terça-feira, setembro 09, 2008

INCONGRUÊNCIAS (2)


O título do post aqui trazido ontem, não podia ser mais revelador pois a sequência de comentários é denunciadora dos argumentos que a nível local contrastam radicalmente com a posição do PCP central.

Neste caso o elemento contraditório é a segurança dos cidadãos . Enquanto o PCP sublinha o clima de insegurança e a necessidade de mais policiamento, a CDU Seixal recusa liminarmente a criação de uma Policia Municipal num concelho onde a criminalidade violenta tem crescido e criado um clima de prepotência e insegurança generalizada.

A proposta de criação de uma Policia Municipal no Seixal foi apresentada há já alguns meses pelas estruturas da JSD local , confrontando a autarquia com os custos que seriam inferiores , por exemplo , à verba atribuída ao inútil orgão de propaganda local denominado Boletim Municipal , cujo orçamento mensal é de cerca de € 50 000 .

O argumento aqui trazido ontem é de que uma Policia Municipal é perfeitamente inútil, posição que contrasta com outras autarquias da AM de Lisboa. Sintra por exemplo , considera que
:

"Através da criação de um corpo de Polícia Municipal em Sintra, ficou a Câmara com uma disponibilidade para uma resposta mais rápida e eficaz, a diversos níveis, designadamente no que à prevenção diz respeito.

Sendo que entre as muitas competências confiadas à Polícia Municipal de Sintra se encontram, diversos domínios, desde o urbanismo, à construção, à defesa e protecção dos recursos cinegéticos, do património cultural, da natureza e do ambiente, à fiscalização do estacionamento, à vigilância dos espaços públicos designadamente nas áreas circundantes de escolas e edifícios públicos, ressalta claro o quão importante poderá ser para a segurança e bem estar dos munícipes de Sintra, a criação da Polícia Municipal."

Até , porque decorre da lei das Policias Municipais ( Lei n.º 140/99 de 28 de Agosto , desqualificada pela autarquia do Seixal) que define que entre outras competências :

« À Polícia Municipal compete:

  1. Vigilância nos transportes urbanos locais, nos espaços públicos ou abertos ao público, designadamente nas áreas circundantes de escolas, e guarda de edifícios e equipamentos públicos municipais;
  2. Detenção e entrega imediata, a autoridade judiciária ou a entidade policial, de suspeitos de crime punível com pena de prisão, em caso de flagrante delito, nos termos da lei processual penal;
  3. Denúncia dos crimes de que tiverem conhecimento no exercício das suas funções, e por causa delas, e prática dos actos cautelares necessários e urgentes para assegurar os meios de prova, nos termos da lei processual penal, até à chegada do órgão de policia criminal competente;
  4. Execução de acções de polícia ambiental
  5. Fiscalização do cumprimento dos regulamentos municipais, e da aplicação das normas legais, designadamente nos domínios do urbanismo, da construção, da defesa e protecção dos recursos cinegéticos, do património cultural, da natureza e do ambiente;
  6. Exercício de acções de sensibilização e divulgação de matérias de relevante interesse social, designadamente de prevenção rodoviária e ambiental;
  7. Participação no serviço municipal de protecção civil. »
Desde a promulgação da lei , inúmeros foram os municípios que por deliberação das respectivas Assembleias Municipais criaram corpos de Policia Municipal devidamente formados para o efeito.

Continua a ser um mistério a aversão que no Seixal existe quanto à constituição de um corpo de Policia Municipal , uma questão que não se prenderá certamente a uma questão de custos ...

Algumas Autarquias Portuguesas que põem a segurança dos seus cidadãos à frente da propaganda : Santo Tirso ; Cascais ; V.N de Gaia ;Amadora ; Matosinhos ; Gondomar ; Lisboa ; Sintra ; Vieira do Minho ; Coimbra ; Guimarães ; Porto ou Famalicão (clique) por exemplo !

33 comentários:

Anónimo disse...

É uma triste realidade a que se vive neste concelho, criminalidade, insegurança, violência . Este artigo só demonstra as ideias miseráveis desta Câmara Municipal que só demonstra que a CDU tem empurrado o Seixal para o Terceiro Mundo

ex-militante disse...

