domingo, novembro 30, 2008

ALMADA FINALMENTE













Sem comentários !

10 comentários:

EMALMADA disse...

Bons exemplos!
Mas há muitas mais.
As que estão abertas, ontem sábado à tarde não tinham clientes.
As ruas estavam sem gente.
O comboio, esse continuou a fazer viagens num vai e vem com meia dúzia de pessoas e os dois polícias a meio da Afonso Henriques a amenizarem erros requalificadores dos incompetentes autarcas.
A desolação mora em Almada.
Fiz ontem o reconhecimento com viatura de uma parte das alterações ao trânsito.
Temos circuitos urbanos para as viaturas que não foram feitos para pessoas, para seres humanos,para os moradores nem para dignificar Almada, concebidos com muita irracionalidade pelos seus autores e desconhecendo a realidade,as características urbanas de Almada.

A obrigatória circulação de viaturas por determinadas ruas de Almada antiga e outras, diz-nos quanta é a incompetência de quem está à frente da Câmara e da falta de alguma consciência cívica e de ética no exercício da política daqueles que sancionaram, concordadaram e aprovaram este "projecto MST".

Fizeram-no sem saberem o que estavam a fazer.
Fizeram-no para parecer bem.
Fizeram-nos porque não estudaram o assunto.
Fizeram-no porque era mais cómodo.
Fizeram-no porque não quiseram ter o trabalho que deveriam ter.
Fizeram-no porque não têm consciência do que é ser representante dos eleitores.
Fizeram-no porque não quiseram ouvir e entender os eleitores.
Fizeram-no porque uma vez eleitos os eleitores para eles passam a subordinados da "autoridade" tal como num Estado policial, são carne para canhão.
Fizeram-no porque não estão na política para servir, mas sim para se servirem.
Fizeram-no porque alguns são mesmo aldrabões e desonestos.
Fizeram porque alguns não são democratas nem sabem o que é o exercício da democracia.

São medíocres e ditadores.

CIDADÃO NÃO PODE NEM DEVE FICAR INDIFERENTE AO "TRABALHO" DESTES OPORTUNISTAS.

Daniel Geraldes disse...

Uma vergonha autêntica, e o mais grave é que estamos a falar da vida de pessoas.

Ponto Verde disse...

Obrigado EMALMADA pelo excelente comentário lúcido e objectivo.

De facto há muitoa mais exemplos (infelixmente) , estes foram dez , num raio de cem metros dos Perseguidos, o centro dos centros segundo a propganda do regime.

Isto demonstra duas coisas, não se pode fazer cidade contra as pessoas, não se podem impôr projectos estalinisticamente contra os cidadãos.

Mesmo um excelente meio de transporte como é este tipo de Metro , não pode ser introduzido de qualquer maneira , podiam ter aprendido como se fez bem no Porto , ainda estão a tempo de aprender, não estes autarcas, mas os cidadãos de Almada.

Estes autarcas já deram o que tinham a dar , a Margem Sul não tem de pagar a crise de vocações e financeira do falido Partido Comunista Português.

Anónimo disse...

Após ter visitado alguns blogues, que coabitam a blogsfera do Barreiro , Moita,Almada e Seixal, encontrei alguns de elevada qualidade que recomendo, como é o caso do Banheirense do Seixal Sim e do AldeiapaioPires.
Conheço alguns comentadores (virtualmente) como a lagartinha de Alhos Vedros, pessoa de elevada idoneidade e grande educação, que claramente só poderia ser de um grande partido como o PCP, um partido de gente culta, educada e de grande valor humano, para além de exímios trabalhadores na procura do bem estar de todos e na dignificação acima de tudo das pessoas.
Um bem-haja a todos vós.
Mas o reverso da medalha infelizmente também se nota.
Visitei outros blogues como este a-sul, onde antes me abstive de comentar o que quer que seja, pois são blogues cujo conteúdo, não é mais que a ofensa gratuita, desprovida de razão, autênticos caceteiros blogosféricos e, eventualmente em tudo o que fazem.
A vulgar ordinarice pulula nos seus post's, coadjuvados por alguns comentários, quase sempre anónimos, que até parecem ser uma espécie de crítica a esses blogues e aos seus autores, mas também estes caem na vulgar ordinarice e insulto pessoal, sem a mínima inteligência, uns verdadeiros Neandertais, senão mesmo, de uma qualquer subespécie inferior.
Outros dos blogues que visitei foram também o Alhos Vedros ao Poder,o EmAlmada e outros de partidos frustrados, estes ficaram registados exactamente pelo que atrás descrevo.
Lamento profundamente este tipo de pessoas, onde a palavra democracia, é por eles transformada num cacete, auferindo-se a si mesmo com o direito de a todos ofenderem mesmo na ausência de razão.
Compreende-se o desespero destes caceteiros, perante obra feita e trabalho árduo, algo que gente com este tipo de atitude, jamais saberá o que significa, tão pouco o pretendem, apenas o achincalho e a maledicência, coabitam na sua falta de moral e de carácter.
Lá diz o velho ditado:
"Vozes de burro, não chegam ao Céu" ainda "Os cães ladram e, a caravana passa"

