domingo, fevereiro 15, 2009

O PARTIDO DAS «MÃOS LIMPAS»


Desconfio sempre quando a propósito de nada alguém vem clamar inocência ou mostrar-se com mais pureza ou digno de exemplo que os demais.Desconfio também sobre a prosa de supostos orgãos de informação de pensamento único, panfletários ou propagandisticos , mas isso é só mais um defeito nosso.

Eu desconfio, mas alguém acredita mesmo nesta prosa resposta a um editorial do DN, e publicada no Jornal Avante pelo Camarada Henrique Custódio ?

Passo a citar :


«
... há um partido português a quem, em 34 anos de democracia, ninguém conseguiu apontar um único acto de corrupção ou aproveitamento ilícito no exercício do poder: é o Partido Comunista Português. Isto, qualquer jornalista o sabe, e de ciência certa, pois se há «furo» jornalístico apetecível e procurado nesta via de assolamento capitalista... seria a descoberta de uma tranquibérnia praticada por comunistas.

Concedemos que o editorialista do DN não há-de ser excepção, no conhecimento deste facto corriqueiro.


Um facto, aliás, concreto e mensurável, pois
há mais de 30 anos que os comunistas governam dezenas de concelhos, com vários dos mais populosos do País, gerindo obras e interesses públicos de muitos milhões de euros e nem uma única vez uma gestão comunista foi envolvida ou, sequer, suspeita de alguma ilicitude ou os seus eleitos arrastados nas escandaleiras que pululam nos outros partidos. (...)

A corrupção parece generalizar-se quando subimos ao poder central, tamanhos são o bolo e a discricionariedade de quem o reparte.

Daí a facilidade das teorias tipo «é tudo corrupto».

É claro que se esquece deliberadamente que
são o PS e o PSD (com ou sem muleta do CDS) que há 32 anos consecutivos governam hegemonicamente o País, cabendo aos três, e em exclusivo, as responsabilidades e os epítetos na corrupção governativa.

Tal como nunca se lembra que o PCP é, comprovadamente, o partido que tem as mãos limpas
(...) »


Agora pergunto eu ... Tem mesmo ?

16 comentários:

Anónimo disse...

Simples e excelente!

http://www.voteseixal.blogspot.com/

Anónimo disse...

Domingo, Fevereiro 17, 2008
Construtor de Almada denuncia pressões da Câmara

Um empresário de Almada acusa a Câmara de lhe exigir pagamentos, fora do circuito legal das taxas autárquicas, para licenciar uma obra da sua empresa no concelho.
A construção em causa – um prédio de sete andares no centro daquela cidade – foi concluída em 2003 mas, passados quase cinco anos, continua sem ter os licenciamentos necessários. João Macedo, o dono da empresa, que comprou o terreno e fez a obra à custa de empréstimos bancários, diz que o seu negócio está perdido. Apenas porque se recusou entrar num esquema obscuro que consistia em pagar do seu bolso «dívidas da câmara por obras realizadas no município», aos empreiteiros privados que as fizeram.
O caso de alegada «extorsão de fundos e, tudo leva a crer, corrupção» é denunciado numa petição entregue por João Macedo no Tribunal Administrativo de Almada, em que o empresário pede a impugnação da decisão da câmara, que lhe impôs «o pagamento de uma contrapartida de 172.528,37 euros pela construção de um edifício».
Pouco antes desta iniciativa no tribunal, o advogado do empresário escrevera uma carta à presidente da autarquia, Maria Emília Sousa, contando toda a história e alertando para o facto de o seu cliente ter «consciência das graves irregularidades, algumas do foro criminal, que têm sido praticadas por causa da verba que lhe é ilegitimamente reclamada».
A denúncia de João Macedo está a ser investigada em dois inquéritos crime, abertos em 2004 e 2006, que estão nas mãos da Polícia Judiciária de Setúbal. Um deles terá tido origem nesta carta, enviada a Maria Emília Sousa e que a autarca remeteu para o Ministério Público.
In Sol

Domingo, Fevereiro 17, 2008 |

João Afonso disse...