Só as renda pagas e a pagar ao Grupo A.Silva e Silva pelo Parque Técnico da Cucena e pelos Futuros Paços do Concelho, perfeitamente desnecessários, davam para isso e muito mais.

Anónimo disse...

Vejam o que descobri neste blog
http://forumbenfica.blogspot.com/

Em 5 meses (15 de Março a 21 de Agosto) Hulk jogou por 3 clubes e esteve inscrito em 4 clubes!!



A 15 de Março Hulk jogou pelo Kawasaki Fontale

A partir de 6 de Abril, Hulk passou a jogar pelo Tokyo Verdy

A 25 de Julho, Hulk foi contratado pelo Porto ao Club Atlético Rentistas

A 24 de Agosto, Hulk jogou pelo Porto no jogo contra o Belenenses.




Tendo em conta que o caso "Mateus", o caso "Meyong", e o mais recente caso "Edimar" do Sporting de Braga, então neste caso Hulk poderá estar a infringir as normas.


É preciso lembrar que Hulk já jogou por 2 jogos oficiais na Super Liga, o que poderá representar 6 pontos de penalização pelo facto de jogar em 2 jogos de forma irregular, além de o Porto perder os pontos alcançados contra Belenenses e Benfica. Neste caso, será que o Porto irá perder 10 pontos na Super Liga?

Por exemplo a FPF aceitou a inscrição do Meyong tal como permitiu a inscrição do Hulk. O problema é que a FPF defendeu que o clube tinha a responsabilidade de analisar se Meyong poderia jogar ou não.

Neste caso Hulk jogou, e todos os indícios levam a considerar que existem irregularidades ao nível dos clubes inscritos. Mesmo no caso dos clubes representados, a opinião da FPF no Caso Edimar, a aplicar-se ao Caso Hulk, poderá também representar uma irregularidade.

Se no Caso "Leandro Lima", a responsabilidade da falsificação do passaporte foi dada ao jogador, neste caso a haver irregularidade esta é, sem margem para dúvidas, da responsabilidade do clube.

Será "Hulk" um novo caso "Meyong"?

Anónimo disse...

Não seria uma forma de ajudar a resolver este problema colocar nas ruas as forças militares como por exemplo em França?

Anónimo disse...

Este ponto é um ponto... Não respondeu porque não tinha resposta às pertinentes questões levantadas pelo João Afonso no post anterior, e vem agora dar o exemplo de Sintra como um caso de sucesso de uma policia municipal, mas ponto verde a questão é Sintra é um local mais seguro que o Seixal? Só assim se poderá comprovar da necessidade de uma policia municipal!

Anónimo disse...

Alguém me explica porque razão o PSD afirma que a equipe autárquica do Seixal é incompetente por um pseudo atraso de 2 minutos, quando até ao presente nas candidaturas aprovadas ao QREN o Seixal está a dar um "baile" às câmaras da Area Metropolitana de Lisboa geridas pelo PSD, como se demonstra pelo seguinte mapa:
Verbas QREN /// Investimento total

1-Almada (CDU) 5.210.000,00 /// 11.685.000,00

2-Seixal (CDU) 3.727.000,00 /// 10.115.000,00

3-Vila Franca Xira (PS) 3.625.000,00 /// 10.358.000,00

4-Sesimbra (CDU) 3.302.000,00 /// 6.604.000,00

5-Setúbal (CDU) 2.535.000,00 /// 8.499.000,00

6-Moita (CDU) 1.831.000,00 /// 3.661.000,00

7-Amadora (PS) 1.440.000,00 /// 2.880.000,00

8-Cascais (PSD) 531.000,00 /// 1.311.000,00

9-Lisboa (PS) 262.000,00 /// 749.000,00

10-Sintra (PSD) 233.000,00 /// 668.000,00

11-Barreiro (CDU) 204.000,00 /// 583.000,00

12-Loures (PS) 203.000,00 /// 580.000,00

13-Montijo (PS) 184.000,00 /// 526.000,00

14-Mafra (PSD) 120.000,00 /// 343.000,00

15-Oeiras (independente…) 90.000,00 /// 180.000,00

16-Palmela (CDU) 82.000,00 /// 234.000,00

17-Alcochete (CDU) 21.000,00 /// 43.000,00

18-Odivelas (PS) 0,00 /// 0,00

Ou seja até ao presente a CDU já conseguiu para o Seixal 7 X mais fundos comunitários que Cascais(PSD), 15 X mais que Sintra (PSD) e 30 X mais que Mafra (PSD)...

