quarta-feira, março 12, 2008

O HOSPITAL ALI "JÁMÉ"



Com o Novo Aeroporto de Lisboa localizado no Campo de Tiro de Alcoch
ete , faz não só todo o sentido reequacionar o desenvolvimento de toda a Margem Sul, como é mesmo moralmente obrigatório que tal se faça .

Isso mesmo foi sugerido no Seixal pelo veread
or José Assis na presença do Presidente da Câmara do Seixal , também presidente da Associação de Municípios de Setúbal, o qual referiu mesmo que "Está em cima da mesa a necessidade de articular os interesses nacionais com os regionais visto que não é possível continuar a fazer as coisas desarticuladas".

Ora pegando nas palavras do autarca presidente que tem dado a cara pela construção de um hospital no Seixal, é possível que um rasgo de inteligência toque a maioria eleita no sentido de mudar a atribuíd
a localização do Hospital do Seixal , de um Sítio Rede Natura 2000 , para um dos Planos de Pormenor em elaboração ( Torre da Marinha e Siderurgia) , quer um, quer outro mais "articulados" ...em termos " de interesse nacional com o regional" e até, acrescento do interesse ambiental ...

Se foi possível mudar para a Margem Sul um Aeroporto onde seria
Jamais possible... aí construír , não é legítimo reequacionar aquela localização (ambientalmente desastrosa) para uma mais cen
tral para a população (?) , não só do concelho do Seixal , mas do Barreiro , onde se anuncia uma ponte que encurtará para a casa das centenas de metros o que hoje obriga a mais de uma dezena de quilómentros , e de Sesimbra, onde o acesso à zona do Plano de Pormenor da Torre da Marinha ou da Siderurgia são, na sua mais densamente povoada freguesia , Quinta do Conde, mais acessíveis.

Num contexto nacional , face aos novos dados em jogo, faz todo o sentido questionar porque razão e porque interesses não estão a ser equacionadas sequer estas possibilidades ?

____________________________________

DESTAQUE

O destaque de hoje vai para o Jornal do Seixal nº35 de 8 de Março , em distribuição gratuíta, na sua página 7, em artigo de opinião, o eleito Paulo Silva fala da ética na política e garante:

" o povo sabe destrinçar o "trigo do joio"...como se comprova por, há mais de 30 anos a população deste concelho reconhecer o bom trabalho autárquico efectuado pelo PCP e por isso, nas eleições autárquicas as vitórias são sempre do PCP!" .

Face a esta garantia (..mas vale a pena fazer eleições?) não se percebe a descrição de uma situação, sem ética, em plena sessão de câmara por parte do ilustre eleito, Presidente, segundo carta assinada por António Marquês no mesmo jornal , o ilustre autarca insurgiu-se contra o abanar de cabeça de um munícipe e revelou depois haver uma "campanha" contra a Câmara feita por "cobardolas" e "mentirosos" ... realmente não se percebe tanto nervosismo, até porque "nas eleições autárquicas as vitórias são sempre do PCP" ...

10 comentários:

Anónimo disse...

Decreto-Lei n.º 46/2008, D.R. n.º 51, Série I de 2008-03-12

Ministério do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional

Aprova o regime da gestão de resíduos de construção e demolição

Anónimo disse...

O ilustre autarca ( presumo que seja o do Trabant 520d )insurgiu-se contra o abanar de cabeça de um munícipe!!!???

Estes proto-fachos do p?p não têm emenda...

Fazem despudoradamente tudo o que criticam aos outros e ainda têm o descaramento de se virem fazer de vítimas.

ex-militante disse...

Ò Paulo Silva, dê lá uma das suas palmadinhas nas costas do Alfredo que ele precisa, o homem já não diz coisa com coisa , na tv perguntam-lhe alhos e ele responde bugalhos, engasga-se com o que diz e irrita-se a torto e a direito, ainda bem que já não é professor.

ana lima disse...

Se nas eleições autárquicas "a vitória é sempre do PCP" , diz um eleito pela CDU, militante PCP (suponho) porque razão o PCP, não concorre como PCP , e se esconde trás da CDU?
Se a CDU é unicamente PCP, pois que os Verdes como se sabe e foi denunciado até por Zita Seabra, são, nem mais nem menos que "uma farsa montada pelo PCP".
O senhor Paulo Silva que luta pela ética na politica não acha que há aqui uma grande falta de ética nesta farsa monumental que é a CDU ?
Posto isto, falar de Ética, sendo eleito por uma fraude tira-lhe toda a legitimidade.

ana disse...