Este ultimo comentário só demonstra que a Câmara de Almada não está submetida ao lobi do betão e que não tem medo dos patos bravos! E mais quando vem com ameaças é a própria Presidente a remeter o processo para o Ministério Público, pois quem não deve não teme!

Anónimo disse...

Um partido com mãos tão limpas que mandou retirar de uma mesa vários exemplares do jornal «Comércio» na sexta feira, no Independente Torrense, porque não quis ali campanha eleitoral.
Mas o Alfredo Monteiro não sabe que está a fazer campanha eleitoral quando fala do que a CM gastou em escolas, quando se devia discutir esgotos!
Só hoje consegui aceder aos seus comentários, mas acho que ainda vai a tempo para que as pessoas vejam quem os governa neste concelho á deriva

João Afonso disse...

Para o ultimo comentário, só digo que não deve haver mistura entre trabalho autárquico e campanha partidária, e da mesma maneira que não concordava com a distribuição de um jornal de campanha da CDU numa iniciativa da Câmara também não concordo com a distribuição de materiais de campanha do PS e do PSD em iniciativas camarárias. A ser verdade o conteudo do comentário tal só demonstra a altivez do Alfredo e da CDU e a falta de nivel do Samuel e do PS.

Anónimo disse...

Mesquita Machado mais um ilustre autarca do PS que ficou milionário como Presidente de Câmara.

David disse...

Mais do que insinuações, venham os factos.

Incomoda todos oa partidos, mas principalmente o PS, CDS e PSD, que o PCP tenha um trajecto completamente limpo no poder local.

À falta de factos, vêm as insinuações. Mas felizmente as pessoas não são burras.

Por mim, votei e vou votar CDU. Tenho sincera confiança na honestidade do seu trabalho.

Manelito disse...

Estes senhores andam todos com palas.
Vejam o patrimonio do Dr. L_____, antes e depois de ser director______ da camara do Seixal, até urbanizações ja tem.
Que é que faz negocios chorudos com o A.Silva & Silva?
Eu não sou de certeza.
Quem instala ar-condicionado na sua propria casa como contrapartida de adjudicação de materiais?
Eu não sou, mas quem foi esta a exercer o poder autarquico no Seixal e eleito nas listas da CDU

Anónimo disse...

O comentário sobre a retirada do Comércio do Seixal talvez explique porque é agora tão difícil encontrar tal jornal na mesa das informações do Rio Sul.

Anónimo disse...

Sr. João Afonso, não é campanha política num encontro sobre esgotos o Alfredo Monteiro falar do investimento da Câmara em Escolas e Acessibilidades?
Não é campanha política as reuniões com os trabalhadores autárquicos «de esclarecimento» apenas para falar mal do Governo, quando internamente os mesmos trabalhadores são subjugados e proibidos de ter reuniões com representantes de sindicatos não aprovados pela Camara?
Não é o Boletim (pago com o dinheiro de todos nós) distribuido ao deus dará???
Já agora, explique isso da falta de nível do PS, ou nao verá também noutras iniciativas onde costuma ir, serem distribuidos esse e outros jornais?

Anónimo disse...

Este Sr. João Afondo/PCP dá vontade de rir. A CDU faz plenários com os trabalhadores na hora de serviço para fazer campanha politica diz as obras que fez as que vai fazer diz que as obras que o governo vai fazer foram conquistas da luta da CDU diz que em 2009 vão ganhar as eleições, isto não é campanha política. Usam o correio interno electronico para mandarem mails de campanha para os trabalhadores, fazem reuniões por sector para impingirem a política. Valha-lhe Deus que está enlouquecido.
E as mãos limpas será que as contrapartidas dos construtores em troca de construção ilegal é mãos limpas? Será que os prédios que foram autorizados a construir em cima de terrenos do domínio público através de contrapartidas e negócios ruinosos para a população é mãos limpas? Haver terrenos que não tinham qualquer viabilidade de construção para o proprietário e depois para o comprador já tinham é mãos limpas?Seria muito interessante uma investigação à fortuna pessoal dos eleitos "mãos limpas" da CDU comparando o que tinham antes e depois de eleitos, bem como dos seus directores de confiança política. O que tem sido verdade é que o PCP tem conseguido controlar não se sabe como o desenvolvimento dos processos. Aguarda-se o resultado do processo em investigação na judiciária do Director Financeiro da Câmara Municipal do Seixal.

