terça-feira, agosto 05, 2008

UM GPS PARA PALMELA


Em plena época dos GPS ´s do Google Earth , dos mapas virtuais e da fotografia aérea quase em tempo real , a presidente da Câmara de Palmela parece andar algo mareada , ou viver noutra época , assumindo que há no município que tutela um crescimento da construção clandestina e reconhecendo 70 , SETENTA LOTEAMENTOS nesta situação mas preocupando-se com algo que hoje não se justifica , o estarem ¨ mais embrenhados no espo rural ¨.

E a desculpa que a senhora dá é de que ¨ os loteamentos clandestinos que estão mais embrenhados no espaço rural ... têm menos visibilidade , são factores que nos preocupam ¨ , voltando a remeter, surpreendentemente esta ¨explosão¨ , não ao presente , mas a ¨operações de fraccionamento ilegal de antigas propriedades agrícolas e florestais que teve lugar nos anos 70 e 80 do século passado¨...

Já que parece haver uma inimputabilidade dos actuais autarcas que assim sacodem a água do capote...Quem eram então os autarcas responsáveis ao tempo ? Sim, quem geria a Câmara de Palmela nos ¨anos 70 e 80 do século passado ¨ e porque razão a preocupação da autarca CDU vai sómente para os ¨loteamentos mais embrenhados no espaço rural¨ ? E os mais visíveis ? E porque continua a subir a construção clandestina ?

Noticia e explicações de Silly Season no seu melhor...e já agora , os loteamentos do concelho de Palmela escolhidos como refúgio por alguns autarcas de outros municípios da região são de maior ou menor visibilidade ???

3 comentários:

ex-militante disse...

As câmaras são coniventes com a construção clandestina e o resto é conversa.

outsider disse...

Os americanos tem um mecanismo de degradar o sinal GPS em tempo de guerra. Provavelmente a viúva do camarada morto e os restantes amiguinhos da pandilha têm um acordo com o amigo imperialista e vai de lixar os mecanismos de ordenamento do PDM Palmelense !!!

Avante camarada...

P.S. será que o Eufrázio e o Alfredo também precisaram disso para as suas "maisons" ?!

Anónimo disse...

Quem tem governado, ou desgovernado a Câmara de Palmela desde 1976 é o PCP. Independentemente que se tenha chamado FEPU, APU, CDU ou outra coisa qualquer.
Toda esta gente é conivente com qualquer coisa, desde que lhes paguem as campanhas eleitorais.