sexta-feira, novembro 05, 2010

MORALIZAÇÃO E JUSTIÇA - REFORMA OU SALÁRIO ?

ALFREDO MONTEIRO (Seixal ) , SALÁRIO's OU PENSÃO ?

Maria Emilia Sousa (Almada) , SALÁRIO's ou PENSÃO ?


João Lobo ( Moita ), SALÁRIO's ou PENSÃO ?
___________________________________________________________


Numa altura em que muitos arrastam a sua «juventude» a recibos verdes, e que vêm o seu futuro agriolhado pelas decisões das gerações instaladas , aquelas que continuam a fazer tudo por porrogar os seus privilégios.


Como se os "direitos adquiridos" não bastassem , ainda têm a lata de além de se terem reformado cedo , vai-se lá saber porquê ... não largarem nem por nada o poder e o desempenho de funções em empresas e em autarquias, ou empresas de autarquias... e que agora despoduradamente ( mas no enquadramento da lei ) acumulam salários e pensões.


Por isso , é de mínima justiça social e solidariedade a medida agora posta em prática e que em muito afectará gente nossa conhecida e o partido que servem e alimentam ...

- Ah pois é...

16 comentários:

Anónimo disse...

Tem sido um fartar vilanagem com acomulações vergonhosas de pensões que começam a receber com cinquenta e poucos anos, reformas de professores que há mais de rtrinta anos que deram a última aula, ainda por cima com bonificações de serem autarcas e politicos.

Anónimo disse...

Se fossem só esses figurões, dois senhores a Alfredo Monteiro podemos juntar Jorge Silva, Presidente e Vereador do Urbanismo da CMS)que:
São ambos reformados. O primeiro era professor de trabalhos manuais e foi reformado em Dezembro de 2005 com 3.172,36€, enquanto que o segundo era metalúrgico e foi reformado em Novembro do mesmo ano com 1.747,90€.
E viva o Comunismo.

RECIBO VERDE disse...

Esta geração agora no poder é a geração mama tudo e pata de elefante.

Entraram jovens para a politica, mas dizem que os jovens de agora são jovens demais e que eles é que têm experiência.

Reformaram-se jovens, mas os jovens de agora, por causa da insustentabilidade de tais privilégios, arriscam-se a não ter reforma.

Mais, tipos como o Monteiro fizeram o correspondente ao 9º ano e podiam dar aulas de trabalhos manuais, hoje, nem com cursos superiores de 9 anos se conseguem tais taxos.

Pepois , pata de elefante porquê ? Porque onde põem a para F______ TUDO, os jovens de hoje, nem só não conseguem entrar no mercado de trabalho, como não terão reformas, como também terão um ambiente todo lixado com estes senhores a urbanizar tudo a contento do grande capital que servem e que depois vêm criticar para os telejornais.

Este país precisa de sangue novo e que corram com estas sanguessugas.

Anónimo disse...

É gente que não tem pinta de vergonha. Só se dizem comunistas para traquilizar (faz de conta) a consciência (que não têm)de viverem à conta do sistema capitalista e da democracia burguesa de opostunistas instalados no poder em Portugal.

Os portugueses começam já a pensar se não estão a ser governados por um conluio mafioso de uma direcção instalada que controla o poder político e orgãos de decisão em Portugal.

EMALMADA disse...

Quadrilhas assaltaram o exercício da politica decente, a exercida para o bem colectivo, em Portugal e desvirtuaram-na.

jose disse...

O grande problema é a moral.
Onde está? Dizem mas não fazem...
Basta olhar para o que se passou na ex-URSS e o que se passa hoje em Cuba e na China, já para não falar nesse baluarte que é a Coreia do Norte, para vermos o que se espera desta gente...

Anónimo disse...

Ó meus amigos mas nao sabem que vamos ter até emissões especiais das rádios que recebem ajustes directos da cãmara com os discursos de propaganda do Alfredo Monteiro e do Jorge Silva que serão depois reproduzidos nos dois boletins municipais com destaques especiais sobre como concordam plenamente com esta medida do Governo que irá ser mais justa para com os contribuintes que assim não terão de apertar mais o cinto para pagar a professores reformados que não dão aulas á mais de trinta anos e metalurgicos que até são socios de empresas de irmãos...

Anónimo disse...

E vamos rir mais um bocado?

http://ajustesajustados.com/ajustes/entidade/id/2319/tipo/adjudicante/order/objecto_ASC/start/120
Municipio do Seixal

Bombazine – Design, Publicidade e Multimédia, Lda Aquisição de serviços de concepção e produção gráfica de espoisção itinerante Município do Seixal, 35 Anos de Abril --indefinido-- 44 000,00€

Evidência Display Publicidade Exposição e Eventos, Lda Aquisição de serviços de concepção, montagem, desmontagem e armazenamento de Stand Institucional para a participação do Municipio do Seixal no Salão Imobiliário de Lisboa 2009, Bolsa deTurismo de Lisboa 2010 e Lisboa Boat Show 2010 - Projecto Municipal Valorização da Baía do Seixal 07 Janeiro 2010 70 664,07€

Evidência Display Publicidade Exposição e Eventos, Lda Aquisição de Serviços de Concepção, Montagem, Desmontagem e Armazenamento de Stande Institucional para Participação em Evento Externo --indefinido-- 24 695,00€

Evidência Display Publicidade Exposição e Eventos, Lda Aquisição de Serviços de Concepção, Montagem, Desmontagem e Armazenamento de Stande Institucional para Participação em Evento Externo --indefinido-- 21 707,00 €

knowman - Consultadoria em Gestão Lda Aquisição de serviços de consultoria na área de gestão do conhecimento --indefinido-- 9900,00€

Anónimo disse...

E á ainda mais para rir!

