diferente de outros que conheço cá para os lados da Moita, afinal as directrizes devem ser as mesmas.
Até quarta.

Ponto Verde disse...

Caro Nuno e as ETARS como as de Fernão Ferro e Miratejo construídas mas que nunca funcionaram convenientemente?

E a ETAR de Miratejo que tem junto a si uma...piscicultura...???

E o desmantelamento ambientalmente criminoso de navios como aquele que é feito na Moita???

E a ETAR de Fernão Ferro que despeja àgua "limpa" só durante cerca de quinhentos metros , pois é logo de seguida despejado esgoto não tratado de uma povoação com uns milhares de habitantes como é o caso de Pinhal dos Frades?

Esse esgoto corre depois (no Rio Judeu)por uma ampla zona densamente habitada (Fogueteiro)? Se duvida do que digo, desloque-se até ao Max-Mat do Fogueteiro...e depois vai ser despejada no Tejo sem tratamento, o que segundo a própria autarquia do Seixal acontece ao esgoto de cerca de 100.000 pessoas no Seixal.

Aliás o senhor está a desviar o alvo das minhas criticas, apesar de tudo não acuso as autarquias da má qualidade da água do Tejo (e têm uma pesada quota) criico não avisarem as pessoas dos perigos que correm, fique atento aos próximos dias que há mais autarquias no rol...

E meu caro, do que ACUSO!!! TENHO PROVA !!!, quanto às directrizes o senhor lá saberá...

8/11/2006 10:05:07 PM

AV disse...

E eu desafio o Nuno Cavaco a revelar porque foram chumbadas as tais ETAR's...
A avaliar pela "qualidade" dos estudos que (não) acompanham o projecto de PDM da Moita não deve ser difícil perceber porquê

AV1

manuel disse...

Este Nuno esquece-se de dizer que em 160.000 habitantes a CDU ganha as eleições por 24 mil votos. Talvez porque a população conhece a má gestão autárquica do Seixal é que os votantes são tão pouquinhos

Sou eu, o tal da Moita disse...

A CDU pode, como diz, ter poucos votos, mas os outros ainda têm muitíssimo menos. Ao que parece, em vocês é que a população não confia mesmo!