quinta-feira, junho 24, 2010

NOVAS QUÊ?



A propósito dos últimos posts, nomeadamente o facto de numa altura de profunda crise uma Câmara Comunista (Seixal) abandonar as suas instalações próprias para se tornar inquilino do maior construtor do município - 280 MIL EUROS MENSAIS - muitos foram os comentários e as opiniões geradas, gostaria de salientar o seguinte comentário.


O a-sul pelos seus leitores:

« É constante a voz do PCP, reclamando novas politicas. Será este porventura o resultado das novas politicas que o PCP reclama e pratica nas câmaras municipais em que é poder, no caso concreto do Seixal, em que é poder há mais de trinta anos- ter passado a inquilino da maior empresa capitalista da construção civil do concelho?

É verdade que o PCP reclama novas politicas, mas nunca as nomeia nem explicita.
Teremos então, na prática das suas estruturas desvendar o mistério?

Não é bem assim, poderemos ir ao seu programa Portugal - Uma Democracia Avançada no Limiar do Século XXI”, e parte-“3.
O processo contra-revolucionário, na sua obra de destruição das conquistas de Abril, desenvolveu-se e continua a desenvolver-se em cinco direcções fundamentais complementares e inseparáveis:

a) a reconstituição e restauração das estruturas socioeconómicas do capitalismo monopolista de Estado;
b) o agravamento da exploração dos trabalhadores, a liquidação de alguns dos seus direitos e liberdades e graves limitações de direitos sociais dos portugueses;

c) a perversão do regime democrático tendente à instauração de um regime autoritário;
d) a promoção e reposição de valores obscurantistas ou retrógados no domínio da cultura, das mentalidades e da ideologia;
e) a aceitação, como opção estratégica, da crescente dominação do capital estrangeiro sobre a economia portuguesa e de limitações à soberania e independência nacionais.

A reconstituição e restauração das estruturas socioeconómicas do capitalismo monopolista desenvolveu-se numa planeada, coordenada e progressiva ofensiva contra as nacionalizações e outros sectores não capitalistas.

Começou com a entrega ao patronato de empresas intervencionadas, cooperativas e empresas em autogestão. Reforçou-se com políticas de crédito, de investimentos, de preços e de comércio externo desfavoráveis às empresas nacionalizadas e com a nomeação para estas de gestores interessados no seu insucesso tendo como missão preparar as privatizações.


Avançou com a entrega crescente das empresas públicas ao capital privado, até à totalidade do capital. E traduziu-se num historial de fraudes, subavaliações, leilões, esbulhos, casos de corrupção, entrega de milhões de contos de dinheiros do Estado e especulações bolsistas. “


Se para o PCP é este o processo contra-revolucionário contra o qual luta, o acto da CMS passar a ser inquilino do construtor monopolista e capitalista o que é?

A entrega do Estado”CMS” nas mãos do capital fará parte de alguma estratégia revolucionária?
Irra, se o PCP conseguisse levar à prática no país estas“novas politicas”.... »

14 comentários:

Anónimo disse...

Câmara do Seixal já está a pagar renda à A. Silva e Silva pelo arrendamento do novo edificio há vários meses e continua sem mudar para as novas instalações porquê? porque começou a pagar sem querer usufruir do espaço?. Se a CDU/PCP/camara arrendaram um edificio por uma verdadeira fortuna é porque acharam inportante ocupar um edificio naquelas condições. Então porque estão a pagar para o edifício estar desocupado? De que esperam para fazer a mudança? Se a mudança já esteve marcada para abril porque não aconteceu ainda? A Camara deve explicações à população por estar a gastar dinheiro sem proveito nenhum.

Verdades disse...

E bastava UMA renda apenas - os famigerados 280 mil - e a kâmara PODIA PAGAR A INDEMINIZAÇÃO à mãe de Rogério Filipe, o rapazote de 11 anos que perder a vida há ONZE ANOS ATRÁS.
Uma renda apenas e pagavam os 250 mil a que a família tem direito e ainda "sobravam" 30 mil para fazerem um fundo para mais um tapete ou outra inutilidade que os kamaradas necessitassem muito...

Anónimo disse...

Exactamente apenas uma renda dava para a indemnização pela morte do menino. Mas não esta camara stalinista prefere sujeitar a família da criança ao sofrimento de andar de tribunal em tribunal até que se faça justiça pela morte da criança. A população deste concelho que escolheu a CDU não teve consciência de estar a votar numa gente vil como são os autarcas CDU em maioria na camara do seixal. A população do concelho não pode deixar que estes sanguinários continuem à frente dos destinos deste municipio.O povo do seixal é solidário e não pode deixar-se representar por gente sem escrupulos, sem carácter gente reles que perante a morte duma criança por responsabilidade da autarquia lançam boatos e calunias para fugirem com o rabo à seringa. O povo do seixal está solidario com o sofrimento da mãe da criança pela perda do seu filho e não pode estar de novo com a camara CDU quando houver eleições. Todos nós população do concelho do seixal devemos ao Rogério Filipe a derrota destes eleitos CDU.

Anónimo disse...

Mas e depois como é que a advogada Paula Pinho justificava o ordenado, as horas extraordinarias, as avenças e o resto??
Tenham consciencia, a senhora precisa do dinheiro!!!
e por isso ela recorreu á revelia das decisões dos próprios eleitos e presidnte, mas como t~em de lhe obedecer (ordens do "amigo" eufrasio) nada feito, ela manda e mai nada.

J.S. Teixeira disse...

Descubram qual o mérito do Sr. Paulo Edson Cunha, do PSD no Seixal no blogue O Flamingo.

Tenho dito.

Anónimo disse...