Assim se vê que a CDU não recebe lições de competência do PSD, isto porque quem não tem competência para sequer apresentar candidaturas, não pode querer dar lições de competência!!!

Uma vez que até ao presente ninguém respondeu, reproduzo o comentário...

jsd seixal disse...

Caro Anónimo enviado pelo PCP,


Já pensaram que as câmaras governadas por autarcas do PSD não têm tantos apoios porque não têm tantas necessidades como as da Margem Sul?

Ao longo de 35 anos nem um passeio ribeirinho terminaram. Ao longo de 35 anos nem os ESGOTOS conseguiram tratar. Ao longo de 35 anos não fizeram nada de nada em termos de acessos (Alternativa EN10). Ao longo de 35 anos não conseguiram rentabilizar Minimamente a nossa baía. Ao longo de 35 anos temos uma baía suja e poluída. Ao longo de 35 anos não foram capazes de criar uma cidade com avenidas e um centro onde as pessoas se encontram, foi tudo feito em cima do joelho, urbanizações atrás de urbanizações totalmente isoladas umas das outras.

Ao longo de 35 anos perdemos competitividade, e ao longo dos últimos 3 anos a JSD tem mostrado problemas e alternativas à população do nosso concelho.

Julio Fogaça disse...

De um comentário anterior:

«porque razão o PSD afirma que a equipe autárquica do Seixal é incompetente por um pseudo atraso de 2 minutos»

Não se tratou de um «pseudo atraso» tratou-se mesmo de uma estrondosa incompetência. Não tarda vão dizer que o relógio dos outros é que estava adiantado.

Vereador Joaquim, continuamos à espera da sua demissão!

Anónimo disse...

Caros laranjinhas o vosso argumento cai por terra, porquanto:
A editora “Imprensa da Universidade de Coimbra” publicou, em Maio de 2008, com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, do Ministério da Ciência Tecnologia e Ensino Superior, um estudo realizado por Helena Nogueira, Professora de Geografia da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, intitulado “Os Lugares e a Saúde”. Foram preocupações no âmago dessa investigação “conhecer as determinantes da saúde e as qualidades dos espaços urbanos saudáveis”. Foi objecto do estudo a Área Metropolitana de Lisboa. Nas suas conclusões o Seixal surge como o Concelho de menor risco para a saúde na AML, integrando um território cujas características o permitem considerar como “espaço urbano saudável”.

Ou seja, segunda a autora, espaços urbanos consolidados revelando a sua capacidade de fixar e atrair população, cuja organização social, os serviços, equipamentos, e infra-estruturas e a proximidade a outros espaços, capazes de produzir e distribuir outros recursos, lhes conferem características de coesão territorial e social, com impactos positivos na saúde das populações aí residentes."
Ou seja um estudo independente demonstra que o Seixal é o melhor local para se viver na Área Metropolitana de Lisboa, o que comprova o trabalho de excelência efectuado pelos autarcas do PCP, e que os autarcas do PSD ainda tem muito a apreender para chegarem aos "calcanhares" dos comunistas

Bento Gonçalves disse...

De um comentário anterior:

«a questão é Sintra é um local mais seguro que o Seixal? Só assim se poderá comprovar da necessidade de uma policia municipal!»

E onde é que se comprova a necessidade de um Boletim Municipal que custa 50 mil euros mês ?

E onde se comprova a necessidade das rendas milionárias pagas aos capitalistas A.Silva & Silva que são quem de facto manda na Câmara do Seixal ?

E não têm vergonha da miséria de verbas que a Câmara atribuíu às escolas do concelho ?

E os alertas do PCP sobre o aumento da criminalidade ? São só para fora da Margem Sul ? AMargem Sul é um paraíso ? É o novo slogan?

Tenham dó que o Povo não é estúpido!

Barreirinhas C. disse...

