terça-feira, dezembro 29, 2009

2009 EM BALANÇO


2009 foi um ano mauzinho, todos o sabemos e sentimos ( bom, nem todos) .

Mas o mais preocupante é que se continuam a insistir nos mesmos erros, orientações e politicas que nos trouxeram até aqui , que nos arrastam cada vez mais para a cauda da Europa, em termos de país e região .

A esperada , desejada e necessária renovação, em democrática alternância ficou mais uma vez adiada , acentuando-se os cacíquismos e os compadrios locais e acentuou-se a falta de ética politica e falta de discussão e argumentação séria.

Continuou-se a construír habitação nova, em zonas verdes , em deterimento da recuperação , renovação e requalificação urbana , mas o que é mais grave , sem destinatário uma vez que o mercado atingiu graus de saturação elevados , associado a uma retracção no crédito e ao aumento do crédito mal parado.

Continuou-se também a delapidar território virgem a um ritmo galopante e a construír rotundas a um nível acelerado .

Continuou-se a anunciar betão e alcatrão como a fonte de todas as soluções, e mais grave , como orientação para o nosso Desenvolvimento.

Foi um ano de grandes alertas, contra a deflorestação, impermeabilização dos solos e sobretudo para a qualidade da água ao dispôr dos cidadãos.

E foi claro, um ano de propaganda constante, de manipulação permanente , de promessas galopantes que sabemos de antemão que serão cumpridaas como abandonadas foram aquelas feitas há quatro anos.

Enfim, (mais )um ano para esquecer...

8 comentários:

miguel disse...

caro ponto verde isso que fala é tudo verdade para o que está a acontecer na maior parte da AML, mas em LIsboa graças à competencia de alguns estamos a seguir o sentido inverso

Lisboa cada vez melhor, só faltava baixarem os preços das habitações.

No futuro e de acordo com urbanismo e ordenamento do território de raizes europeias os suburbios como nós os conhecemos tenderão a desaparecer.

Outra coisa sabe que no seixal já começou a construção de 30000 fogos na verdizela!!!! daqui a 5 anos já não têm pinhal.

Já que gostam tanto de betão era fazer-lhes uns sapatos dele e mandá-los ao rio. isto só lá vai à porrada. estão a destruir o nosso património

Anónimo disse...

Desenvolvido pela Associação PartilhOpinião (www.partilhopiniao.pt/index.html)


Vejam o

http://www.autarquias.org

Anónimo disse...

http://watch.usnowfilm.com/subtitled

Anónimo disse...

Chegados ao fim de ano vejam o balanço atribulado da Associação dos Amigos do Pinhal do General em:
http://www.viverpinhaldogeneral.blogspot.com/

Anónimo disse...

O que se passa na Associação dos Amigos do Pinhal do General é uma glória para o PCP.

nunocavaco disse...

Boa análise!

O governo ao manter o modelo de baixos salários e de emprego sem direitos coloca-nos na cauda da europa.

Por outro lado as promessas feitas pelo governo também não são cumpridas.

No que respeita à verdadeira alternância/alternativa democrática também concordamos. PS e PSD, com ou sem CDS, não conseguem dar a volta a isto. A sua cartilha neoliberal está esgota e necessita de ser substituída por uma verdadeira política de esquerda!

Moitense disse...

Pois é Cavaco, masa não é com a "esquerda" CDU que lá vamos . Veja o Pinhal do Forno. Uma zona verde , para onde se prometeu um Pareque de Diversões e agora um parque Logistico. As árvores é que incomodam.

Anónimo disse...

Para os amigos que estão tão preocupados com a Associação do Pinhal do General, lembro que o que se passa na ADUFF é ainda pior e não vejo nenhum destes kamaradas a vir aqui falar do assunto.
Um vira-casacas pseudo-empresário e pseudo-jornalista apoderou-se daquilo que pertence á comunidade de Fernão Ferro para as suas festas e reuniões privadas e ainda tem a água e luz pagos pela câmara do Seixal.
Tem isso pago e muito mais, ou não ande ele sempre a lamber os pés dos kamaradas.
Afinal isto é mesmo a república das bananas!!!!!