quarta-feira, dezembro 30, 2009

2009 EM BALANÇO (2)


Este foi o ano de funcionamento em pleno do Metro Sul do Tejo. Depois das promessas e da ilusão , vencidos anos de obras, instalou-se o descrédito e ficaram à mostra os erros do projecto.

A começar pelo traçado, escolhido pelo saloismo da prespectiva propagandistica de "mostrar" em vez do lado utilitário de servir.


Um traçado que foge do que são hoje as zonas onde as pessoas habitam e que é diferente do antigo eixo formado pela EN 10.

Um traçado que tornou ainda mais caótico o trânsito , quando devia ter servido para o tornar mais fluído e menos poluente (veja-se a entrada saída na Av.Bento Gonçaves que é cortada junto ao Centro-Sul) .

Um traçado que devia ser subterrâneo em algumas zonas, ou pelo menos devia ter sido desnivelado , e não atravessar vias principais ou passar demasiado perto da parede dos prédios , roubando inclusivamente espaço livre nas vias e passeios à superfície.

Um traçado que desertificou Almada e que foi a machadada final a um processo iniciado com a construção, fora da cidade, do Almada Forum .

Um projecto de muitos milhões de euros, feito com apoio de dinheiros comunitários que tem sido um DESASTRE em toda a linha graças ás opções politicas , ERRADAS , tomadas.

5 comentários:

Anónimo disse...

http://www.storyofstuff.com/capandtrade/

miguel disse...

caro ponto verde isso que fala é tudo verdade para o que está a acontecer na maior parte da AML, mas em LIsboa graças à competencia de alguns estamos a seguir o sentido inverso

Lisboa cada vez melhor, só faltava baixarem os preços das habitações.

No futuro e de acordo com urbanismo e ordenamento do território de raizes europeias os suburbios como nós os conhecemos tenderão a desaparecer.

Outra coisa sabe que no seixal já começou a construção de 30000 fogos na verdizela!!!! daqui a 5 anos já não têm pinhal.

Já que gostam tanto de betão era fazer-lhes uns sapatos dele e mandá-los ao rio. isto só lá vai à porrada. estão a destruir o nosso património

Anónimo disse...

Apetece fugir.

Anónimo disse...

"Pais indignados com falta de condições em escola do Montijo

Os pais das crianças que frequentam um jardim de infância no Montijo estão indignadas com a falta de condições do estabelecimento. O edifício tem apenas quatro anos, mas chove dentro das salas, há infiltrações nos tectos e falhas na electricidade.
2009-12-30 21:05:36"

Noticia RTP

Caro Ponto Verde,

Não acha que este assunto também merece um post?

Bem sabemos que se trata duma camara do PS, mas não acha que o assunto é deveras preocupante? Tanto mais que, neste caso, a Escola é nova enquanto que a de Arrentela, segundo julgo saber, tem mais de meia centena de anos.

M. disse...

E pronto, lá vêm as aves de arribação a desviar a conversa.

Já agora, anónimo anterior, tem andado atento ao seu concelho?

É que á crianças na escola primária da Arrentela a passar frio, porque a cãmara não muda um simples contador de electricidade, apesar dos apelos desesperados das professoras!!

POde ser uma escola velha, mas não merecem TODAS as crianças uma situação igual??

Ou para as de Paio Pires á relva e para as de Arrentela á frio apenas??

Será por umas serem mais brancas e outras mais negras??

Não, na sua inteligente opinião é apenas porque a escola é velha... deve ser esse o argumento que o Alfredo Monteiro irá usar quando os pais da Arrentela fecharem a escola e a situação for mostrada na televisão.