terça-feira, outubro 16, 2007

ALMADA - OLIMPICO DISPARATE



A actual vereação da Câmara de Almada parece ter esquecido que tem uma cidade real para gerir para se voltar integralmente para a promoção de uma cidade virtual denominada "Cidade da Água" e que de momento não passa de um esquiço no gabinete de um "arquitecto famoso e estrangeiro".

A senhora presidente de Câmara vai mesmo ao ponto de propôr uns Jogos Olimpicos para "trazer investidores para o maior projecto de planeamento do concelho" ... há neste propósito e na sua justificação um profundo enviezamento quer da sua função enquanto autarca , quer da distância que vai da sua propaganda à realidade.

Um mentira dita muitas vezes, para alguns transforma-se numa verdade, apesar de na realidade não passar disso mesmo, de uma mentira, a senhora começa a ter declarações , digo mesmo alucinatórias, a menos que ande embrenhada numa Almada virtual que só ela conhece, citando noticia publicada no jornal "Global":

"A presidente disse que receber este evento seria benéfico para Almada e acredita ter «capacidade e infraestruturas suficientes».Um projecto desta dimensão em Portugal «transbordaria a Área Metropolitana de Lisboa» e poderia levar à realização de parte dos JO na cidade de Almada. A presidente de Câmara vê nessa viabilidade uma forma de angariar novos investidores para o empreendimento" .

O que acabamos por deduzir é que o projecto terá tido, no pacote já apresentado, pouco sucesso junto a esses mesmos investidores, para agora se atrever a dizer este disparate em mais uma manobra de mera e pura propaganda.


Depois, não se percebe que uma Cãmara que diz ter «capacidade e infraestruturas suficientes» para receber uns Jogos Olimpicos, não ter conseguido sequer , com o Metro Sul do Tejo, fazer um projecto de Metro ligeiro com troços em túnel nas zonas do miolo das cidades, e muito menos se compreende que um metro, construído no presente atravesse vias de grande circulação como acontece na Cova da Piedade na avenida de ligação A2-Centro Sul-Almada...

5 comentários:

Anónimo disse...

estamos a atingir o cumulo do ridículo.

Anónimo disse...

Realmente quando li a noticia só me deu vontade de rir!!!
Ia no barco a caminho de Lisboa. O mais engraçado sem graça nenhuma é estar num autocarro 30min só para subir a avenida. Primeiro deviam preocupar-se com aquilo que tem e depois sim, avançar com projectos mas reais e úteis.

Maurício

Luis Eme disse...

Esta gente que "manda" na Autarquia está completamente louca!

Anónimo disse...

O seu post merece um valente e sonoro BAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!...(BOCEJO)

Zeca disse...

É assim numa cidade em que o que é obra para mudar a vida dos cidadãos tem que se estar à espera do dinheiro do Governo (Margueira, Almada-Nascente, Pólis, MST,...). Os impostos e taxas dos mais caros do país, esses servem para ficar no banco e para pagar as mordomias dos militantes de cartão vermelho.