Bom trabalho Banheirense,Paulo Silva e amigos, Aldeia, bom trabalho Lagartinha.

No nosso caminho, sobre a alva calçada portuguesa existirão sempre dejectos diversos, uns mais, outros menos cheirosos e de maiores ou menores dimensões, para nós é simples, desviamo-nos e continuamos na alva calçada, pois estamos em rota ao triunfo, que é a nossa razão. Os dejectos ficam para trás, pois não têm razão, tão pouco qualquer futuro.

Abraço

lagartinha disse...

Caro amigo comentador anónimo anterior:

Amigo eleitor, bem vindo aqui ao sitio, ainda bem que apareceste gosto tanto de conversar, sobretudo com pessoas com quem me entendo e que sabem qual o seu lugar na vida.
Pessoas que sabem exactamente quem as explora e quem desde sempre as defendeu o PCP
Eu sou a Lagartinha de Alhos Vedros e embora me tenha esforçado por ser uma lagartinha simpática,amiga do seu amigo, nem sempre me têm tratado bem, também outra coisa não era de esperar, essa gente não gosta de ouvir as verdades, portaram-se como é costume,provocando, mas não faz mal, os cães ladram e a caravana passa.
É verdade que tenho procurado esclarecer uns mal entendidos, dar os nomes ás coisas, ás situações e ás pessoas, pois vê tu, não aceitam.

Estes movimentos cínicos como os da varzea, ou os da Flor da Mata são os cobardes, os traidores e outros que tais lançam as boquinhas e depois, quando damos as respostas fecham-se em copas

Adeus amigo
Viva aluta de quem trabalha!
Viva o XVIII Congresso do PCP

Abraços
da Lagartinha de Alhos Vedros

Anónimo disse...

Ao Sr. António Ângelo

Desculpe Sr. Ângelo mas entre acreditar no João Lobo e companhia e acreditar no senhor, vou continuar a apostar em quem confio. Não é pelo senhor vir acusando estas pessoas há 5 anos que o que você diz é verdade. Na verdade foi derrotado tantas e tantas vezes que me parece ser masoquista.

O PDM da Moita pode por si ser diabolizado que isso não muda nada, faz falta, muita falta e acredite que muitos milhares de pessoas no concelho têm essa consciência e nas urnas vão exigir responsabilidade a quem o boicotou, tal como em Outubro de 2005 em que você fazia o mesmo apelo e foi estrondosamente derrotado porque a votação na CDU aumentou.

A título pessoal quero-lhe escrever que a sua forma de expressão é reles e rude, toca aqui e ali em insinuações não concretizadas e que mais tarde se baseia nas mesmas. Este é um velho truque salazarista que funcionou durante muito tempo, mas o amigi nem metade dos dotes têm e por isso está condenado ao fracasso.

já reparou que em tudo o que se mete dá raia? Como o caso do Largo da Barra Cheia em que fez meia-dúzia de novos amigos que nem o podem ver nem pintado.

EMALMADA disse...

Respondendo ao 1:03:00PM

"Obra feita e trabalho árduo"
Não duvido.
Só que Há muitas obras feitas boas e outras muito más.
O Projecto e a obra a que se refere cabe na última categoria.
Quanto ao "trabalho árduo", quando não é orientado para objectivos no interesse das populações constitui um desperdício de energias, gastos desnecessário e arruína o erário público.

