domingo, janeiro 18, 2009

PROJECTOS PARA A SIDERURGIA NACIONAL

Chegou por mão amiga o link para um interessante vídeo (clique) que apresenta um projecto até agora desconhecido para a Siderurgia Nacional .

Por considerar uma proposta inovadora, mas perfeitamente desconhecida , espero que alguém enriqueça a discussão e possa acrescentar algo sobre o mesmo.

9 comentários:

João Afonso disse...

Meu caro ponto verde o polo tecnológico faz parte do projecto que está a ser desenvolvido pela Câmara Municipal do Seixal e pela SNES para o local. Se o mesmo é desconhecido, a culpa é sua porque as palas que tem o impedem de ver as qualidades do trabalho desenvolvido pela Câmara Municipal do Seixal. Tire as palas e vai ver que vive num concelho de excelência.

Anónimo disse...

concelho de excelência só para pcps e nem todos.

Anónimo disse...

DATA: 2009-01-19

ACTO: Declaração de rectificação de anúncio n.º 34/2009

D.R. n.º 12 Série II

EMISSOR: Empresa Geral do Fomento Snesges Urbindustria ACE

TEXTO:

MODELO DE ANÚNCIO DO CONCURSO PÚBLICO
Declaração de rectificação de anúncio

1 - IDENTIFICAÇÃO E CONTACTOS DA ENTIDADE ADJUDICANTE
Designação da entidade adjudicante: Empresa Geral do Fomento SNESGES URBINDUSTRIA ACE
Endereço: Rua Visconde de Seabra, n.º 3, 2º andar
Código postal: 1700 421
Localidade: Lisboa
Telefone: 00351 212469705
Fax: 00351 212469704
Endereço Electrónico: egfsnes@adp.pt

2 - OBJECTO DO CONTRATO
Designação do contrato: Estudo final de caracterização do estado de contaminação dos solos e águas subterrâneas e avaliação do risco para os territórios da ex-Siderurgia Nacional

15 - DATA DE ENVIO DO ANÚNCIO PARA PUBLICAÇÃO NO DIÁRIO DA REPÚBLICA
2009/01/16

17 - OUTRAS INFORMAÇÕES
No seguimento do Anúncio de Procedimento n.º 814/2008, publicado no Diário da República, 2ª série, Nº 241, de 15 de Dezembro de 2008, e Anúncio de Concurso n.º 244-325170, publicado no JOUE, n.º JO/S S244, de 16 de Dezembro de 2008, para efeitos do disposto no n.º 4 do art.º 50.º do Código dos Contratos Públicos, aprovado pelo Decreto-lei n.º 18/2008, de 29 de Janeiro (CCP), serve o presente anúncio para informar que foram prestados esclarecimentos necessários à boa compreensão e interpretação das peças do procedimento, das quais passam a fazer parte integrante, estando disponíveis para consulta nas instalações da Parque EXPO 98, S.A., sitas na Av. D. João II, Lote 1.07.2.1, das 9h30 às 12h30 e das 14h30 às 17h30, mediante marcação prévia por telefone.

18 - IDENTIFICAÇÃO DO AUTOR DO ANÚNCIO
Nome: Emídio Xavier
Cargo: Presidente do Conselho de Administração





DATA: 2009-01-19

ACTO: Declaração de rectificação de anúncio n.º 33/2009

D.R. n.º 12 Série II

EMISSOR: EGF Quimiparque ACE

Ver página(s) em formato PDF
TEXTO:

MODELO DE ANÚNCIO DO CONCURSO PÚBLICO
Declaração de rectificação de anúncio

1 - IDENTIFICAÇÃO E CONTACTOS DA ENTIDADE ADJUDICANTE
Designação da entidade adjudicante: EGF QUIMIPARQUE ACE
Endereço: Rua Visconde de Seabra, n.º 3, 2º andar
Código postal: 1700 421
Localidade: Lisboa
Telefone: 00351 212469705
Fax: 00351 212469704
Endereço Electrónico: egfquim.ace@adp.pt

