quarta-feira, agosto 25, 2010

A CRISE DO BETÃO


A construção civil bateu no fundo, não só por causa da crise que "veio de fora" e da escassez do crédito , mas também pela construção acima da procura, de novos fogos , que põem Portugal no pelotão da frente em número de construção nova e desabitada... não esqueçamos que Portugal é o país dos PDM que prevêm habitação para um país de cinquenta milhões de habitantes...

Muitos vêm agora querer mitigar a crise em que mergulharam as empresas de construção, compensando esta quebra por esgotamento do filão, com novas e megalómanas obras públicas, mais autoestradas, um TGV e um novo aeroporto.

Ora isto não é sério, num país onde práticamente não se faz reabilitação urbana, onde as cidades estão literalmente a caír e onde quase cem mil hectares de regadio público precisam de obras de recuperação dos seus sistemas de irrigação por estes terem atingido o seu tempo útil de vida e quando continua incompleto o perímetro de rega do Alqueva.

Não seria prioritário canalizar antes o betão para estas obras ? Ou seja, a recuperação urbana e de infraestruturação agricola, paralelamente a uma renovação da estrutura ferroviária clássica e também de mercadorias a partir de Sines ?
____________________________________________

ÚLTIMA HORA

SILLY SEASON

A candidatura "presidencial" de Setúbal ... de Francisco Lopes LOL .

Uma candidatura entre outros conteúdos da Kassette "em defesa da protecção do meio ambiente" pela força politica que mais destruiu a natureza e mais urbanizou no país, no distrito em que é representado pelo senhor deputado Francisco Lopes.

Distrito onde concorre localmente sob o nome e símbolo de uma coligação fraudulenta que diz subscrever principios ecologistas mas em que os supostos ecologistas estão ausentes de cargos nas autarquias onde supostamente são eleitos.

Ah, e também contra a corrupção e o enriquecimento e opulência de alguns, quando são as próprias autarquias na dependência politica do mesmo partido do senhor Francisco Lopes a favorecer discricionáriamente particulares e empresas ...

Ao menos vemos que a hipocrisia, a farsa-politica, a fraude eleitoral tem um rosto neste distrito e o descaramento de apresentar uma candidatura à Presidência da República.

10 comentários:

Anónimo disse...

Mas a culpa de não se recuperar a infraestruturação agricola é do Alfredo e dos malandros dos autarcas comunistas da margem sul. Estes gajos é que têm a culpa de tudo. O Sócrates, o Passos Coelho e o Portas que estiveram no governo nos ultimos 10 anos não tiveram culpa de nada, se não fizeram foi porque o Alfredo não deixou.

Anónimo disse...

Coitada da passarona como anda a levar de todo o lado já nem assina pá as postas de pescada pá que diz....
tens razão passarona , a culpa desta merda toda é dos kamaradas/kumudistas que só sabem debitar a mesma kassete do kunhal e nem como oposição servem, basta ver quem é o candidato que apresentam a Belém
e depois veem dizer que só não ganham porque...
e claro que o discuso é sempre o mesmo : se está bem fomos nós que fizemos, se está mal é o governo que não deixa fazer

Ex-militante disse...

O Alfredo e camarilha s~´ao responsáveis por o Seixal ter passado de 30 mil para quase 200 mil habitantes em trinta anoa, por transformar zonas verdes em urbanizações, algumas sem comprador há mais de dez anos.

Niagara Et Al disse...

Creio que esta entrevista explica uma das causas do problema. Vale a pena ler até ao fim.


http://jornal.quercus.pt/scid/subquercus/defaultarticleViewOne.asp?categorySiteID=350&articleSiteID=1058

Anónimo disse...

Também é sobre hipocrisia o comentário que deixei no blogue Seixalsim mas que estes não devem publicar.

Ao post que diz :

O novo edificio da Câmara Municipal do Seixal vai ser o primeiro edificio público com a Declaração de Certificação Energética, como pode ser lido aqui.


eu comentei

Parabéns ao Grupo A.Silva & Silva , proprietários e senhorios do edificio alçughado à câmara do Seixal.

É preciso não terem vergonha na cara, não é ?

Ex-militante disse...

Parabéns ao a-sul, curiosamente o único blogue local a mencionar a rábula da candidatura do PCP à PR.
Até os camaradas não dão importância ao caso.
Assim se vê a palhaçada que é o PCP.

Anónimo disse...

Ó ponto verde!
Como é que podes dizer que existe uma "coligação fraudulenta que diz subscrever principios ecologistas mas em que os supostos ecologistas estão ausentes de cargos nas autarquias onde supostamente são eleitos"????

Então a CDU Seixal não tem um eleito que até é um FLAMINGO?!?!!?
Queres coisa mais ecológica do que um pássaro como vereador, presidente da junta e presidente??
Caramba, homem, é preciso ser muito fascista para dizer essas coisas, pá!

Anónimo disse...

A declaração de certificação energética não foi passada por uma uma empresa que é municipal e foi criada na camara do seixal? A Agencia de Energia?

Anónimo disse...

Palhaçada de um dia de Verão.

Anónimo disse...

Quando o PC tanto fala na renovação do partido, nos mais jovens, etc e tal, apresentam um candidato sem presença, sem caracter e sem curriculo que não seja o facto de ter sido eleito como deputado por Setúbal...
Afinal onde está a JCP dos kamaradas?
Onde está o sangue novo?
Onde estão as pessoas com uma formação diferente que possam levar o partido para outros caminhos?
Ná, o que interessa pá, é que o candidato era um operário, pá.
E com um bocadinho de sorte ainda vai desistir a favor do candidato do PS como costuma fazer o PC