Com esta politica do PCP de privatizar o erário público...
não faltará muito tempo, para ouvirmos o nosso flaminguito a dirigir-se ao Presidente da Câmara....
-Camarada Presidente da Câmara Municipal A.Silva & Silva.
Câmara Municipal de A.Silva & Silva
Cidade A.Silva & Silva
Concelho A.Silva & Silva

Nessa altura, já nada haverá que descobrir...ou como o PCP do Seixal nos vendeu a alma ao diabo!!!!

Anónimo disse...

Olhá o Teixeira/Ferreirinha voltou!! Ai esta menina, não á maneira de ganhar juizo, mas prontos, lá tem de justificar o que recebe como cordenador, não é querida!?!?!
E agora deves andar mesmo istérica, com a mudança para os teus novos patrões da Silva&Silva!!
com isso já não barafustas!!!

Anónimo disse...

ó Teixeirinha, e pores esta lá no "teu" blogue?

36 ANOS SEM POLÍTICOS DE QUALIDADE NO CONCELHO DO SEIXAL!!!

ah, não podes, senão cortavam-te o pio e o ordenado...

Marlene Pires disse...

O próximo post do j.s. teixeira poderia ser algo como: os tachos na CMS. Aí tem exemplos que dava para meses de posts e muita discussão... mas não pode, né?

Anónimo disse...

Calma Marlene.....

-As oficinas da CMS eram património dos contribuintes...são agora propriedade do A.Silva & Silva!!!!
-O terreno onde está o novo edifício era propriedade dos contribuintes e agora...é do A.Silva & Silva.

Que mais privatizações e entregas ao capitalismo do erário público, estarão na estratégia dos comunistas que governam a Câmara Municipal do Seixal?????

Em principio.... poderemos imaginar que passaremos a alugar as máquinas e equipamentos...ao A.Silva & Silva!!!
depois...umas empresas municipais na posse do A.Silva & Silva!!!

e logo a seguir...privatizam os serviços....a serem prestados por empresas do Grupo A.Silva & Silva

Enfim, o completo esbulho do património dos municípes....
Ora será de imaginar, que dificilmente uma empresa capitalista sustente as toneladas de sanguessugas inúteis, como coordenadores, acessores e outros emplumados camaradas.

Anónimo disse...

Já ninguem está a fazer mudançau porque foi interrompida e adiada para Setembro o caos instalou-se já havia metade mudado e metade para mudar ninguem sabe dos papéis. É a incompetência de vereadores presidente asessores adjuntos dirigentes e coordenadores. Câmara do seixal no seu melhor. Quem será responsabilizado pela interrupção da mudança e dos gastos que isso vai causar? Na camara PCP ninguem, até porque os responsáveis são os mais altos militantes do seixal.

Anónimo disse...

Assim se vê a força do PC, quando a política reles que fazem é através de blogues feitos e mantidos por coordenadores de gabinetes ou assessores...
onde a discussão com a população se limita a sessões de propaganda da cãmara...
onde os trabalhadores nem têm voz própria para decidir qual o sindicato que querem aderir...
quando são mantidos sob a constante ameaça de não progressão das carreiras por parte das chefias ou de inqueritos internos...

Repito
36 ANOS SEM POLÍTICOS DE QUALIDADE NO CONCELHO DO SEIXAL!!!

Anónimo disse...

Comentário deixado no Flamingo e não publicado:

Caro Senhor Teixeira, fiquei surpreso por só agora V.EXa. saber dessa do Job for the boy, passados que são sete anos. Já vai um pouco tarde, ou pelo menos atrasada. Sim claramente foi um job for the boy e claramente mal entregue em virtude do péssimo trabalho que pode ser testemunhado pelos próprios trabalhadores do Centro de Emprego do Seixal. Permita-me que lhe diga que não devia atacar tanto o Dr. Paulo Cunha. Pelo contrário, deveria conceder-lhe umas tréguas que permitissem manter-se à frente do PSD Seixal (ou pelo menos controlá-lo como o faz agora através das pessoas que ali colocou). Digo isto para o benefício da CDU. É que este senhor foi a pior coisa que alguma vez aconteceu ao PSD Seixal, com o beneplácito do deputado Luís Rodrigues, que tem uma certa dificuldade em enxergar o que é bom ou mau para o PSD Seixal.
Como tal deveria deixar o senhor em paz. Deixe-o em paz. Ele costuma enterrar-se a ele próprio.
Quanto aos jobs em geral... bom por onde começar? Quer discutir os jobs governamentais ou os das autarquias locais incluindo os da CM do Seixal? Quer discutir empresas ou nomes de donos de empresas beneficiados por ajustes directos, quer aqui no Seixal quer a nível nacional? Quer discutir o facto da CM do Seixal andar a atribuir ajustes directos a empresa criadas uma semana antes? Sobre ser ou não ser competente, podemos discutir vários casos, nomeadamente na CM do Seixal, onde já tivemos um director de Águas e Esgotos que era licenciado em... Sociologia!!!
Podemos discutir tudo isso. É um mal transversal a todos os partidos políticos. Eu posso discutir tudo isso, pois nunca tive dinheiro que não viesse do meu trabalho e nunca tive um emprego que não tivesse de lutar por ele.
Cuidado quem tem telhados de vidro não deve atirar pedras para o quintal do vizinho.
O resto de uma boa noite

Anónimo disse...

ò caro anónimo, mas como queria que o seu comentário fosse publicado pela agora chamada Pink Bird???
Lá só têm cabimento as vendedoras da maleta vermelha, joaninhas abana abana, exquisofrénicas, advogados balofos e assessores de assessores. Ai essa cabeçinha...
Acha que o homem ia publicar o seu comentário e depois cortavam-lhe no ordenado de cordenador da cãmara!