2 - OBJECTO DO CONTRATO
Designação do contrato: Estudo final de caracterização do estado de contaminação dos solos e águas subterrâneas e avaliação do risco para os territórios da Quimiparque

15 - DATA DE ENVIO DO ANÚNCIO PARA PUBLICAÇÃO NO DIÁRIO DA REPÚBLICA
2009/01/16

17 - OUTRAS INFORMAÇÕES
No seguimento do Anúncio de Procedimento n.º 812/2008, publicado no Diário da República, 2ª série, Nº 241, de 15 de Dezembro de 2008, e Anúncio de Concurso n.º 244-325169, publicado no JOUE, n.º JO/S S244, de 16 de Dezembro de 2008, para efeitos do disposto no n.º 4 do art.º 50.º do Código dos Contratos Públicos, aprovado pelo Decreto-lei n.º 18/2008, de 29 de Janeiro (CCP), serve o presente anúncio para informar que foram prestados esclarecimentos necessários à boa compreensão e interpretação das peças do procedimento, das quais passam a fazer parte integrante, estando disponíveis para consulta nas instalações da Parque EXPO 98, S.A., sitas na Av. D. João II, Lote 1.07.2.1, das 9h30 às 12h30 e das 14h30 às 17h30, mediante marcação prévia por telefone.

18 - IDENTIFICAÇÃO DO AUTOR DO ANÚNCIO
Nome: Emídio Xavier
Cargo: Presidente do Conselho de Administração

Seixalense Atento disse...

Este sim é um projecto que merece toda a atenção e discussão, uma vez que ao ser projectado e criado um pólo tecnológico, iria ser um projecto aonde iriam ser criados bastantes postos de trabalho e o concelho iria ser dotado de uma área de desenvolvimento por excelência, dessa forma repito merece por parte de todas as entidades e organismos a devida atenção e discussão, bem como de toda a população.
Ao contrário do projecto que a câmara, andou juntamente com a administração da Siderurgia a tentar vender e enganar a população, ao quererem urbanizar a zona para mais (betão) habitação, e assim fazerem mais alguns negócios escuros, ao que já estamos habituados.
Ao senhor João Afonso, respondo o seguinte:
Não adianta querer por palas a quem as não tem, porque as suas palas só servem a pessoas como o senhor uma vez que é daqueles que possivelmente vai ganhar com o negócio do betão.
Se não vai ganhar nada com o betão, então é cúmplice ao apoiar o executivo comunista deste concelho, que além de ser incompetente em toda a escala, só esta interessado em negócios cinzentos e escuros.

Daniel Geraldes disse...

O projecto ideal para a Siderurgia Nacional, era a construção de um enorme Seixal Park, mais do mesmo não é solução.

E o polo tecnologico podia ser perfeitamente localizado nas Antigas Fabricas da Mundet para as recuperar e homenagearmos a sua história no Concelho.

Anónimo disse...

É interessante o projecto sim senhor, então e o resto do projecto imobiliário? e isto está aprovado? onde? por quem?
Ou é apenas e só um exercícicio pago com dinheiros públicos?

mariodasilva disse...

Este projecto é meramente um reaproveitar das instalações administrativas da SN que se vão degradando há anos e mais nada.

Não altera fundamentalmente nada de nada.

Não impede o mega-hiper-projecto do resto do espaço.

Sobre outros projectos eu gostava que os Comunistas me explicassem o anúncio do Futre na estrada para o Seixal e sobre o projecto de Condominio Privado da Quinta da Princesa.

E também gostaria que me explicassem a ironia de certas ruas desse empreendimento, como a "Gomes da Costa" e do "MUD".

Se o Gomes da Costa cá estivesse haveria de apreciar que um dos acessos para a "Exclusividade para Rico Usifruir" tivesse o seu nome. Haveria de apreciar.

mariodasilva disse...

Retificação:

Não é Quinta da Princesa, evidentemente, mas Quinta da Trindade.

mariodasilva disse...

Hoje é demais...

Não é Gomes da Costa (não é só o nome que é ao contrário) mas sim o "vermelho" Costa Gomes