quarta-feira, maio 26, 2010

IC-32 - AUTARCAS DO SEIXAL MENTEM À POPULAÇÃO


Na politica , quer nacional, quer local , grassa a mentira generalizada em promessas eleitorais não cumpridas , na ficção do real , e até para camuflar a objectiva violação da lei e da ética.

Diz a lei que grandes projectos com impacto significativo no ambiente e nas populações carecem de aprofundados estudos de impacto ambiental e social, acompanhados de esclarecedora e participada participação publica.

Só que do legislado, à realidade vai uma enorme distância.


As autarquias dispõem hoje de meios de informação que podendo ser utilizados para manter as populações informadas, servem sim para omitir, para enganar, para manter na ignorância instituindo a dúvida e a confusão, para finalmente apresentar ... O FACTO CONSUMADO !

Com o traçado da CRIPS - IC32, mais uma vez o presidente da autarquia se esquiva a dar a cara e a discutir com a população , mais uma vez a informação disponibilizada mente descaradamente à população,. mais uma vez a apresentação gráfica é omissa em pontos fundamentais no terreno e mais uma vez também , os próprios mapas têm gralhas de tal modo graves que levam a desconfiar do PORQUÊ de tanta incompetência ... são mesmo assim tão BURROS ? É que depois esta incompetência serve às mil maravilhas duas coisas, outros interesses... mais uma vez a coberto do suposto interesse público !!! E a instalação da confusão no seio da população.

Veja-se para começar, e a título de exemplo do que atrás digo, com a localização assinalada no mapa de uma das povoações afectadas pelo ( NOVO TRAÇADO - APRESENTADO COMO DEFINITIVO ) do IC-32 no chamado nó das Laranjeiras.


Um dos « nós » deste processo... chama-se das Laranjeiras, quando este se situa, não nas Laranjeiras - a cerca de quatro quilómetros dali - mas sim na Flor da Mata ... depois veja como está no mapa assinalada a povoação de Pinhal DOS Frades - , não onde realmente existe , a norte do projectado IC 32, mas bem a Sul, no local denominado Flor da Mata 2 ...

Se isto é para ESCLARECER , então já percebi porque razão o autarca destinado a fazer o frete de mentir à população , foi o mesmo responsável por o Seixal ter perdido o acesso a financiamentos do QREN por equivocos quanto à data limite de acesso das candidaturas a esses mesmos fundos... acredito que não seja má-fé, mas tão só INCOMPETÊNCIA !

8 comentários:

António Cardoso disse...

Boa noite,

Assembleia de Comproprietários AUGI FF71, Pinhal do General - Seixal

www.viverpinhaldogeneral.blogspot.com

mon disse...

rembrapsLove Mum, Love Louis
Vuitton
Nothing new but it works all the time. Go home and make her a meal by yourself? Sweet enough. Or buy her the Louis Vuitton handbag she has yearned for?
Louis Vuitton
Neverfull Rose Tote
The Louis Vuitton Neverfull series are so classcis that they last trendy for ever. We all know the famous Monogram Canvas Neverful PM

João Afonso disse...

A azia do ponto verde derivada dos resultados eleitorais das ultimas autarquicas pelos vistos ainda não acabou... Mas continua a mentir pontinho verde, pois a experiênca demonstra que quanto mais tu mentes, mais a CDU sobe!

cidadao disse...

O João Afonso , não explica é a razão que na época do google erth mostram no boletim municipal mapas que parecem de meninos do colégio Atlântico que não sabem distinguir o Norte do Sul. O Senhor Afonso devia estar preocupado com o menino Joaquim. É que se aquilo é a performance que mostrou no Centro de Solidariedade de Pinhal de Frades, é ainda muito pior que o Alfredo antes do almoço.

Almada sem (E)CALMA disse...

Novo site do Movimento "Almada sem (E)CALMA".

Novo grafismo,
o mesmo Link!

Agora com secção de Notícias e de Downloads!
Imprima o material de divulgação do Movimento!

http://almadasemecalma.co.cc/

Anónimo disse...

olhó Afonsinho!! então, voltaste do Gulag? Ou vieste só cheirar os ares da baía?
Épá vê-lá se trases contigo os outros palhaços como o Flamingo maricas e o risadinhas, prá malta se rir um bocado!!

Anónimo disse...

Se os do Seixal mentem que dizer da Maria Emília e cúmplices!

Ex-militante disse...

Quantos negócios se fizeram à custa desta estrada . Comprar para ser indemnizado é o que estava a dar. Andou por aí uma tal empresa das aldeias a registar até terrenos que não lhe pertenciam...com a cumplicidade de quem ?