sexta-feira, junho 17, 2005

INCOMPETÊNCIA NAS AUTARQUIAS


Plano Integrado de Almada - Um erro colossal em termos de ordenamento e planeamento, um guetto gigantesco gerador e exportador de delinquência. -At Portugal local politiciens are not technical prepared for environmental and social questions, emigration politics are bringing new problems, new guettos are borning-

Francisco Ferreira da Comissão de Coordenacao Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCR-LVT) em declarações a proposito da II Conferência Internacional de Lisbosa Cidade Competitiva, defendeu que 'as juntas metropolitanas deveriam ser substituidas por um executivo de tecnicos, das àreas do urbanismo e ambiente' , considerando que o actual modelo composto por autarcas, não funciona e nunca funcionará .

Não se poderia ter passado maior atestado de incompetência aos autarcas da região por si coordenada, o cidadao comum só não percebe porquê só agora chegar a uma conclusão dessas. Entretanto quantos milhoes de euros foram desperdiçados, quantos projectos que deviam ter morrido á nascença se construiram (muitos deles á revelia das populações) e quais as consequências sociais ambientais e humanas teve o facto dos autarcas não saberem trabalhar em termos regionais para além da meia duzia de freguesias que tutelam...e mal...

Hoje na área abrangida pela Junta Metropolitana de Lisboa os problemas agravam-se de dia para dia, sendo que continua a vingar , não uma estrategia de desenvolvimento comum em complementariedade, mas cada um por si, a ver quem saca mais ao Governo Central para depois mostrar rotundas e jardinzitos em vésperas de eleições.

Um exemplo, o Seixal dista em linha recta do Barreiro, escassas centenas de metros. O Barreiro tem um Hospital, o Seixal não, o Seixal exige a construção de um novo hospital! Mas , numa estratégia regional não seria mais facil, barato e imediato construir antes uma ponte a unir os dois concelhos encurtando para minutos o percurso que hoje leva trinta minutos a fazer (há uma ponte até anunciada em projecto) , usar depois ,os muitos milhões que se poupariam, para aumentar, modernizar e equipar com material e recursos humanos o Hospital já existente??? É que com esta solução o centro do Seixal ficaria a mesma distância do Hospital do Barreiro, que do terreno Rede Natura 2000 onde pretendem construir o hipotético Hospital do Seixal.

Este é um simples exemplo da dificuldade que na prática os municipios têm em trabalhar uns com os outros e em que quem sai prejudicado é o país dos poucos recursos que somos mas onde ainda alguns pretendem continuar a esbanjar o que é de todos.

E depois há a factura que toda a sociedade paga. Hoje estamos muito preocupados com o fanómeno do "arrastão", a reboque do qual tudo passa a ser permitido ou tolerado, mesmo manifestações de caracter xenofobo... mas na genese de tudo isto, está a marginalização a que sao votados os intervenientes neste processo. Eles no seu processo de aculturação, integração não têm saída para além de se juntarem aos "seus", e os "seus", estão segregados desde que uma errada politica de construção de Mega Bairros Sociais se iniciou para pôr cobro aos bairros de barracas... Ao isolar estas comunidades em projectos megalómanos e desumanos sob a chancela das Autarquias, das Juntas Metropolitanas e das Comissões de Coordenação Regionais (o Sr . Francisco Ferreira terá também a sua quota parte de responsabilidade tal como antigos secretários de Estado (Leonor Coutinho) ou ministros...

Deixou de haver um vizinho que ajude, uma rua que integre, um bairro que acolha, uma freguesia que apoie, (todos aqui estão no mesmo barco, em que sociedade se integrarão se formam um mundo à parte?) a dimensão do problema passou para o âmbito da autarquia que descartou para o Governo... que chama a policia! Que tudo resolve! ...Até quando?

Parece que só ainda Rui Rio no Porto viu isto e está a pôr cobro à situação, demolindo os grandes aglomerados, dissiminando. Os outros não aprendem um bocadinho, a crer em Francisco Ferreira, os autarcas "nao funcionam e nunca funcionarão". Dêem a vez aos técnicos! Posted by Hello

3 comentários:

Paulo Silva disse...

Saberá carissimo Ponto Verde, que o Plano Integral de Almada é da exclusiva competência do Governo e não das autarquias? Saberá V. Excª que os famosos Bairros Cor de Rosa e Pica Pu Amarelo foram construidos à revalia e contra a opinião das autarquias locais? Saberá V. Excª que na aprovação do PDM de Almada foi retirado à circunscrição da Câmara Municipal de Almada todo o terreno onde está construido o PIA? É fácil culpar-se as autarquias... Especialmente quando as criticas não são sérias e visam unicamente questões políticas!

Anónimo disse...

Já que mostra tanto conhecimento Sr.Paulo Silva, diga-nos lá como é que uma camara não controla o seu território ? Como é isto possível ?

Pedro Miguel Rocha disse...

Só queira fazer um pequeno comentário em relação ao PEV. Esse grupo de pseudoambientalistas, não fazem mais do que fazer uma figura triste. O PEV deveria ser um partido criativo e dinamico que procurasse estar presente na área ambiental, que trabalhasse, mas não...Limitam-se a ficar na sombra do PCP que lhes garante alguns lugares na Assembleia da Republica. Pobre PEV que temos, meto dó, mete nojo...