De um comentário anterior, a anedota do ano :

«Ou seja um estudo independente demonstra que o Seixal é o melhor local para se viver na Área Metropolitana de Lisboa, o que comprova o trabalho de excelência efectuado pelos autarcas do PCP»

e mais esta :

« Espaços urbanos consolidados revelando a sua capacidade de fixar e atrair população, cuja organização social, os serviços, equipamentos, e infra-estruturas e a proximidade a outros espaços, capazes de produzir e distribuir outros recursos, lhes conferem características de coesão territorial e social, com impactos positivos na saúde das populações aí residentes »

Quem aqui vive é esta a imagem que tem do concelho ?

A Visão do Paraíso parece ser o mote da nova campanha da CDU. A CDU é tão boa tão boa que até desperdiça verbas de seis milhões de euros por pura incompetência.

Filipe de Arede Nunes disse...

O assunto da Polícia Municipal é de importância fundamental.

Quando a JSD Seixal apresentou a proposta estava, naturalmente, ciente das competências de uma força policial como esta e da realidade do concelho do Seixal, onde a criminalidade tem vindo a aumentar ao longo dos últimos anos de uma forma visível e reconhecida pelo principais responsáveis da PSD no concelho.

Apresentámos uma comparação baseada nas verbas que o município gasta com o Boletim Municipal e das verbas que outros municípios de dimensão idêntica ao Seixal gastam com as suas Polícias Municipais.

Na realidade, a não criação de uma Polícia Municipal no Seixal é uma opção politica que o PCP local faz.

No entanto, na JSD Seixal reconhecemos legitimidade ao PCP local para fazer essa opção. Afinal de contas, nas eleições as listas mais votadas foram as deste partido.

É importante, apesar de tudo, salientar que nos agrada a necessidade que o PCP tem de lançar os seus contra-informadores para tentar desacreditar as nossas ideias. É uma velha táctica comunista, usada amiudadamente, e que não nos intimida nem nos demove.

Estamos convictos do valor da proposta que apresentámos, e estou certo que o PSD Seixal se encontra disponível para a fazer incluir no programa a apresentar nas próximas eleições autárquicas.

Agradeço ao Ponto Verde por dar publicidade a esta proposta e por a colocar à discussão de todos os interessados. É precisamente com a discussão de ideias que se faz a democracia.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

ex-militante disse...

A Câmara do Seixal não considera importante a segurança dos seus municipes ao ponto de criar uma policia municipal , mas :

- Gasta mensalmente no Boletim Municipal mais de 50 MIL EUROS mensais( A Policia Municipal de Matosinhos custa 35 MIL).

- Novos Paços do Concelho -Câmara Municipal do Seixal (PCP) aprovou no passado dia 18 de Dezembro o contrato de arrendamento do futuro edifício dos paços do concelho que albergará boa parte dos serviços técnicos e administrativos da autarquia a partir do final do primeiro trimestre de 2009. Em causa estão 24 milhões de euros (ou 100 mil euros por mês) a pagar pela edilidade a partir de 2009. Um contrato por 20 anos e cinco mandatos autárquicos.

- Oficinas da Cucena - No quadro de um contrato celebrado com a Câmara Municipal, na sequência de uma consulta publica" a autarquia optou por uma solução de arrendamento do espaço, prevista no contrato no valor de 130 000 euros mensais, sendo que a opção de aquisição pode ser concretizada no final de cada semestre.

Ou seja , só ao Grupo A.Silva & Silva os contribuintes vão pagar mensalmente rendas no valor de 130 000 + 100 000 Euros mensais !

Se calhar podiamos pedir ao Grupo A.Silva & Silva, os donos da Câmara do Seixal , para criarem uma Policia Municipal !!!

Anónimo disse...

Como se vê o João Afonso não tem argumentos sérios para as questões aqui trazidas. Meteu a viola no saco e foi cantar para outra freguesia !
É assim João Afonso , contra factos não há argumentos e os da CDU são pura fantasia.

Anónimo disse...

novo Post JSD Almada

www.jsdalmada.blogs.sapo.pt

JSD Almada

maria paiva de sousa disse...

Eu sentir-me-ia mais segura na rua , setiria as nossas escolas mais seguras, andaria mais segura nesta enorme cidade da Amora se houvesse uma policia municipal que também actuasse sobre a falta de civismo de muitos cidadãos que despejam por exemplo entulhos por onde calha e sobretudo em zonas verdes. Gostaria também de uma policia municipal que protegesse as nossas propriedades contras os grafites e a vandalisação dos sinais de trânsito.
Parabéns por este blogue e obrigada por me deixar dar a minha opinião. Sim a uma policia municipal.

