segunda-feira, março 03, 2008

ALTA TENSÃO 2



As linhas de alta tensão são geridas e instaladas no nosso país numa forma que parece ser perfeitamente arbitrária por um lado e aparentemente aleatória por outro. As recentes decisões sobre este assunto são disso exemplo.


O concelho do Seixal não foge à regra. O que foge à regra são os critérios que levam a que num determinado troço essas linhas sejam enterradas e que noutro as entidades responsáveis se recusem terminantemente a fazê-lo.

Um exemplo:
Do Boletim Municipal do Seixal nº475 pag 6 ;

" Uma linha da rede eléctrica de alta tensão, com 60 mil kv, está a ser instalada em Fernão Ferro por via subterrânea, contribuindo assim para a qualidade de vida e bem-estar da nossa população. A linha atravessa a freguesia desde a Aroeira até ao Marco do Grilo, a partir do qual segue por via aérea até Sesimbra".


Destes palavras a Câmara do Seixal reconhece que uma linha de Alta Tensão enterrada , "contribui para a qualidade de vida e bem-estar da população" , logo reconhece que uma população atravessada por uma linha de alta tensão aérea, tem menor qualidade de vida e menor bem estar !


Então Senhores autarcas, Vossas Excelências distinguem munícipes de primeira (os que têm melhor qualidade de vida e bem-estar) , e de segunda ( os que têm as linhas de Alta-Tensão sobre as suas cabeças).


Nomeadamente não se compreende o critério que leva, não a enterrar este referido troço beneficiando as populações... envolvidas e continuar a não fazer nada em relação, por exemplo à linha de Alta-Tensão que atravessa a Escola EB 2+3 de Pinhal dos Frades.

O argumento do custo (nunca provado ) quer o argumento técnico (que agora cai por terra) não têm agora suporte algum, pois até são os senhores autarcas a reconhecer da "melhoria da qualidade de vida e do bem estar" que a comunidade educativa teria se essa opção técnica fosse tomada.


São os alunos (mais de 2000) e professores da EB 2+3 de Pinhal dos Frades de segunda em relação aos moradores entre a Aroeira e o Marco do Grilo?

__________________________________________________

DESTAQUE

Aqui no blogue Revolta das Laranjas (clique) ;

Autarquia do Seixal retira a guarda e entrega património municipal à criminalidade !

Citando um excerto : " (...)
o Sr. Vereador da tutela, Carlos Mateus, não se mostrou arrependido da decisão tomada e afinal, pasme-se, sabia perfeitamente da insegurança a que votou aquela zona, pois ele próprio assumiu que os 3 (três) seguranças que asseguravam (?) a guarda da zona já não o conseguiam fazer, temendo pela sua própria integridade física e a rede protectora inclusivé já estava danificada por terceiros, "pelo que assim foi muito melhor, poupou-se dinheiro e até se aproveitou o que restava da rede".
Poupou-se cerca de € 10.000 mensais ao erário público, numa zona que a breve trecho dará origem a mais um empreendimento."

11 comentários:

EMALMADA disse...

Alguns "competentíssimos" autarcas de vez em quando deixam escapar pela boca verdades que eles reconhecem, mas não querem revelar, porque pensam que por terem sido eleitos são sempre melhores nas apreciações do que os outros cidadãos.
Fazem jogos de conveniência, esquecendo que cidadão está atento.

João Afonso disse...

Mas qual património municipal? Aqueles armazéns a cair de podre com coberturas de amianto? Era para isso que queriam que a Câmara continuasse a gastar € 10.000 mês? Meus senhores tenham vergonha na cara! O que vocês queriam era dissipar o erário público!

Jorge Pieta disse...

O que está em causa é a CMS sacode a agua do capote sobre o local... é um local que seguramente não veremos no Boletim Municipal do Seixal, excepto quando for para divulgar o que ali se vai fazer... prédios.

Osvaldo Lucas disse...

A inferência que se faz do Boletim Municipal pode não ser verdadeira!

