segunda-feira, novembro 17, 2008

PARAGENS SUICIDAS

Os senhores autarcas do Seixal imaginam os seus familiares naquela paragem?
EN378 ,nó do Fogueteiro junto ao cartaz recentemente notícia nos media.

"Esta é uma área densamente povoada, com grandes exigências de mobilidade, e, num quadro de crise petrolifera, é fundamental incentivar a utilização do transporte publico..."
(Francisco Lopes, deputado PCP , Maio 2006 )

Data também já de 2006, o nosso alerta aqui deixado sobre as condi
ções em que decorre a utilização dos transportes publicos no concelho do Seixal, nomeadamente na Estrada EN 378.

É um perigo a que ninguém, há demasiado tempo não altera nem põe cobro, situa
ção repetida inúmeras vezes nos concelhos da Margem Sul , paragens sem sítio para estar, sem abrigo , garantido , só o perigo de optar e ali aguardar por transporte público e de lá chegar (ás paragens...) , pois não há sequer passadeiras de peões na maioria dos casos.

Esta não é certamente forma de incentivar o uso de transportes públicos.

Um tema sobre o qual recentemente o PSD no Seixal , apresentou uma moção INCOMPREENSÍVELMENTE REJEITADA pela maioria CDU !.

Pelo que continua a ser actual o nosso alerta de 6 de Agosto de 2006 , escrevíamos então:

PARAGEM DE AUTOCARRO SUÍCIDA


Na altura da entrada em funcionamento da fase inicial do Metro Su
l do Tejo (1 de Maio 2007) , a Câmara do Seixal veio a terreiro denunciar várias "imperfeições" no projecto, imperfeições essas que atentariam contra a segurança dos utentes, nomeadamente , entre outras, em zonas de embarque e desembarque.

Percorrido todo o percurso desde essas alegações, parece-me como utente, que na linha em funcionamento , é , pelo menos ao nível dos arranjos esteriores, ao nível da qualidade das zonas de entrada e saída de passageiros, um projecto exemplar (sobre outros casos , já os abordámos e continuaremos a abordar).

Oportunamente denunciámos que a atitude da CMS era pouco séria, e uma mera e habitual manobra de marketing e propaganda, assim o era que não se ouviu falar mais do assunto e no primeiro dia lá estava Alfredo Monteiro ao lado de José Sócrates .

Denunciámos também situações como esta que ocorrem no concelho do Seixal, sem que ninguém se preocupe. Como cidadão, acusarei a Câmara do Seixal de responsabilidade caso haja um qualquer acidente no local da imagem, Fogueteiro, Estrada EN 378/ EN10, Seixal Sesimbra, junto ao nó do Fogueteiro e zona comercial.

É nas condições que as imagens documentam que os cidadãos utilizam aquela paragem de autocarro, sem uma passadeira de atravessamento da via (atravessamento que é obrigatório para lá chegar), sem um local seguro ou sequer abrigado para aguardar pelo autocarro (e a câmara tem algumas destas estruturas em armazém, até usadas, que poderia ali instalar em poucas horas.
Toda esta realidade contrasta com a recusa de Alfredo Monteiro e da CM do Seixal em aceitar na véspera da inauguração a primeira fase do MST, pois tetectava em apenas 3Km de via férrea , 264 erros , incluindo, arranjos exteriores e paragens do metro, ora estas, comparando com as dos operadores rodoviários e a estes permitidas pela CMS, são exemplares.

Pergunto ao senhor Vereador das acessibilidades , vice presidente da autarquia e futuro candidato :

- Quantos erros detecta nas paragens cujas imagens se apresentam?
- Que medidas vai tomar ?
- Como foram resovidos os erros apontados ao MST ?
- Vai haver novo apelo a manif. dia 27, véspera de inauguracão do total da rede do MST ?

Paragem de autocarro que serve o Rio Sul , a maior superfície Comercial do Seixal,
não há passadeira, abrigo, espera-se em plena faixa de rolagem junto ao rail.



