segunda-feira, março 31, 2008

A CAPITAL ... VISTA PELA AL JAZEERA



O retrato da Capital e do País vista pelo olhar exterior da
Al Jazeera, mostra bem a imagem terceiro mundista que Portugal tem no estrangeiro, e não há West Coast ou ALLGARVE que nos valham enquanto não houver uma credibilidade da classe politica , envolta cada vez mais em esquemas de tráfico de influência e corrupção.

Estrangeiros que vivem em Portugal são também perentórios em dizer que há nos ultimos anos uma notória degradação da paisagem e do território e um padrão de qualidade de vida que se degrada à medida que o betão avança e se criam distorções territoriais graves com uma cada vez maior concentração no litoral , e um interior cada vez mais desertificado.


A Al Jazeera é hoje uma cadeia de televisão de grande referência mundial e de grande credibilidade, com canais por satélite que cobrem muito mais que o mundo Árabe.

Esta reportagem deve-nos envergonhar a todos, a começar pelos autarca que acham que tudo isto é "normal" .


Mostra também que um homem, com outra postura, pode fazer a diferença!

6 comentários:

ana disse...

Este post está na minha opinião ligado ao anterior, tirando o problema da corrupção sobre o qual não me quero pronunciar, até porque estou saturada de ouvir falar na dita "Senhora", (Corrupção) e depois não ver resultados práticos da sua existência, ninguem é condenado, ninguém é responsabilizado, a não se casos insignificantes.
Gostei muito da sujestão apresentada pela Irene dos estados gerais municipais, será que alguem agarra esta ideia?

Ponto Verde disse...

A Ana tem razão, há uma ligação, o que se pretende aqui demonstrar é o que por cá se tornou banal, sem grande destaque dos media, é noticia em meios não controlados nacionalmente.

Há também uma ligação entre a pobreza da cidade e do país a uma certa forma e objectivos ao fazer (esta) politica.

Parece que nós por estarmos tão perto e não termos outra perspectiva é que não queremos ou sabemos ver.

É um dos preços de estar aqui entre a Espanha e o Atlântico sem grandes pontos de comparação, estivessemos nós no centro da Europa com a maioria das capitais europeias (e nem era preciso serem capitais) , a cerca pouco mais de uma hora de comboio , a ver se aparávamos estes esquemas ou se tinhamos este grau tão baixo de exigência !!!

Operário Corrosivo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Operário Corrosivo disse...

Portugal não é uma visão externa terceiro mundista, Portugal é mesmo Terceiro Mundista, a Europa só não o assume por vergonha!

Seremos eternamente Em vias de desenvolvimento!

hkt disse...

Pena que Sá Fernandes não tenha falado sobre a condição das mulheres, e sobre a pena de morte em Portugal... para não falar de matérias mais controversas...
Talvez, se percebesse, então, de que tipo de 3º mundo estamos a falar. Esta é uma peça de propaganda ao BE e ao seu vereador.

A corrupção tem contribuído para a degradação das cidades (e naõ só de Lisboa) mas, isso só acontece porque a opinião pública se alheia dos problemas. Não há uma cultura de exigência ambiental, não há consciência da importância do património paisagístico, nem do património ambiental. A corrupção existe mas existe sobretudo indiferença e é na indiferença que todos os abusos e atropelos ganham raízes.
Se houvesse uma efectiva penalização eleitoral em virtude das políticas erradas ... quem teria coragem para matar a galinha dos ovos de ouro?

Anónimo disse...

Um homem pode fazer a diferença? O que Sá Fernandes fez foi denegrir a imagem do país perante centenas de milhões de árabes. Enquanto todos os outros políticos no mundo procuram dar uma imagem positiva para atrair turistas e investimentos, Sá Fernandes é o espelho da imbecilidade dos nossos políticos. Se quer carpir mágoas, que se vá confessar ao padre, em vez de prejudicar um contribuinte que lhe paga o ordenado.