quinta-feira, agosto 25, 2011

TANTA FESTANÇA DONA CONSTANÇA



Questões que a organização de festas levanta no Seixal:


O A-SUL pelos seus leitores :


"Falando em festas! Para quando uma investigação à séria sobre os cachets pagos pelas autarquias do Seixal a certas bandas... que actuam nas festas do concelho e depois aparecem no cartaz da Festa do Avante?? 


Mais, gostava de saber onde estão publicados os ajustes directos da Junta de Freguesia de Corroios para adquirir espectaculos para esta festa de Corroios? 


Não precisam de ser publicados? 


Mais, quanto vai pagar a organização da festa do Avante oas Tóca a Rufar? 


Por último quanto vai a CM do Seixal gastar com a Festa do Avante?"

10 comentários:

soliveira disse...

Está prestes a começar a festa do avante. Eu não moro na zona, mas se morasse, tentaria em todas as oportunidades possíveis, recolher imagens comprovativas da utilização de meios das autarquias.
Hoje todos temos uma máquina para registar imagens no bolso, o telemóvel pode e deve ser utilizado para provar que os comunas utilizam o que lhes não pertence, para realizar aquilo que , afirmam eles, é uma prova de resistência que se matem até agora apesar das dificuldades.
vox populi
(Com o casaco do meu pai, também eu, sou um homem.)

Anónimo disse...

Quanto há questão dos ajustes directos podem ver aqui: http://viverseixal.blogspot.com/2011/08/festas-de-corroios-nao-ha-festa-como.html

Quanto ao resto, acho que é pertinente saber qual o valor que a CM do Seixal gasta em tudo que envolve esta festa do Avante. Desde limpeza das ruas, colocação de iluminação, aluguer de espaços privado para estacionamento, mão-de-obra, horas extraordinárias, comunicações,etc. Há coisa de 4 ou 5 anos eram trabalhadores da CM do fardados, em horário laboral, que ordenavam o transito nas proximidades do recinto.Hoje são um pouco mais discretos. Atenção tb as ajudas de outras câmaras municipais nomeadamente Almada, Barreiro, Setúbal e Lisboa...
Os cachets dos artistas tb seria "giro" saber...

Nelson disse...

Realmente uma pessoa passa a vida inteira a pagar estas festanças e outras mordomias sem nunca se aperceber. O povo têm de abrir os olhos e exigir que o que pagamos seja gasto no que realmente faz falta. Estas festas são tudo menos um bem necessário.
Muito me apetece dizer tb sobre o apoio Toca a Rufar mas a batida constante do barulho dos tambores ao fim de semana não me deixa falar com lógica

Anónimo disse...

Que rico apoio!!!
Os meninos a tocar a pedir esmolas junto ao aquário e os tres da vida airada nas esplanadas a beber bom vinho, com uma carrinha para cada um!!
Rica vida também vou fundar um grupo de tambores e viver á conta da câmara, pá!!!

Anónimo disse...

é bem verdade, começa a festa do avante e seria interessante ver os meios da câmara do seixal postos em prática. serão estes meios iguais a tantas outras câmaras que organizam festas e romarias, câmaras socialistas e sociais democráticas? vim hoje do norte onde estive 15 dias de férias e estive em muitas festas e em todas elas vi meios da autarquias respectivas. Enfim, tanta algazarra, tanta politica de baixo nivel que aqui vejo. E a dona constança também contabiliza os custos de todos aqueles artistas contratados pelas autarquias PS e PSD. Cuidado senhores, os vossos telhados são mesmo de vidro......

Anónimo disse...

A Câmara do seixal gasta muito dos impostos dos trabalhadores na festa do avante uma festa partidária de um partido com o qual a maioria dos moradores não se identifica. A câmara CDU ganha com 20 000 votos num concelho de 170 000 habitantes. Ainda que assim não fosse as festas partidárias não têm que ser pagas com os impostos dos munícipes. E o que acontece no Seixal é a gestão CDU pôr os trabalhadores da Câmara, os carros da Câmara, todos os meios da Câmara ao serviço da festa do avante. Há já muitas semanas que trabalhadores da Câmara pagos com o dinheiro dos cofres da Câmara foram deslocados para a quinta da Atalaia para fazerem os trabalhos da festa do PCP. São carrinhas e camionetas da Câmara a carregar de lá todos os arbustos e ervas que lá são cortadas para limpeza dos terrenos e vão descarregá-los noutros lados. São trabalhadores da Câmara a cortar árvores na via pública e prepará-las em pequenos bocados e carros a carregá-los para lá uns para fazerem bancos outros para fazerem apoios para montar as barracas e até para arranjos nas estradas e quem sabe também para os fornos do pão com chouriço. Em Agosto os trabalhadores da Câmara ao serviço dos interesses da festa do avante cortam das poucas árvores que nós temos à beira das vias para uso da festa do avante como se as poucas árvores que ainda existem no concelho do Seixal fossem a floresta privada do partido comunista para cortarem quando delas queiram fazer uso.
Os trabalhadores para apoiarem no trânsito já foram escolhidos há muito tempo para fazerem horas extraordinárias ao serviço da festa do avante e pagos com o dinheiro da Câmara. Os trabalhadores da Câmara desde à várias semanas que limpam propriedades privadas nos arredores da festa do avante para estacionamento ganhando o salário pago pela Câmara e usando as máquinas e os carros da Câmara com o gasóleo e o desgaste dos carros suportados pela Câmara. Na Câmara do Seixal onde o dinheiro escasseia devido à má gestão primeiro tem de chegar para os gastos do Partido comunista e depois logo se vê. A Câmara do Seixal de gestão CDU não se distingue do Partido comunista. A promiscuidade é grande. As condições do novo edifício ainda vieram acentuar mais isso porque com tantas portas fechadas e interditas dentro daquelas portas podem fazer-se as actividades comunistas longe dos olhares até dos próprios trabalhadores da Câmara que estão proibidos de circular nos serviços como se um serviço público tivesse de ter instalações interditas até aos próprios trabalhadores. Assim vai o concelho do Seixal mesmo muitos anos após a queda do muro de Berlim.

Anónimo disse...

já cá faltavam os rapa-taxos!!! ò menino olha vai dar uma vista de olhos neste blogue e depois diz se lá na terrinha também gastam assim pá!
http://viverseixal.blogspot.com/

E já agora diz cá á malta se lá nessas cãmaras do PS/PSD e CDS se compram esculturas para estarem na cave ou tapetes de 100.000 euros. Vá lá, diz cá á malta pá!!

Anónimo disse...

No concelho do Seixal vale tudo. A Câmara e a Junta de Freguesia de Corroios até mudaram a data da festa da freguesia de Corroios de Setembro para Agosto para a última festa ser a do Avante. É uma vergonha onde é que já se viu os interesses dum partido político sobreporem-se às tradições duma freguesia. Desde que a festa de Corroios se faz que é sempre por volta do meio de Setembro nem coincidia com a festa do Avante mas o Partido comunista sem respeito por ninguém quis que a festa do Avante fosse o encerramento das festas do concelho como se tudo e até as festas do concelho fossem propriedade do PCP, que é assim que os comunistas sentem o concelho do Seixal como se fosse apenas e só deles, mudou a data e passou a fazer a festa em Agosto.

Anónimo disse...

Qualquer dia o komité até muda a festa das vindimas de Palmela porque calha no mesmo fim de semana do Avante pá!!!

Anónimo disse...

Estes senhores não aprendem... Afinal Kadhaffi era um amigalhaço do povo... enfim, palavras para quê
http://www.avante.pt/pt/1969/internacional/115988/