Instituto de Geografia e de Ordenamento do Território Aquisição de serviços de elaboração de estudo de diagnóstico de caracterização da população imigrante e identificação dos seus problemas e dos seus contributos para as dinâmicas de desenvolvimento do Município do Seixal - Gabinete de Cooperação e Desenvolvimento Comunitário 02 Junho 2010 14 862,50 €

Armazém Papéis do Sado, Lda Aquisição de serviços de impressão de 1500 exemplares do Roteiro de Associativismo --indefinido-- 6 531,71€

Armazém Papéis do Sado, Lda Aquisição de serviços de impressão de 1500 exemplares do Roteiro de Associativismo --indefinido-- 6 531,71€

Grafedisport, Impressão e Artes Gráficas, SA Aquisição de serviços de impressão de duas edições do Seixal Boletim Municipal --indefinido-- 12 998,00 €

Publicações Europa-América, Lda. Aquisição de serviços de impressão de livro Seixal Arte Pública --indefinido-- 4 900,00 €

Publicações Europa-América, Lda. Aquisição de serviços de impressão de livro Seixal em Festa --indefinido-- 12 459,00 €

Selenova, SA Aquisição de serviços de impressão de quatro edições de brochura e ficxha de inscrição Ecomuseu Informação --indefinido-- 6 700,00€

Grafedisport, Impressão e Artes Gráficas, SA Aquisição de serviços de impressão de quatro edições do Seixal Boletim Municipal --indefinido-- 25 996,00 €

SOGAPAL-SOCIEDADE GRÁFICA DA PAIÃ, S.A. Aquisição de serviços de impressão de sete edições da Agenda Municipal do Seixal --indefinido-- 40 630,00 €

SOGAPAL-SOCIEDADE GRÁFICA DA PAIÃ, S.A. Aquisição de serviços de impressão de sete edições da Agenda Municipal do Seixal --indefinido-- 40 630,00 €

Eduardo Araújo e Nuno Lascasas, Arquitectos, Lda Aquisição de serviços de investigação e desenvolvimento para Estudo de Viabilidade Económica do Turismo Náutico no Município do Seixal --indefinido-- 24 400,00 €

Anónimo disse...

E que serviços especializados são estes???

Nuno Manuel da Rocha Santos Aquisição de serviços especializados - Gabinete de Acção Social 28 Maio 2010 23 380,56€

Orlando Alves Garcia Aquisição de serviços especializados - Gabinete de Acção Social 20 Julho 2010 20 661,16€

Tiago Rodrigues - Unipessoal, Lda. Aquisição de serviços especializados para acompanhamento e realização de trabalhos na área de Engenharia de Ambiente - Direcção de Projecto Municipal Valorização da Baía do Seixal 08 Setembro 2009 18 286,63€

Anónimo disse...

E fala esta gente em moral do Governo!!!!!!!!!!!!!!!!!


Kyo - Alternativas Culturais e Alimentares, Lda. Aquisição de serviços para construção de modelo 3D, animação e output do modelo virtual do Moinho de Maré de Corroios para o Ecomuseu Municipal do Seixal - DPHN/Ecomuseu Municipal 14 Agosto 2009 14 327,90€

E ONDE É QUE JÁ VIMOS ESTES? E SÃO MESMO DOIS AJUSTES!!

Eduardo Araújo e Nuno Lascasas, Arquitectos, Lda Aquisição de serviços para Elaboração de Projecto de Arquitectura Objectivando a Remodelação, Reabilitação e Refuncionalização do Antigo cais de Embarque / Desembarque da Transtejo no Seixal --indefinido-- 24 400,00 €

Eduardo Araújo e Nuno Lascasas, Arquitectos, Lda Aquisição de serviços para Elaboração de Projecto de Arquitectura Objectivando a Remodelação, Reabilitação e Refuncionalização do Antigo cais de Embarque / Desembarque da Transtejo no Seixal --indefinido-- 24 400,00 €

Anónimo disse...

Seixal: Suspenso funcionário suspeito de corrupção passiva


http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/seixal-suspenso-funcionario-suspeito-de-corrupcao-passiva



Agora é que entalaram os comunas hahaha

Anónimo disse...

LLLLLLLLOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLL

Somos governados por reformados de luxo que fazem uns biscates em empresas municipais e fingem que são presidentes da câmara.

LLLLLLLLLOOOOOOOOLLLLLLLLLLLL TUDO PRÁ RUA , ACABOU A MAMA.

Tiririca disse...

ultimas, ultimas, e não é que o director do Jornal do Seixal Jorge Santos, aquele muito amiguinho dos kamaradas, andava hoje de bandeira na mão e com o carro cheio de cartazes a fazer a campanha do Fernando Nobre.
O que será que o Alfredo lhe fez... ou será que foi ele que fez ao Alfredo... Mistério

Anónimo disse...

Enquanto estes senhores da esquerda caviar mamam até mais não, as familias da classe média definha e como diz o Publico «Ficaram sem ter como pôr comida na mesa e começam agora a engrossar as filas nas instituições que prestam ajuda assistencial. Muitos dos 280 mil portugueses que dependem dos cabazes do Banco Alimentar contra a Fome são da classe média. Tinham emprego, férias, acesso à net e tv por cabo, cartão de crédito. Ficaram com uma casa para pagar ao banco, um subsídio de desemprego que tarda a chegar - quando chega - ou que já acabou. Um carro que já não sai da garagem.»

Anónimo disse...

ó amigo mas olhe que isso não acontece aqui pelo seixal onde as familias de bandidos e contrabandistas de armas são indicadas pelo serviço de acção social da cãmara para receberem subsidios enquanto pessoas que perderam bens numa cheia ou perderam o filho num esgoto esperam á anos por uma indeminização ou uma casa.