Anónimo disse...

Este Sr. João Afondo/PCP dá vontade de rir. A CDU faz plenários com os trabalhadores na hora de serviço para fazer campanha politica diz as obras que fez as que vai fazer diz que as obras que o governo vai fazer foram conquistas da luta da CDU diz que em 2009 vão ganhar as eleições, isto não é campanha política. Usam o correio interno electronico para mandarem mails de campanha para os trabalhadores, fazem reuniões por sector para impingirem a política. Valha-lhe Deus que está enlouquecido.
E as mãos limpas será que as contrapartidas dos construtores em troca de construção é mãos limpas? Será que os prédios que foram autorizados a construir em tudo o que é sitio muitos através de contrapartidas e negócios ruinosos para a população é mãos limpas? Qualquer cidadão pode ver para isso basta dar um passeio pelo concelho e ver que os prédios ocupam quase todo o terreno que não há passeios com largura suficientes não há parques não há jardins não há estacionamento. A lei não foi cumprida, os lugares de estacionamento por cada habitação estão determinados por lei assim como os terrenos de espaço verde se o construtor não deixou esse terreno livre e o encheu de betão a isso chama-se o quê?Seria muito interessante uma investigação à fortuna pessoal dos eleitos "mãos limpas" da CDU comparando o que tinham antes e depois de eleitos, bem como dos seus directores de confiança política. O que tem sido verdade é que o PCP tem conseguido controlar não se sabe como o desenvolvimento dos processos. Aguarda-se o resultado do processo em investigação na judiciária do Director Financeiro da Câmara Municipal do Seixal.

João Afonso disse...

Este ultimo comentário vê-se mesmo que foi "encomendado" e daí a repetição... Quanto ao seu conteudo digo se têm conhecimento de casos de corrupção, cumpram a sua obrigação como cidadãos vão à Judiciária denunciem o caso e apresentem provas. Digo mais vão aos jornais e divulguem o caso e apresentem publicamente as provas, não venham é com insinuações próprias dos cobardes, porque as vossas insinuações só demonstram os cabordolas que são!

Anónimo disse...

Se há insinuações ,os senhores Afonsos deveriam ser os primeiros a pugnar pelo total esclarecimenbto das mesmas.

Anónimo disse...

Já houve várias inspecções nos serviços da Câmara se as mãos estão tão limpas porque escondem sempre os relatórios das inspecções? Quem não tem nada a esconder não fecha a sete chaves o resultado das inspecções.

mariodasilva disse...

Exacto. Foi o que aconteceu na Câmara da Moita recentemente.

E o facto do seu Presidente ter sido condenado a perda de mandato e o Presidente da AM o ter guardado na gaveta?

E o facto do seu Secretário ter subitamente voltado a ser Deputado na AR nas vésperas da PJ ter ido buscar os computadores para peritagem?

E os Protocolos ruinosos para o concelho?

Ninguém estranha nada?

Nem o facto das coincidências de existir uma SLN (com PS, PSD) sempre com ligações aos mesmos (Catum e Cia) por detrás de muitos dos grandes negócios da Margem Sul (em Palmela, Seixal, Setúbal, Moita, etc)?

Alguém faz a peritagem das contas camarárias neste país?

E a forma como a Quinta da Fidalga foi adquirida pela CM do Seixal com recurso a ameaças a todos os concorrentes?

E as contas da Festa do Avante?
E a aquisição da Quinta da Festa?
E os negóciso da Quinta da Trindade com o Benfica e com a CGD?

E os condomínios de luxo em cima de antigas propriedades públicas que eram tão frágeis e importantes que nunca foram abertas ao público em geral?

Nada disto incomoda o PCP? Nem o sr. João Afonso?

Ainda bem! Ainda bem!