Anónimo disse...

Sobre o estudo da Professora da Universidade de Coimbra, note-se que como disse Joaquim Judas :

- Não foi claramente objectivo da autora classificar os diversos municípios, quer no que respeita aos resultados em saúde, quer no que se refere à justeza das políticas prosseguidas localmente.

Pelo que qualquer tentativa de a partir daqui extrapolar para uma ideia de que há um estudo de uma Catedrática de Geografia de Coimbra que demonstra que o Seixal é o melhor local para se viver na Área Metropolitana de Lisboa, o que comprova o trabalho de excelência efectuado pelos autarcas do PCP é pura especulação e aproveitamento politico.

seixalense disse...

Se tantas Câmaras optaram pela criação de uma policia municipal assim que a lei o permitiu, como está exemplificado no post, porque se recusa a Câmara do Seixal a discutir sequer essa questão ?

Mais que os cidadãos terem de demonstrar a vantagem da criação de uma policia municipal, é a autarquia que tem de demonstras que é supérfula a sua criação.

Muitos dos exemplos dados de autarquias que criaram policias municipais até têm problemas bem menores de ordem pública do que o Seixal que teve um grande aumento demográfico (enquanto que nalguns dos exemplos houve até uma redução) e há também problemas com o acompanhamento e integração de milhares de imigrantes.

Daniel Geraldes disse...

Sinceramente, nem sei como é que o Seixal não vem representado no Alice, País das Maravilhas. Isto é tão maravilhoso, e os autarcas tão competentes que ainda não sei como é que não inspirou um conto de fadas.

Davide Ferreira disse...

A Câmara Municipal do Seixal mais uma vez mete a cabeça na areia e finge que não vê o que esta a vista de todos.

A policia municipal seria sem dúvida uma mais valia nos tempos que correm.

A JSD apresentou esta proposta com base em estudos, sabemos quais os montantes a dispender e sabemos ainda que teria a aprovação da PSP local.

Só não sabemos mesmo é o porquê da teimosia da PCP em não querer discutir a proposta...

Nuno Gonçalo Poças disse...

Boa tarde a todos.

Estive a reler todos os comentários e anteriores e, francamente, isto já enjoa... As falácias são enormes, a teimosia é gritante.

Julgo que os meus companheiros já aqui fizeram o mesmo que a JSD Seixal tem feito ao longo dos últimos meses: provar que a criação da Polícia Municipal poderia trazer mais condições de segurança aos cidadãos. Por outro lado, há gente que insiste no contrário, mas não sabe explicar porquê.

Por isso pergunto:

Imaginando que a Polícia Municipal não traz vantagens aos cidadãos, alguém vê alguma desvantagem em que o Seixal tenha a sua?

Se sim, que desvantagens pode ter um cidadão por viver num concelho que possui Polícia Municipal?

Se alguém tiver a amabilidade de me responder...

Pedro Pólvora disse...

Caro Nuno,

Como é óbvio não terás resposta ao teu comentário, a razão é simples, a Câmara Municipal do Seixal ignora todas as propostas que a oposição lhes faz chegar, sendo ou não viáveis…

Uma teimosia incongruente e representativa da incompetência técnico/político que o executivo tem vindo a demonstrar!

Ps. Só uma pequena questão, alguém sabe os gastos da Câmara com a Agenda Cultural?! Será que não superam os do Boletim Municipal?! Não critico a “promoção” da cultura no nosso concelho…

Anónimo disse...

Boa tarde a todos,

Acho que o nosso conselho nunca precisou tanto como está a precisar agora de uma força de ordem pública, são assaltos atrás de assaltos, vandalismo por todo o lado, os grafitis ? ha!!! já me esquecia que é arte urbana, vejam que até Fernão Ferro já tem CarJacking, meus senhores, policiamento nunca é demais e muito menos um mau investimento num conselho tão necessitado ao nível da segurança da população como o nosso! A JSD Seixal, preocupada com o nosso conselho e o bem estar da população, propôs a Policia Municipal, o PCP, despreocupadamente, faz aquilo que tão bem sabe fazer, recusa-se a discutir a proposta.