Pergunto porquê pode o PCP e todos os seus "satélites" terem toda a legitimidade de orquestrarem campanhas contra o governo/PS, e não reconhecerem essa mesma legitimidade a um qualquer munícipe?
E subscrevendo o que diz a Ana Lima se estão todos tão conscientes de" o povo sabe destrinçar o "trigo do joio"..., porque não tem coragem de concorrer como PCP?

Anónimo disse...

Porque a coragem destes senhores se resume a atacar, em matilha, alvos isolados.
Tal como outros fizeram antes deles.

blogue fecal disse...

Quanto ao "anónimo" (ponto verde mentiroso) mostra que é uma gentinha ao serviço de outra gentinha (do desgoverno) pois goza com uma luta que é de todos os portugueses, uma luta que é importante para todos e associa em gozo ao parque temático. Assim se vê quem ele é e o que vale, ou seja NADA

Anónimo disse...

Ao fecal anterior quero dizer que mais fecal que os eleitos do PCP não há, cada vez que abrem a boca sai fecal.
O PCP tem mantido o poder à custa de manter toda a gente calada ameaçadoramente. Que o digam os municipes que não são militantes que não têm entrada em lugar nenhum, nem nos passeios dos lares nem nos almoços. As inscrições para estes eventos costumam realizar-se na sede do partido comunista e a camara e o dinheiro de todos nós a pagar os outros os que não vão à sede do PCP ou calam-se ou são vitimas de humilhações e calunias. Na maior parte das vezes só sabem dos eventos quando vêm a fotografia no Boletim Municipal. funcionários da Camara são exemplo da repressão que o PCP exerce sobre as pessoas. O exemplo do Eng António Marquês é do conhecimento público, mas deve haver mais concerteza, é inadmissivel a forma como tem sido tratado pela camara do seixal. Nem no tempo do fascismo, nem um patrão à moda antiga do tempo da outra senhora tratava assim os seus empregados. Não esquecendo que estes senhores autarcas não têm empregados porque a camara não é uma empresa deles, não investiram lá um tostão e comportam-se indecentemente usando o que é de todos e ainda tirando quer aos funcionários que não lhe tiram o chapéu quer aos municipes a liberdade de se expressarem. Era o que faltava agora um municipe já nem poder abanar a cabeça em desacordo. O Sr. Alfredo Monteiro presidente da Associação de Municipios sem que nem sequer tenha competência para ser presidente do municipio.
Que falta de vergonha que estes PCs têm. Este Dr. Paulo Silva tem muita falta de ética. Primeiro veio defender o ladrão dos bombeiros agora anda a atemorizar os municipes. Como é? Será que além de falta de educação também estão já em desespero de ver que o taxo lhe foge à medida que o povo se informa? Ò Sr. Blog Fecal não pense que está no tempo em que as cartas tinham de ir de pombo correio. Hoje a informação é muito rápida e não vale a pena negar as evidências porque hoje todos têm acesso aos jornais(até são gratuitos)e à internet e à TV e etc.

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=T63RDFjI2Ag

Anónimo disse...

Eu quero o Hospital na Fabrica de Lanificios de Arrentela em vez do Hip Hop. Com todo o respeito pelo HIp Hop mas penso que a saúde é muito importante. É um sítio central. Evitava-se assim levar o Hospital par os confins do concelho e destruir o pouco que resta de zona verde. Isto para não repetir situações caricatas como a que se verifica com as instalações da cruz vermelha no Seixal que tendo solicitado à camara instalações lhe deram aquelas situadas nos confins do mundo longe de tudo e de todos e sobretudo longe de quem necessita da cruz vermelha porque ali naquele sitio ao pé dos barcos so seixal não vive ninguém. Isto a acrescentar ao facto de terem dispensado umas instalações que deveriam ser preservadas e transformadas talvez em museu por se tratar da antiga estação dos comboios no seixal, um lugar com história e referencias do passado dum povo, do povo do seixal.