sábado, agosto 14, 2010

"ECO" MANIFESTAÇÃO


Que estranho é ver agrupados sob uma mesma "ideia" de suposta "protecção ambiental" , pescadores , uma câmara municipal comunista e proprietários de potentes , poluentes e caras embarcações de recreio , pouco ou nada identificados , nem com a dita câmara comunista nem com a pesca de subsistência.

Mas é o que acontece quando se mete no mesmo saco a contestação pouco ou nada racional ao Plano de Ordenamento do Parque Natural da Arrábida .

Se podemos estar de acordo com manifestações que acentuem a vertente natural do parque, como a sua limpeza , como a captura de matilhas de cães formadas por animais abandonados naquela serra, ou com o incompreensível continuar da actividade das pedreiras ou da SECIL , ou ainda a urbanização incompreensível de muitas zonas do Parque.

Não podemos de alguma forma estar de acordo que metam no mesmo saco as limitações , tendo em vista a preservação de espécies e da vida marinha na zona de Reserva Marinha Luiz Saldanha e que é afinal a face mais visivel e o real objectivo desta pseudo "manif" ....

É triste a manipulação que é feita dos pescadores pela autarquia e pelos proprietários dos barcos de recreio, é lamentável que os pescadores não consigam entender da urgência das medidas tomadas e que têm em vista o repovoamento e a sustentabilidade da pesca futura , ou seja , a continuidade da sua actividade.

É ridiculo ver os proprietários de iates de recreio ou das motas de água preocupados com o show-off dos seus brinquedos no valor de muitas centenas de milhares de euros e que com as limitações criadas pelo PONPNA, estão impedidos de impressionar ...


Como era bonito, antes destes biólogos desmancha prazeres aparecerem ver todos os anos o senhor "A.Silva & Silva" e afins, com um novo iate comprado na Nauticampo , sempre maior que o do ano anterior e vê-lo passar bem ali, frente ao Creiro, à vista de todos...e fundear bem para cá da Pedra da Anixa.

E no meio de tudo isto, os eleitos do povo ... mas a câmara de Setúbal não se dá ao trabalho de ir ao cerne da questão ? De equacionar tudo isto, de interiorizar sequer as razões pela qual apoia a Arrábida a Património Mundial ?

- Não. Aparecer na TV saltar da maior sardinhada, para a maior palhaçada, vale tudo o resto, até mesmo ser parte da farsa anual de "protecção ambiental" da Arrábida ao lado dos novos-ricos- aristocratas da Serra.


Silly season a quanto obrigas !!! Até uma original "happy hour pela Arrábida"...às cinco dela tarde será que "Os Verdes" esse partido eco-sebastianista também vai aparecer no cocktail ?

4 comentários:

Paulo Miguel disse...

Maria Emília Neto de Sousa
(Presidente da Câmara Municipal de Almada)
X
Catarina de Sousa Marques Freitas
(Administradora Delegada da AGENEAL – Agência Municipal de Energia de Almada)

Veja a história desta "estranha relação"... favorecimentos, ilegalidades, incompetência, dinheiro público utilizado indevidamente. E há mais, muito mais.

http://metoscano.blogspot.com/2010/08/que-estranha-relacao-e-esta.html

Anónimo disse...

Querem mais areia na´praia e fazem uma manif por isso, é ridiculo senhor Pedro Vieira.

Anónimo disse...

O mais engraçado é ver Maria das Dores Meira a dizer que afinal a culpa de tudo nem é da cãmara, é das outras instituições...
Claro, os sacos do lixo e respectica recolha nem é trablho para a cãmara de Setubal.
Mas quando é para fazer propaganda, sabe bem usar a imagem da Arrábida, das praias, etc e tal.
O tipico atirar água do capote: se está bem feito é PC , se está mal feito é de todos os outros, pá!

Anónimo disse...

O PCP no seu melhor, a tia Maria das Dores e seus sobrinhos finos da Arrábida que exigem mais areia e uma Arrábida sem povinho e com mais areia. No Seixal também se desculpam com a APL, em Almada se desculpam com os privados do Ginjal. A culpa é sempre dos outros.