10 comentários:

ex-militante disse...

Eles querem lá saber, têm belos carrinhos pagos por nós, combustível incluído , os ilustres Presidentes PCE`s desta Banda aderiram äs viaturas topode gama BM`s Volvos...Paragens, perigo? Eles não estão para aí virados.

Daniel Geraldes disse...

Um dia que acontecer um acidente a sério numa destas paragens, este executivo provavelmente vai atribuir as culpas á Estradas de Portugal ou á Brisa ou a algum instituto do genero.

O vereador deste pelouro é mesmo um faz de conta, se isto é o futuro candidato a Presidente, então o futuro do Seixal deixa de existir.

Anónimo disse...

Isto é uma vergonha, parece o terceiro mundo.

Anónimo disse...

Os fanfarrões da CDU perderam o piu. Tanto dinheiro que se gasta em foguetes e festas e o essencial fica por fazer. O que interessa é o show off e nao o bem estar do povo.

j.moura disse...

As imagens são esclrecedoras, palavras para quê ?

Anónimo disse...

Do blogue do destacado dirigente Dr.Paulo Silva nota-se o desvario que vai por estas bandas este parágrafo é de ír ás lágrimas :

- ¨Assim, e admitindo que muito há ainda por fazer, parece-me que seria uma atitude bastante mais útil para esta oposição trabalhar com os órgãos de poder local para desenvolver o concelho, chamar a atenção e criticar quando há razões para isso e praticar uma política honesta e livre de interesses pessoais e partidários mesquinhos. Infelizmente, parece que vão continuar a tentar denegrir a imagem do Seixal e dos seixalenses, a desacreditarem-se perante as populações e a insistir na mentira como forma natural de fazer política¨

A oposição já sabe, toca a uma coligação com a CDU, nada de ser diferentes nem apresentar criticas ou sugestões fora do controlo do PCP.

Ana disse...

A responsabilidade só pode ser de uma qualquer outra entidade de certeza absoluta, ou então esta paragem deve servir alguém que não vai dar votos à coligação CDU/PCP.
Nesta altura todo o dinheiro é pouco para a propaganda do regime, não sobra para mais nada.
Se acontecer algum acidente será tratado como o foram o da criança versus esgoto ou o do cidadão que se encontrava no fio de cobre ou seja lá o que for nas antigas oficinas, haverá obrigatóriamente um silêncio insurdecedor.
Só posso fazer uma apelo a todos os municipes do concelho do Seixal, não reclamem e deixem-me a falar sózinha ou por favor exerção o direito que têm, votem, mas votem em força, em massa de qualquer forma, em qualquer partido, em não sei quem, nem sei o que dizer, organizem-se, protestem, reclamem, mas não "morram" antes de tempo. Porque não votar é como estar morto enquanto cidadão de pleno direito.

noctívago disse...

Os cidadãos , sobretudo idosos que vão fazer compras ao continente e utilizam as carreiras 108, 170 e 306 dos TST agradecem a quem de direito o rail pois é uma boa forma de aguardar os autocarros, é que é difícil lá chegar , é perigoso atravessar a rua e é perigoso ter os carros a passar junto a nós, Ahhhh mas o rail é muito confortável , Bem haja.

Anónimo disse...

Vamos pedir a cada cidadão deste concelho que vote. Cada um que gosta verdadeiramente desta terra que passe a palavra a todos quantos conheça para que todos votem nas próximas eleições. Obrigado Ana pelas suas palavras.
Os meses que faltam para as eleições são decisivos. É preciso um empenho sério de todos. Mas vamos conseguir. Votar não é só um direito é também um dever. Vamos passar palavra!

Emanuel Oliveira Santos disse...

Excelente e pertinente post.
Espero que não se importe de ter tomado a liberdade de estabelecer no meu blog um link para este post, juntando-lhe uma das suas fotos.

Com os melhores cumprimentos,
atentamente,

Emanuel Santos