Em relação à perda do financiamento, só me ocorre duas palavras ... PURA INCOMPETÊNCIA, não deixando qualquer margem para desculpas. Será que ninguém se lembrou que todas as candidaturas têm PRAZO? ou será que está câmara anda a nadar em dinheiro e a população não sabe? ou simplesmente partiram do típico pensamento “ainda temos amanha para entregar a candidatura”. São só uns milhões, que tanta faltam fazem a este conselho, e depois vêm com a "aritmética" de que a câmara do seixal está a dar um “baile” ás câmaras da área Metropolitana de Lisboa ao nível de financiamento do QREN. Deviam ter vergonha de utilizarem um argumento destes depois de terem perdido a possibilidade de uma candidatura a financiamento para o nosso conselho.

Ponto Verde disse...

A opinião de um cidadão:

Algo que me revoltou enquanto cidadão, foi assistir, no Seixal a algumas sessões de câmara e ver a forma desrespeitadora , deselegante e de uma má-criação atroz como os eleitos da "maioria" tratavam os vereadores da oposição.

De forma idêntica vi serem tratados alguns cidadãos que humildemente se disponibilizavam a expôr os seus assuntos.

No Seixal era e é assim , tudo o que não parte dos "Eleitos" é objecto de escárnio , de risada , de desprezo ,mesmo se tecnicamente e academicamente se observa maiores competências por parte dos outros "eleitos" ...

Isso traduz o muito do país que somos e das mentalidades que nos governam... e que não nos fazem avançar. Num país pequeno em recursos e até em população, não se podem descurar propostas, ideias e acções que só podem ser positivas para todos nós, não sei o que querem provar, só sei que :

"Fracos líderes fazem fraca a forte gente " e que o futuro se constói em conjunto, as ideias, as vontades e as acções numa comunidade não têm côr se o que interessa fôr o desenvolvimento e o bem estar, mas claro está que isso não é para os "Eleitos" o mais importante.

Como autor do blogue agradeço a forma como têm conduzido sériamente a discussão que espero siga depois desta breve nota , aos outros, aos que só pensam no tacho, lamento , porque me prejudica , a pobreza de espirito , sobretudo pelas decisões que tomam e pelas ideias que para mal de todos não ouvem.

Anónimo disse...

Descobri este blogue por acaso e vou recomendá-lo nunca vi tanta asneira junta e tanta clubite fracassada.

Já percebi que isto é bem frequentado, por meninos de bem que não conhecem a realidade, os tai jotinhas que o outro fala.

Para estes jotinhas os problemas que enfrentamos prendem-se com a gestão autárquica. Pois bem, devem estar todos bem na vida eu que trabalho para comer não penso assim. Sei que PS e PSD têm levado o país à bancarrota e também sei que estes partidos são associações com fins lucrativos, se calhar para os jotinhas.

A Câmara do Seixal não é perfeita mas tem feito muito pelo povo do seixal, muitas vezes em áreas que são da competência do poder central, como é o caso da segurança e aqui o PSD fez o contrário, ainda que tenha tirado agora o cú de fora. Não foi o PSD e o PS que forjaram um acordo em termos de justiça que é uma beleza.

Anónimo disse...

« Isso traduz o muito do país que somos e das mentalidades que nos governam... e que não nos fazem avançar. Num país pequeno em recursos e até em população, não se podem descurar propostas, ideias e acções que só podem ser positivas para todos nós, não sei o que querem provar»

Esta pequena frase do PontoVerde aplica-se que nem uma luva ao anterior comentário. É fantástica esta nova tentativa de colagem do blogue A-Sul à JSD , eles têm é que pôr um rótulo, identificar o "inimigo" quem não tem ideias (como poderia?) é assim.

Anónimo disse...