Não sei se esta linha alimenta parte do Seixal, logo "contribuirá para a qualidade de vida (...)".
Também não é possível saber (pelo post) se seria viável, e tendo em conta a legislação em vigor, ter corredores onde esta linha pudesse ser aérea.

Quanto à Escola de Pinhal dos Frdaes, há algum problema com a legislação em vigor? Ou é apenas mais um possível - há estudos para todos os gostos - aumento da taxa de leucemia em crianças (não consegui descobrir o nº de casos de leucemia infantil por X habitantes)?
Quanto ao argumento do custo está provado. Por mais despesista que seja o Estado/REN, etc, se fosse mais barato enterrar creio que seria esta a opção tomada... e os eventuais riscos estariam lá na mesma.

Com isto não estou a defender a autarquia, ou que não há cidadãos de 2º. Apenas que a situação poderá não ser tão linear como é apresentada.

PS - não seriam apenas 60 kV?

Ponto Verde disse...

É obvio que o senhor Afonso desconhece o local e os materiais de que é construído.

Quanto ao custo não atire areia para os olhos das pessoas, o boletim desta quinzena informa que foi construído um novo espaço oficinal, para quê , quanto custou e quanto custa a sua manutenção?

Quanto á linha de Alta Tensão sobre uma escola de 2000 alunos, senhor Osvaldo, imagine que se quebra um cabo sobre um recreio cheio de crianças...imagine que é um filho seu que ali brinca...

john rambo disse...

Gostava de saber qual a empresa de segurança que paga mais de 3300 euros por mês a cada um dos seus colaboradores.
Estou pronto, por metade a fazer segurança à Câmara do Seixal.
Nota, um segurança ganha pouco mais do que €500 mensais!!!

Anónimo disse...

Penso que esta iniciativa do PSD, através do seu presidente local, a quem deixo uma palavra de apreço pelo seu trabalho, deixou a nú a argumentação da Câmara Municipal.
É um trabalho notável de alguém que está atento à realidade do concelho e que certamente está a incomodar bastante os comunistas.
O que li no blogue do Dr. Paulo Edson sobre as declarações do vereador é de tal forma grave que devia levar a consequências por parte dos srs da câmara em relação a esse vereador.
O que o último comentador diz também deve merecer reflexão porque todos sabemos os valores que um segurança recebe e se a câmara paga 10.000€/mês então deve apurar-se a quem pagava e porque pagava tanto. e se pagava esse valor e a segurança nem sequer era bem executada deve perguntar-se porque pagava.

Anónimo disse...

Por muito benevolentes que queiramos ser, não resta qualquer dúvida sobre a falta de qualidade e experiência do actual executivo camarário do Seixal e que só por manifesta cegueira partidária se poderá compreender que ainda haja alguém que desculpe as tremendas asneiras que estes autarcas têm corporizado.
É chegada a hora de inverter esta tendência e arrepiar caminho, estando na mão dos verdadeiros comunistas deixarem de ter medo de eventuais represálias, pois ao contrário dos que querem que tudo continue na mesma até à derrota final, o futuro dar-lhes-á razão,
Existe um património político que está diariamente a ser delapidado por estes senhores, que escudados em células caducas e de baixíssima cultura política, acabam por destruir em pouco tempo aquilo que levou décadas a erigir.
Acordem e não gritem só contra os maus governos que temos tido; ponham também os olhos naquilo que se passa à nossa porta.
Já agora, não ponham rótulos no que escrevi, nem se incomodem a querer descortinar quem sou, pois apenas o que pretendo é despertar algumas consciências adormecidas.
Para bom entendedor…

Anónimo disse...

CÂMARA COMUNISTA DO SEIXAL, ALIADA DO GRANDE CAPITAL

mariodasilva disse...

Filhos da puta! Corruptos! Malandros!

E querem que a gente os considere sérios, honestos e integros!

Anónimo disse...

Pelo ultimo comentário se vê a educação e os argumentos do ponto verde e dos amigos, como é o caso do Mário Silva... Quem não tem argumentos passa à ofensa!