Ouvimos ontem um trecho do canto do chisne pelo camarada Jerónimo e percebemos que para vós ainda há coisas que vos acompanham,que não "ficam para trás" e que confundem com futuro, para mal das comunidades que pretendem controlar.

Anónimo disse...

Tão amigos que Ponto Verde e Em Almada são ...

Pena é que Ponto Verde (a-sul) seja um tão grande ignorante relativamente ao Metro do Porto (embora isso não o impeça de falar imenso do Metro do Porto ...).

Como ignorante é Em Almada, não apenas relativamente ao Metro do Porto, mas principalmente em relação à Cidade que diz que é a sua ...

Anónimo disse...

Como sempre o recurso de todos aqueles que defendem a gestão autárquica do PCP em Almada e no Seixal e´, tão somente, o enxovalho e a ofensa a quem deles "ousa" discordar.
Sim, porque só os senhores são os donos da verdade e só os senhores sabem governar, no que aliás dão lições a todo o resto da populaça não é?
De facto, os argumentos são os de sempre: quem pensa de maneira diferente da vossa concerteza é "ressabiado", "bandalho" e, como é bom de ver não conhece nada dos assuntos de que fala...
Pior, não conhece os reais interesses da população, e muito especialmente dos trabalhadores!
Só e apenas o PCP e os seus militantes são capazes de discernir o correcto e as suas opiniões são de tal modo assertivas que, pasme-se, uma "consulta" a blogs da margem sul, resulta na firme convicção por parte do anónimo da 1.03, que apenas e só os blogs que apoiam os executivos camarários da Margem Sul são dignos de registo!
É revelador esta forma de estar na vida... Revelador de uma incapacidade incompreensível de entender o outro, de entender quem é diferente, de entender quem não pensa nem vê o mundo da mesma forma como V. Exas o vêem! Mais grave, uma clara atitude anti-democrática de opinar sem diminuir as opiniões dos outros.
Porque razão os factos que aqui são apresentados não são sequer comentados? Presumo eu que V. Exas não vivem em Almada, não trabalham na cidade e decerto o mais perto que estão da mesma acontece quando visitam o Forum Almada ou passam a ponte 25 de Abril porque, vivessem v. exas na cidade, aqui trabalhassem, ou a visitassem com alguma frequência, decerto teriam constatado, por um lado, o caos que impera hoje no trânsito, o declíneo acelarado do comércio nas suas principais artérias e, acima de tudo, a total falta de respeito pela imensa minoria que contestou, propôs soluções alternativas, participou nos foruns organizados pela autarquia, a troco de... nada!
Este projecto de MST foi erradamente estudado desde o seu início, não respeitou as pessoas, quem cá vive e quem cá trabalha. Foi acima de tudo um processo de "eu quero posso e mando"!
Quando as pessoas independentemente da sua filiação partidária não são capazes de reconhecer erros é impossível alcançar formas de entendimento para corrigir o que quer que seja e, é por tudo isto que Portugal continua a ser uma democracia sui generis, onde os eleitos, a partir do momento que o são, esquecem-se, salvo honrosas excepções, de quem os elegeu e do porquê da sua eleição! Não estão na política com sentido de serviço!
E de facto, talvez tenham razão, porque muito provavelmente o que ouvem (de apoiantes que não vêem para lá do seu circulo) é tão somente o apoio incondicional a tudo quanto fazem - façam-no bem ou não, com justiça e sentido de serviço ou não - e, quando surgem vozes discordantes, estas só podem mesmo surgir de mentes "ressabiadas" e que, nunca por nunca podem ser ouvidas porque não são representativas de nada nem de ninguém!
Todo o ser humano comete erros, e claramente este MST é-o! Não o reconhecer, defendendo-se em questões partidárias, protege tanto o incompetente, o inábil e o inocente que toma as decisões sem dolo, assim como protege o corrupto, o fraudulento e o artista que se serve do Estado para a prossecução de objectivos pessoais.

EX-MILITANTE DO PCP, MAS COMUNISTAS QINDA... disse...

POIS BEM, NÃO RECEBERAM LUVAS DOS CONSTRUTORES.

É A VIDA...