quarta-feira, agosto 24, 2011

A GRANDE FRAUDE DO ALCATRÃO



A pressa em arrancar no final de 2009 com as obras do agora suspenso CRIPS...IC32..EN377 ... só demonstrava uma coisa, o reconhecimento do fim de "festa" e a necessidade de a todo o custo -  quando tudo indicava já o rumo contrário - garantir proventos futuros e servir clientelas  presentes.


Assim, perante uma opinião pública acéfala e paralizada com o discurso da crise, cortou-se floresta, amputou-se a única zona classificada na Rede de Sítios Natura da Europa , da região , cortou-se pinheiros em florestas protegidas nos Planos Directores Municipais e até se deram ao despudor, de escudados pelas "forças de segurança" inutilizarem campos agrícolas e sistemas de rega.


Este é o ponto a que chegámos na manipulação dos poderes eleitos , meros peões "comunistas" a soldo de um poder ultracapitalista que abusa dos meios musculados de protecção dos cidadãos e defesa da República para fazer "cumprir" a (sua)lei e os seus intentos, com os autarcas a esfregarem as mãos orientados em alterações dos  PDM's para produzir mais betão, mais urbanizações e condomínios, como se também esse filão nunca tivesse fim...


Quando se iniciaram as obras, cheirava já a fim de ciclo e do esquema usado por quem de direito , as chamadas vias  SCUT , ( Sem Custos para o UTilizador)  já se tinham mostrado ser uma das maiores fraudes politicas do Portugal "desenvolvido" sobre fundações de betão e alcatrão. Mas era preciso dividir o saque , coisa que já tinha acontecido cerca de dois anos antes em encontro de "interessados" ... e troço a troço lá foi acertada a coisa entre os empreiteiros e sub-empreiteiros do regime .


Depois, com pompa e circunstância lá foi montada a tenda e lançada a festa de mais um peso a acrescentar aos muitos milhões pagos ( a pagar pelas próximas gerações ) aos "concessionários" num dos negócios que a par das concessões das Pontes Sobre o Tejo, dos Portos , das linhas férreas... um dia terá volume separado nos anais  das fraudes históricas acontecidas ao mais alto nível no Portugal Democrático... Alves dos Reis não fez pior!


O que eu gostava de saber é se a culpa vai continuar solteira, ou se os responsáveis  vão um dia , responder na barra do tribunal por crimes contra a economia e logo contra a República ... já não falando no maior crime de todos, o atentado ambiental feito a coberto de todo este "desenvolvimento" que nos trouxe onde estamos.


Mas ainda há dúvidas que o rumo tomado nas últimas duas décadas é o ERRADO ?

5 comentários:

Maria Pinha disse...

Na "mouche"!!! Ainda haverá dúvidas?

Nelson disse...

Não há nem pode haver!!!

Anónimo disse...

E o que foi a reboque.... do IC-32?????

Anónimo disse...

Suspendeu-se também o projecto do arco ribeirinho cujo director na camara do seixal é o Leonardo de Carvalho, taxo arranjado para o tirarem de director financeiro. E agora? O que é que a camara CDU vai fazer vai devolvê-lo ao lugar de director financeiro ou vai arranjar-lhe outro taxo?

Anónimo disse...

Não, vao mas é po-lo como presidente do Amora Futebol Clube para dar cabo de mais um clube do concelho porque nesse nem o barrigas Silva conseguiu ganhar.