terça-feira, março 04, 2008

ALTA TENSÃO 3




É
conhecida de há muito a oposição da população à construção de parte da linha de Muito Alta Tensão entre Trafaria e Fernão Ferro, concelhos de Almada e Seixal, embora a Câmara de Almada só há pouco se tenha "definido" e a do Seixal sempre tenha feito de conta que era um problema que não lhe dizia respeito.

Ora estas duas autarquias, viram certamente , é impossível que o não tivessem notado (até pela contestação popular) a obra nascer e ser construídos 74 postes da referida linha , sim, é que chegámos hoje a um ponto em que estão instalados 74 dos 86 postes que
compõem aquela obra...faltam pois 12 ...

Se a população há muito se manifesta sobre este caso , a autarquia Almadense estranhamente, parece que só acordou para ele nesta fase terminal da obra
, uma vez que só em Dezembro a Assembleia Municipal se manifestou contra, não afectando os terrenos de Direito Publico Municipal para a instalação dos postes (os tais 12 de 86 que faltam). Esta situação faz lembrar a oposição que em determinada altura a autarquia de Almada colocou ao Metro Sul do Tejo também com a desafectação de terenos municipais provocando que a obra se atrasasse por muitos meses.

O caso do MST, tal como o caso da Linha de Alta Tensão, em que a REN interpôs agora providência cautelar da decisão da aut
arquia , parece sublinhar a incapacidade da Câmara de Almada reagir em tempo útil sobre questões técnicas e ambientais, só actuando quando essas questões assumem contornos politicos que depois consegue transformar em arma de arremesso dos munícipes contra "obras de responsabilidade do governo central" , limpando a autarquia as mãos de qualquer responsabilidade.

Esta questão não parece ser séria por parte da Câmara de Almada , provoca gastos insuportáveis ao erário público situações de atraso das obras que prejudicam também as populações, pelo que é legítimo perguntar:

Porque razão acordou tão tarde a Câmara de Almada para este problema ?

Parece ter só dado por ele depois da polémica (e do tempo de antena) de Monte Abraão ou de Silves ...

________________________________________________

DESTAQUE





Os
silêncios do Lobo no blogue ArreMacho.

2 comentários:

Anónimo disse...

Não se fiquem, lutem até às últimas consequências... A REN beneficia de impunidade total e movida apenas pelo lucro e facilitismo faz o que quer, nãoimportando a saúde de todos nós consumidores e pagantes...CHARNECA

carlos disse...

Linha aerea? Não !!! Linha enterrada? ... afinal tambem não. Luz em casa? Sim claro. que me expliquem entao por onde deverão passar os cabos numa area densamente povoada.