Porque motivo o Record fala em "inscrição" quando o regulamento da FIFA fala em "registo"?
- De que Federação recebeu a FPF o Certificado Internacional?
- A Federação Japonesa poderia emitir o Certificado Internacional mesmo tendo o Hulk sido vendido ao Rentistas após a sua passagem pelo Japão?
- Porque motivo é que a FPF aceitou a inscrição do Hulk e rejeitou a do Edimar, já que o mesmo Record indica que foi pelo facto de o Edimar ter representado 2 clubes em 2008 que a FPF não aceitou a inscrição do jogador do Braga?
- Porque motivo o parecer da FIFA ainda não chegou no caso do Edimar, após 1 mês, e de repente aparece uma noticia indicando que a Uefa emitiu um parecer para o Hulk numa questão de dias?
- Porque motivo é que o Record há alguns dias pedia a descida de divisão do Benfica no caso do adepto da Luz, quando na verdade o Benfica apenas foi punido com multas no valor de 8.500€, e hoje o mesmo Record foi o 1º órgão de comunicação a tentar ilibar o Porto no Caso "Hulk"?

Ponto Verde disse...

Queira o anónimo (18.13) que diligentemente deixou como comentário "nunca vi tanta asneira junta " definir e identificar "asneira" , mostrando qual dos pontos se enquadra a sua análise:

a) Na proposta feita pela JSD e recusada pela CDU?

b) Na recusa da CDU?

c) Na transcrição da lei ?

d) Na Lei?

e) Na declaração da autarquia de Sintra?

f) No rol de autarquias mencionadas que criaram policias municipais nos últimos oito anos ?

Disparate garantido é a sua forma de tentar denegrir a opinião alheia, num país livre e democrático, a sua tentativa de colar este blogue seja a quem fôr, ou a sua forma de tentar vexar alguém que desde os dezoito anos paga os seus impostos, a sua saúde, a sua educação (e a dos seus) sem nunca ter recebido subsidio algum do Estado para o efeito, bem como a casa onde habita.

Também é desde essa altura contribuinte liquido para que a sociedade tenha direito à saúde,à habitação, subsidios vários, pensões de reforma a senhores presidentes de câmara ... e no minimo tem o direito e o dever de denunciar a má gestão do bem publico que é o que tento aqui fazer, diáriamente vai para quatro anos! E com a sua licença, apesar dos seus engulhos e dos seus pares aqui continuarei a fazer.

Filipe de Arede Nunes disse...

Há frases de lapidar.

A ler de novo:

"Já percebi que isto é bem frequentado, por meninos de bem que não conhecem a realidade, os tai jotinhas que o outro fala."

"Para estes jotinhas os problemas que enfrentamos prendem-se com a gestão autárquica. Pois bem, devem estar todos bem na vida eu que trabalho para comer não penso assim."

"A Câmara do Seixal não é perfeita mas tem feito muito pelo povo do seixal, muitas vezes em áreas que são da competência do poder central, como é o caso da segurança e aqui o PSD fez o contrário, ainda que tenha tirado agora o cú de fora."

Eu sou militante da JSD Seixal - com muito orgulho - e conheço bem o concelho onde vivo desde que nasci em 1982.

Naturalmente que os problemas que enfrentamos no Seixal decorrentes de competências municipais, ou de áreas onde o município poderia ter uma palavra a dizer, são da responsabilidade do poder político local e dos seus dirigentes, que têm, desde que existe poder democrático no Seixal, sido eleitos nas listas do PCP.

Também trabalho para comer. 10 horas por dia e muitas vezes em dois empregos! Aliás, tal como a totalidade dos militantes da JSD Seixal que não é estudante... E nós não pensamos assim. É que essa de acharem os comunistas que são os únicos representantes dos trabalhadores já deu o que tinha a dar.

A Câmara Municipal do Seixal, como todas as Câmaras, não é obviamente perfeita. O problema, é que, no meu entender, nem sequer se aproxima do suficiente. Os erros cometidos ao longo dos últimos mais de 30 anos, que delapidaram o património do concelho, o mantiveram afastado dos padrões da qualidade de vida que se exigem no século XXI - a título meramente exemplificativo a questão do tratamento das águas residuais - são ilustrativos do mau trabalho que têm sido feito.

O PSD não é responsável pelos actuais níveis de insegurança no concelho do Seixal. Disto ninguém tenha dúvida.

A questão que se coloca aqui, e aquela a que infelizmente muitos proto-comentadores, reside numa proposta que a JSD Seixal fez e que teve a resposta por parte do poder PCP que todos podem ler.

