quinta-feira, Fevereiro 16, 2012

O PAÍS QUEIROSIANO



1872, Eça de Queirós: 


"Nós estamos num  estado comparável sómente à Grécia: mesma pobreza, mesma indignidade política, mesma trapalhada económica, mesmo abaixamento de caracteres, mesma decadência de espírito.


 Nos livros estrangeiros, nas revistas quando se fala num país caótico e que pela sua decadência progressiva, poderá...vir a... ser riscado do mapa da Europa, citam-se a par,a Grécia e Portugal".

2 comentários:

Anónimo disse...

'Os políticos e as fraldas devem ser mudados con frequência e pelo mesmo motivo'

Anónimo disse...

Não conheço país que se possa riscar do mapa, e talvez prefira seguir na senda de Fernando Pessoa e acreditar num"Quinto Império"
Raras foram as vezes em que se conjugaram situações que fizeram que este país desse ao mundo novos mundos, mas talvez nem sempre o hábito da mediocridade exportar a competência seja a regra.