segunda-feira, setembro 29, 2008

SEMANA DA LÓGICA (1)


As rotundas vão nascendo a bom ritmo neste jardim à beira-mar plantado e a Margem Sul é um bom exemplo desta moda.

Não bastasse a opção viária, debatemo-nos agora com uma nova corrente artistica , aquela que projecta "elementos decorativos " para os ditos circulos . Claro que há para todos os gostos , geralmente o
"gosto" e as opções roçam, umas vezes o ridiculo, outras o duvidoso , quase todas o kitsh , mas do que se estaria à espera ?

Bom, mas não é o gosto, nem a estética o objectivo deste post, é sim o perigo que determinadas opções têm para os cidadãos . Um desses exemplos é a rotunda recentemente criada nas Paivas - Seixal , aquela que tem um catavento com a forma de uma muleta , embarcação tipica do Seixal .
Esse "cata vento alegórico" encima um obelisco piramidal , mas o pior não está aqui , o perigo está na representação encontrada para as "vagas" em que navega aquela nau e composta por chapa de aço de mais ou menos cinco milimetros, algumas acabando mesmo em aresta viva (tipo barbatana de tubarão) como a imagem documenta .

Não se compreende onde andam os técnicos que tal aprovaram, nem que o presidente tenha ele mesmo inaugurado e logo aprovado , tal aberração ... então não dá para ver que aquilo, no meio de uma via é um perigo potencial?

Então não dá para imaginar um motociclista em despiste para cima daqueles gumes , ou um peão cuspido num atropelamento para cima daquelas guilhotinas , ou mesmo uma viatura ir , desgovernada, aterrar sobre aqueles abre-latas ?

Bom, parece que não ... mas se algo acontecer um dia, sabemos quem são os responsáveis !

QUAL É A LÓGICA ?
__________________________________________

Sobre o referido "monumento" o Boletim Municipal informou e decretou em
primeira página que "Simbolo municipal afirma memória colectiva e unidade do concelho" , uma frase que não quer dizer absolutamente ... nada , nas palavras de um conhecido ex- vereador , pouco mais será que um "silogismo ilógico"...
Da reportagem sobre a inauguração vemos acima , uma fotografia com o Presidente Alfredo Monteiro e com o Vereador do Ambiente Carlos Mateus. Parece que nenhum tem o minimo discernimento para poder antecipar o potencial perigo daquelas chapas de aço .

Assumem o risco e as inerentes responsabilidades?
__________________________________________
Colaborações e fotos podem ser enviadas para:

pontoverdesul@gmail.com

11 comentários:

Anónimo disse...

Há autarcas e técnicos que têm uma massa amorfa e inerte onde os seres humanos têm cérebro.

Anónimo disse...

A Câmara Municipal do Seixal assumiu sempre as suas responsabilidades, isto é, para os comunistas as culpas são sempre dos outros:
-Caso da crianca que morreu no cano de esgoto na Arrentela, certamente que se não se podem imputar culpas á sacrossanta maioria CDU por não ter lá uma tampinha...culpada, a mãe!
-Casos das mortes nas instalacòes das Oficinas Gerais no Fogueteiro, propriedade municipal deixada ao abandono ...Morreram!!!não fossem ladrões!!!

Se agora alguém ficar estripado no tal Abre Latas, problema dele, conduza mais devagar e não se despiste...Prevaricou...uma aceladelazinha- PENA DE MORTE

ex-militante disse...

O Dinheiro que se gasta neste país em M_______s que não servem para nada de útil. Alguém ganhou uns cobres com o "monumento" mas que é um perigo que está á vista de todos , é , e só os iluminados da câmara não vêm isso.

Anónimo disse...

Aqui a câmara anda distraída, então ainda não cortou as árvores em volta da rotunda para os moradores, de suas marquises verem o belo obelisco e com sorte, mais tarde ou mais cedo, um cidadão estripado ? Depois a Câmara não se vai responsabilizar seja do que fôr, tirem daí o cavalinho da chuva , então se acham que aquela foleirada é um monumento, o que é que estão à espera ? E mais abaixo há outra, com umas rodas dentadas encontradas no ferro-velho . Isto são cá umas carolas!

Velas do Tejo disse...

Os que me conhecem sabem que sou um admirador desta magnífica e extinta embarcação tradicional do tejo.

Ainda que muito gostaría de ver uma a navegar, a sua presença na iluminação das ruas do Seixal até são do meu agrado. Naturalmente, que onde menos esperava ver uma Muleta era em cima de uma pirâmide a servir de catavento... mas enfim... esse é o gosto, ou o mau gosto, de quem nos governa e de quem executou o trabalho.

Agora... na qualidade de motociclista... olho para aquela rotunda como um verdadeiro ponto de morte! Qualquer despite ou toque que involva motociclistas corre sérios risco de derivar num acidente mortal dado o aguçado valor artístico obrado em plena estrada nacional.

Gostava de ouvir o parecer dos motoclubes do Seixal sobre as rotundas que por aí se fazem.

Margarido disse...

Quem põe chapas de aço na vertical no meio de uma via como a EN 10 É CRIMINOSO!
Arte ? E uma vida perdida ou um membro decepado? Isso é arte ? Isto é mau gosto. Portugal no seu PIOR!

Anónimo disse...

è MESMO poRTUGAL NO SEU PIOR... MAS NO ENTANTO QUAL A AOBRA Á BEIRA DA ESTRADA QUE NÃO TEM UNS BONS FERRINHOS ESPETADOS NO CHÃO COLOCADOS NA VERTICAL COM UMAS FITINHAS VERMENLHA E BRANCA?

Anónimo disse...

Algore sou eu e tu...
Algore sou eu e tu...
Algore sou eu e tu...
Algore sou eu e tu...

Anónimo disse...

Acontece a quem tenta por-se em picos dos pés...

Ana disse...

A arte é por vezes incompreendida pelo que não vou por aí, mas vou isso sim pela questão da segurança, sempre ouço os motards a contestar as divisórias das auto estradas que comparado com o que vejo nesta rotunda não são nada.
Assim urge que um expert na matéria (eu não o sou)analise a situação e proponha medidas a quem de direito,há que prevenir hoje e sempre tudo o que possa acontecer, independetemente da responsabilidade ou não de um possivel sinistrado, sim não se venha mais tarde dizer que não havia nada a fazer porque o possivel sinistrado não estava em condições de dirigir.
Cumprimentos

Anónimo disse...

Nesta margem sul ao negócio do Betão é preciso juntar o negócio da Ferrugem.
Perfeita associação capitalismo-proletariado.