quarta-feira, outubro 13, 2010

ESPÉCTÀAACULO


Foi noticia na passada Quinta-feira que os resultados financeiros do Metro Sul do Tejo são decepcionantes e que o metro está mesmo em risco de parar.

Isto porquê ? Porque a procura continua a não corresponder às expectativas, porque alegadamente o Estado tem uma dívida de sete milhões de euros (já vamos ver porquê) e também porque há muitos utentes que , alegadamente também , contornam o sistema e não pagarão bilhete.

Patético não é ? Construíram a linha erradamente num eixo que não era o mais indicado, o metro não penetra nas zonas mais habitadas , não há o entrosamento necessário com outros meios de transporte, com ciclovias ou com estacionamentos .

Tudo isto somado dá na pouca procura da qual resultam os maus resultados ... que vemos agora, estavam devidamente salvaguardados contratualmente pelo Estado (os tais sete milhões de indemnizações compensatórias) daí a pouca preocupação de concessionária e autarquias sobre a opinião da população nos multiplos foruns de discussão encenados.

Em tempo de vacas gordas ficou definido com o Estado que ,com os nossos impostos cobririam as más decisões ... e a má gestão.

Mas agora surge nova desculpa, a de que 20% dos utentes ( de onde vêm estes números ? ) contornam o sistema de bilhética estudado e instalado pela empresa ... que pelos vistos não funciona ... e como não funciona esse é mais um motivo de queixa por parte da concessionária que como é óbvio parece querer inscrever mais esse buraco nas tais compensações devidas pelo Estado...

Ele há negócios que são mesmo um ESPÉEETÁAACULO !

9 comentários:

Fluzão Eterno disse...

Tenho um blog sobre curiosidades e gostaria de saber de você se haveria a possibilidade de você me ajudar
colocando o link do meu blog no seu e eu faria o mesmo com o seu,meu nome é Luciano e sou Bombeiro Militar
no Rio de Janeiro,
parabéns pelo trabalho que vem fazendo com seu blog e fico aguardadando sua resposta

Curiosidades
http://centraldascuriosidade.blogspot.com/

Tenho um blog também sobre bombeiros
Vida de bombeiro
http://www.heroisdavida.blogspot.com/

Mensagens e poemas:
Mensagens
http://centraldoamorvirtual.blogspot.com/

Meu time de coração,Fluminense:
Fluzão
http://fluzaoeterno.blogspot.com/

Visite os meus blogs e veja se pode me ajudar colocando o link de algum deles no seu,um abração

Caso tenha interesse entre em contato comigo pelo email lmturl@gmail.com,mandando mensagem em qualquer blog meu
ou pelo orkut http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=5076013500225631247

EMALMADA disse...

A autista CM de Almada provocou mais um rombo nas contas públicas.
Tudo isto sem ilibar aqueles que foram na onda da incompetente.
Depois quer esta gentinha pequenina que o povo acredite na boa gestão de políticos e autarcas como os de Almada e nas parcerias público-privado que só servem para os governantes e autarcas passarem legalmente dinheiro para o privado.
Ser legal não significa que seja legítimo.
O povo não pode aceitar o que é ilegítimo nem tem moral, quanto menos justificação, como no caso presente, em que a população se insurgiu contra o projecto.
Nem as "boas contas" da Maria Emília são de acreditar.... e os almadenses a sustentarem estes autarcas oportunistas.
É o pior do espectáculo da política com p pequeno, a baixa política, que faz rasteiras ao povo

Anónimo disse...

A Emilia arruino Almada como cidade y contribue para arruinar ao cidadão português.

Anónimo disse...

http://www.publico.pt/Local/metro-sul-do-tejo-precisa-de-sete-milhoes-do-estado-para-funcionar_1460753

http://www.publico.pt/Local/utentes-consideram-preocupante-situacao-do-metro-sul-do-tejo_1460761

Anónimo disse...

Sem discutir as tais "indemnizações compensatórios", (sobre as quais haveria decerto muito que falar), e admitindo a sua "legalidade"(Num sistema capitalista o risco zero não existe, e a sua adulteração liberalista de transferir os prejuízos para o contribuinte só pode ser entendido como espoliação), seria no mínimo legal que se estimassem os prejuízos imputáveis à empresa(falta de eficácia na cobrança dos bilhetes).
É certo que a má gestão( e os seus prejuízos inerentes), interpretada de forma leonina pelo pensamento liberal, não existe na sua esfera, sendo que isso apenas se imputa ao estado.
Enquanto prevalecer este liberalismo(que nada tem a ver com capitalismo), onde não se determina o que é licito e o que constitui um roubo, uma espoliação ou uma autentica carta de corso( por socialização dos prejuízos), pouco ou nada restará fazer.
Ou melhor..resta-nos esperar que as anuladas tentativas de regulamentação à escala global comecem a dar alguns frutos...ou que novas e sucessivas crises resolvam o problema.

Ex.militante disse...

Isto de quando se lucra lucram os privados , muitas vezes liderados por ex. politicos , quando dá prejuízo, claro que pagamos todos e agora até nos vão às pensões e ordenados.É o Robin dos Bosques ao contrário.
Isto para não falar nas empresas municipais e suas cooperações publico-privadas e cooperativas , não é Estaline ?

Anónimo disse...

Por falar nisso, ex-militante, alguém sabe quantas empresas desse género existem nas cãmaras cumunistas?
E o que fazem?
E quem são os responsáveis?
E quanto ganham?
E que regalias são pagas pelas cãmaras?
Afinal não brada o PC por transparência?

Anónimo disse...

Todos nós (residentes) sabemos as razões e o porquê deste insucesso....O que foi apresentado como a grande obra de fundo da actual Presidente de Camara, que ira resolver todos os problemas de tráfego da zona e uma alternativa credivel ao pesadelo que é tentar atravessar a ponte 25 de Abril em hora deponta, não passa de mais um transtorno para muitos. Se é verdade que até poderá ser util para quem se desloca dentro do concelho e mais ainda dentro de almada, essa utilidade é muito questionável para quem se quer deslocar entre Almada e os concelhos limitrofes, com especial destaque para quem se desloca para Lisboa, e que deve representar 95% de todas as deslocações?Almada (cidade) encontra-se hoje despida de população (activa), de empregos, de empresas; os poucos empregos que persistem giram à roda das várias dependências da Camara Municipal. O trafego pedonal e a circulação dos automóveis foi severamente afectado.....é tão lindo ver aqueles comboios vazios a circularem de um lado para o outro...os poucos com algumas pessoas seram certamente borlas....um bom exemplo de dinheiro bem gasto para a Dra. se recordar durante a sua (milionária) reforma...

Anónimo disse...

Então mas ainda há dias ouvi falar num prolongamento do MTS!!!! ;.)