terça-feira, janeiro 17, 2012

TÃO FÁCIL COPIAR E PÔR EM PRÁTICA






As composições dos combóios são iguais aos da FERTAGUS , é  tão simples implementar a mobilidade dos cidadãos e permitir uma assinalável poupança, sobretudo agora que serão suprimidas ligações fluviais.


Claro que é mais fácil fazer comemorações e festas sem consequências nos "dias sem carros" , mas medidas como esta é que permitirão na prática criar alternativas e combater a crise .


É tão difícil copiar ?

4 comentários:

Niagara disse...

E facilitar a vida ao utente? Então? mas que modernices são essas? Eu bem dizia que as más leituras davam nisto...
;)

Anónimo disse...

Na Fertagus também é possível transportar bicicletas. Vide http://www.fertagus.pt/artigo.aspx?cntx=BiHp6NZJ0Ofnq3nGO13ywCktgXgr2IzKl6DKnwBSV32nCJK4ICL3wdukQ5pBLagV
As más leituras dão nisto!

Anónimo disse...

JORNAL DE NOTICIAS

Festival de Almada "foi mais um milagre", com menos dinheiro e salas esgotadas
Publicado em 2011-07-18

O director do Teatro Municipal de Almada, Joaquim Benite, considera que a 28.ª edição do Festival, que termina esta segunda-feira, "foi mais um milagre", porque "apresentou uma melhor programação com menos dinheiro e esgotou em todas as salas". etc, etc.

Dos tres comentarios, 2 são :

1º.: Duvido sempre desta gente que vive de subsídios e tenta apregoar os "benefícios" da cultura. Portugal precisa é de postos de trabalho no privado criados sem subsídios, de inovação, de pessoas que arriscam o seu dinheiro e não de párias do subsídio. No teatro de Almada é vê-los a oferecerem bilhetes ao pessoal que vive nas redondezas ! As famílias dos famosos do teatro de Almada ajudam muitas vezes a compor as salas quando é preciso ...... Como contribunte, acho tudo isto um nojo.

2º.: Menos dinheiro? ainda bem, porque não carrega no imposto do mesmo (Zé povinho). Salas esgotadas !é normal é tudo à borla porque os subsídios já estão em caixa. Há que acabar com esta mama desavergonhada.

Sem comentaríos o povo não e cego.

18 de Janeiro de 2012 15:36

Cidadão do Seixal disse...

Na Fertagus é possivel transportar bicicletas mas só 4 por cada automotora e em horas de ponta está dificil! Depende das condições.
Mas sinceramente a Fertagus já criou muitas acções entre os passageiros sobre bicicletas para informar que o podem fazer sem pagar mais por isso, pois no barco tem que se pagar uma taxa para a bicicleta mas agora com a supressão, tá quieto!
Víde este País!