Aqui deveríamos discutir a pertinência da existência ou não de uma Polícia Municipal no concelho do Seixal.

Mais uma vez digo: é economicamente possível, sendo que apenas seria necessário prescindir do órgão de propaganda (será que é isso que chateia tanto os comunistas?); é necessária e bem-vinda - pelo menos de acordo com o Intendente da PSP no Seixal; funcionaria como uma polícia administrativa, apesar de ter competências - como foi aqui demonstrado - para ser um meio útil no combate e na prevenção ao crime, em particular aquele que acontece com mais frequência actualmente.

Hoje discute-se a Polícia Municipal. Se amanhã se discutir qualquer outra ideia, se se fizer qualquer crítica, a posição dos controleiros do PCP na blogosfera e dos eleitos do PCP nos órgãos autárquicos será sempre a mesma: tentativa de descredibilização das propostas e dos seus promotores; contra-informação; fugir ao assunto; assobiar para o lado.

É esta a realidade que temos, ainda, no concelho do Seixal, mas felizmente há cada vez mais pessoas despertas para o que se passa.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Anónimo disse...

No Jornal Noticias do Seixal desta semana, Alfredo Monteiro aparece a desvalorizar e branquear a situação. Do vereador responsável, que o PCP não quer queimar, nem vê-lo...

Anónimo disse...

A Câmara do seixal através dos lacais de serviço e do seu presidente passam a visda a vociferar que recebem pouco dinheiro e a fazer manifestações, agora vêm aqui no blog a propósito da perda de 6 milhoes de euros de fundos por incompetencias dizer que o seixal tem sido o concelho que mais fundos tem recebido. Ainda bem que o dizem e agora é caso para eu perguntar o que é que fizeram ao dinheiro, porque a qualidade de vida das populações tem vindo a descer, o concelho não teve qualquer melhoramento as poucas obras que a camara começou não as acabou e o que foi feito foi com dinheiro de empresários como comtrapartidas. O que é que fizeram a tanto dinheiro?

Márcio Carreira Nobre disse...

Caros,

Enquanto me perdia pela internet pela leitura de alguns blogues de referência, deparei-me com este post e os respectivos comentários.

Resolvi então deixar o meu contributo de pessoa longe das cores e desavenças políticas que vos afastam:

1. Desde logo é triste observar a cobardia dos que comentam sob o animato, do que se escondem? Do que fogem? Não vivemos num país livre e democrático? Não vivemos num concelho livre e democrático? Mais curioso ainda é que o animato seja característico dos comentários que defendem as cores comunistas... Não sei se será necessariamente uma questão de cor política ou de carácter, mas enfim...

2. Respondendo ao comentário do rapazinho anónimo que afirma que o Seixal está a "dar um baile" a outras autarquias no que concerne à obtenção de fundos comunitários. Meu caro, não se analisam estudos de forma abstracta e desligada da realidade, ou as tua conclusões não serão mais do que verdades de "la palissianas". A razão porque o Seixal tem conseguido mais fundos comunitários é porque é uma estrutura mais carente e necessitada de investimento do que Lisboa, logo consegue passar à frente desta última em todos os concursos a fundos... Vês, não é complicado!

3. Por último, um comentário ao post em si. É de facto incompreensível a ordem de prioridades desta autarquia onde resido. Prefere zelar pela informação ao munícipe do trabalho inútil, e incompetente pelo que se tem verificado, que realiza ao invés de olhar pela sua segurança. O que vai acontecer é que qualquer dia acontece o pior aos 2 leitores do Boletim Municipal, num assalto qualquer em que sejam vítimas, e aí eu quero ver que utilidade damos àquele pedaço de papel inútil de informação viciada. Mais uma vez, o que me parece, é que a cegueira inerente a certas cores políticas chegou aos mais altos cargos do nosso munícipio, e as propostas feitas pelos outros participantes políticos só são válidas na medida em que sejam feitas pelo partido da "casa", isto sem antes passarem por aprovação do comité central ou outro órgão "caseiro".

Enfim, em jeito de conclusão, percebo agora o animato dos "vermelhos" que comentam, pois quando a democracia ainda não chegou sequer ao partido de que são militantes, como podem acreditar num país livre!

Cumprimentos.
MCN

Anónimo disse...

mas este tipo não é do PSD?