quarta-feira, agosto 02, 2006

SEIXAL - NOTÍCIA DA AUTARQUIA CONFIRMA ACUSAÇÕES DA POPULAÇÃO


















Notícia publicada no Boletim Municipal do Seixal vem dar razão à população na acusação de que a autarquia pretende betonizar uma das ultimas florestas do Seixal, ainda por cima uma zona protegida no Plano Director Municipal que a define como zona de interesse ecológico a preservar.

A autarquia vem assim através de orgão próprio entrar em contradição com o que ao longo dos anos tem prometido á população e assumido em sede de PDM e por outro lado desmente-se a si própria numa noticia não assinada , emanada da Câmara e que alegava que os cidadãos estavam a "atropelar a verdade".

Esta noticia é que se torna num veradeiro auto-atropelo aos próprios autarcas, para não dizer um autêntico tiro no pé, como se explica que só depois de duas semanas de terminar a consulta pública sobre o referido plano de pormenor, este tenha sido tornado público e divulgado pela primeira vez?

O orgão autárquico não explica também como é que construir numa "zona verde" vai permitir construir... uma "zona verde" , também não explica as formas de financiamento encontradas, quem vai construir e quem é que é o proprietário do terreno, situações que obrigatóriamente já deveriam estar definidas para que o referido projecto tivesse a obrigatóreia declaração~de utilidade pública.

Da mesma forma não explica como vai haver "uma ligação à rede de esgotos existente" quando esta não existe e os esgotos serão despejados a céu aberto perto dalí, também não clarifica porque razão o projecto não mostra o traçado do IC 32 que irá passar no local e não consta de nenhum estudo ou projecto.

Por outro lado a imagem de computador apresentada não mostra que a urbanização proposta não será implantada num tapete verde feito em computador, mas numa zona arborizada de sobreiros e pinheiros. E atravessada por linhas de água protegidas na Reserva Ecológica Nacional e por uma linha de Alta Tensão que são mais uma vez intencional e criminosamente omitidas.

5 comentários:

Maria Almeida disse...

Espera-se que os responsáveis da Autarquia não avancem com tal projecto...ou que se consiga inverter o desenrolar de todo este processo, a Bem do Concelho do Seixal.
Cumprimentos.
Parabéns pelo seu trabalho!

jack disse...

Uma vergonha!
Afinal que raio de democracia é esta?

Fascismo nunca mais!

Seixal de rastos

salvador disse...

Vergonhoso, como é possível pôr uma resma de prédios numa zona protegida no meio do nada e ainda por cima para "fins sociais", mais um GUETO é o que é!!!

manuel disse...

Eis a política comunista de quanto pior, melhor e dos factos consumados! Nem o Salazar tinha esta visão antisocial, antiambiental e antiurbanistica.

Como é possível contra a população e contra estudos e especialistas em urbanismo e ambiente, destruir uma mata para construir mais um gueto. Só eles é que sabem o porquê desta decisão. Talvez outras forças falem mais alto. Decisão inteligente não é. Eles bem o sabem, porque não são parvos.

A história terá o prazer de os condenar.

Anónimo disse...

Uma anormalidade que só pode esconder altos interesses ou muitos negócios, ou o pagamento de algum.